Nossas Reuniões Tudo Em Um (TEU) ‒ Semana A Começar Em 11 de agosto

Nossas Reuniões Tudo Em Um (TEU): Referências e textos bíblicos

Baixar as referências adaptadas para laptops, celulares e tablets

Baixar as referências adaptadas para laptops, celulares e tablets

ss14 pp. 1-4 Programa da Escola do Ministério Teocrático para 2014
11 de ago. Leitura da Bíblia: Números 7-9
N.° 1: Números 9:9-23
N.° 2: Uma vez salvo não quer dizer salvo para sempre (rs p. 340 §§2-5)
N.° 3: Acã — Roubar a Deus traz terríveis consequências (it-1 p. 34)

w14 15/6 pp. 1-2 Sumário
11-17 DE AGOSTO DE 2014
“Tens de amar o teu próximo como a ti mesmo”
PÁGINA 17 CÂNTICOS: 84, 72

ws14 15/6 pp. 1-2 Sumário
11-17 DE AGOSTO DE 2014
“Tens de amar o teu próximo como a ti mesmo”
PÁGINA 9 CÂNTICOS: 84, 72

Nossas Reuniões Tudo Em Um (TEU): 4 de agosto



Estudo Bíblico de Congregação

Capítulo 11. “Todos os seus caminhos são justiça”


Referências e textos bíblicos


- 9 -
Deuteronômio 32:3, 4 declararei o nome de Jeová. Atribuí deveras grandeza ao nosso Deus! 4 A Rocha, perfeita é a sua atuação, Pois todos os seus caminhos são justiça. Deus de fidelidade e sem injustiça; Justo e reto é ele.
- 10 -
Salmo 116:5 é clemente e justo; E nosso Deus é quem mostra ter misericórdia.
- 11 -
Romanos 5:12 por isso que, assim como por intermédio de um só homem entrou o pecado no mundo, e a morte por intermédio do pecado, e assim a morte se espalhou a todos os homens, porque todos tinham pecado —.
Neemias 9:17 pois, a escutar e não se lembraram dos teus atos maravilhosos que realizaste com eles, mas endureceram a sua cerviz e designaram um cabeça para retornar à sua servidão no Egito. Tu, porém, és um Deus de atos de perdão, clemente e misericordioso, vagaroso em irar-se e abundante em benevolência, e não os abandonaste.
Romanos 3:21-26 agora, à parte da lei, foi manifestada a justiça de Deus, conforme lhe dão testemunho a Lei e os Profetas; 22 sim, a justiça de Deus por intermédio da fé em Jesus Cristo, para todos os que têm fé. Porque não há distinção. 23 Pois todos pecaram e não atingem a glória de Deus, 24 e é como dádiva gratuita que estão sendo declarados justos pela benignidade imerecida dele, por intermédio do livramento pelo resgate [pago] por Cristo Jesus. 25 Deus o apresentou como oferta de propiciação por intermédio da fé no seu sangue. Isto se deu, a fim de exibir a sua própria justiça, porque ele estava perdoando os pecados que ocorreram no passado, enquanto Deus exercia indulgência; 26 a fim de exibir a sua própria justiça nesta época atual, para que fosse justo, mesmo ao declarar justo o homem que tem fé em Jesus.
- 13 -
Salmo 37:28 Jeová ama a justiça E ele não abandonará aqueles que lhe são leais. ע [Aine] Hão de ser guardados por tempo indefinido; Mas, quanto à descendência dos iníquos, será deveras decepada.
Provérbios 2:7, 8 para os retos ele entesourará a sabedoria prática; para os que andam em integridade ele é escudo, 8 observando as veredas do juízo, e ele guardará o próprio caminho dos que lhe são leais.
- 14 -
Deuteronômio 24:17-21 deves desvirtuar o julgamento do residente forasteiro ou do menino órfão de pai, e não deves tomar em penhor a roupa duma viúva. 18 E tens de lembrar-te de que te tornaste escravo no Egito e que Jeová, teu Deus, passou a remir-te dali. É por isso que te mando fazer esta coisa. 19 “Quando ceifares a tua colheita no teu campo e te tiveres esquecido dum molho no campo, não deves voltar atrás para apanhá-lo. Deve ficar para o residente forasteiro, para o menino órfão de pai e para a viúva; a fim de que Jeová, teu Deus, te abençoe em todo ato da tua mão. 20 “Quando bateres a tua oliveira, não deves tu mesmo tornar a revistar os galhos. Deve ficar para o residente forasteiro, para o menino órfão de pai e para a viúva. 21 “Quando colheres as uvas do teu vinhedo, não deves tu mesmo rebuscar as sobras. Devem ficar para o residente forasteiro, para o menino órfão de pai e para a viúva.
Deuteronômio 10:18 julgamento pelo menino órfão de pai e pela viúva, e amando o residente forasteiro, de modo a dar-lhe pão e uma capa.
Salmo 68:5 de meninos órfãos de pai e juiz de viúvas É Deus na sua santa habitação.
Êxodo 22:22-24 deveis atribular nenhuma viúva nem o menino órfão de pai. 23 Se é que o atribulares, então, se é que ele clamar a mim, sem falta ouvirei o seu clamor; 24 e deveras se acenderá a minha ira e certamente vos matarei à espada, e vossas esposas terão de tornar-se viúvas e vossos filhos, órfãos de pai.
Salmo 103:6 está executando atos de justiça E decisões judiciais para todos os que estão sendo defraudados.
- 15 -
Deuteronômio 10:17 Jeová, vosso Deus, é o Deus dos deuses e o Senhor dos senhores, o Deus grande, poderoso e atemorizante, que não trata a ninguém com parcialidade, nem aceita suborno,
Atos 10:34, 35 vista disso, Pedro abriu a boca e disse: “Certamente percebo que Deus não é parcial, 35 mas, em cada nação, o homem que o teme e que faz a justiça lhe é aceitável.

Escola do Ministério Teocrático

N.° 1: Números 9:9-23


N.° 2: Uma vez salvo não quer dizer salvo para sempre (rs p. 340 §§2-5)

rs p. 340 §§2-5 Salvação
Judas 5, Al: “Quero lembrar-vos, como a quem já uma vez soube isto, que, havendo o Senhor salvo um povo, tirando-o da terra do Egito, destruiu depois os que não creram.” (Grifo acrescentado.)
Mat. 24:13, Al: “Aquele que perseverar até ao fim será salvo.” (Assim, a salvação final da pessoa não é determinada no momento em que começa a depositar fé em Jesus.)
Fil. 2:12, ALA: “Como sempre obedecestes, não só na minha presença, porém muito mais agora na minha ausência, desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor.” (Isto foi dirigido aos “santos” em Filipos, conforme declarado em Filipenses 1:1. Paulo instou com eles para que não ficassem excessivamente confiantes, mas que compreendessem que a salvação final deles ainda não estava assegurada.)
Heb. 10:26, 27, ALA: “Se vivermos deliberadamente em pecado, depois de termos recebido o pleno conhecimento da verdade, já não resta sacrifício pelos pecados; pelo contrário, certa expectação horrível de juízo e fogo vingador prestes a consumir os adversários.” (Assim, a Bíblia não apóia a idéia de que, não importa que pecado a pessoa cometa depois de estar “salva”, não perderá sua salvação. Ela incentiva fidelidade. Veja também Hebreus 6:4-6, onde se mostra que mesmo uma pessoa ungida com espírito santo pode perder a esperança de salvação.)

N.° 3: Acã — Roubar a Deus traz terríveis consequências (it-1 p. 34)

it-1 p. 34 Acã
Acã
[por meio dum jogo de palavras, relacionado com Acar, significando “Causador de Banimento (Dificuldade)”].
O filho de Carmi, da casa de Zabdi, da família de Zerá, da tribo de Judá; também chamado Acar. — 1Cr 2:7.
Quando os israelitas cruzaram o Jordão, Jeová ordenou explicitamente que os primeiros frutos da conquista, a cidade de Jericó, “tem de tornar-se algo devotado à destruição; . . . pertence a Jeová”. Sua prata e seu ouro deviam ser entregues ao tesouro de Jeová. (Jos 6:17, 19) Acã, contudo, ao encontrar um manto caro de Sinear, um lingote de ouro, de 50 siclos (valendo uns US$ 6.400), e 200 siclos de prata (US$ 440), enterrou-os secretamente embaixo da sua tenda. (Jos 7:21) Realmente, roubara de Deus! Por causa desta violação das instruções explícitas de Jeová, quando Ai, a próxima cidade, foi atacada, Jeová reteve sua bênção, e Israel foi posto em fuga. Quem era culpado? Ninguém confessou. Todo o Israel foi então colocado em julgamento. Tribo por tribo, daí, família por família da tribo de Judá, e, finalmente, homem por homem da casa de Zabdi, passaram perante Jeová, até que Acã “foi selecionado”. (Jos 7:4-18) Somente então ele admitiu seu pecado. A execução seguiu-se prontamente. Acã e sua família (que dificilmente desconhecia o que ele havia feito), e seu gado, foram primeiramente apedrejados até morrerem, e então queimados, junto com todos os seus bens, no vale de Acor, que significa “Banimento; Dificuldade”. — Jos 7:19-26.

Destaques da Bíblia

Destaques do livro de Números 7-9

11 de ago. Leitura da Bíblia: Números 7-9
*** w04 1/8 p. 24 Destaques do livro de Números ***
Depois do censo, os israelitas receberam instruções referentes à ordem de marcha, pormenores a respeito dos deveres dos levitas e do serviço no tabernáculo, instruções sobre quarentena, bem como leis sobre casos de ciúme e votos de nazireus. O capítulo 7 contém informações referentes às ofertas feitas pelos cabeças tribais, relacionadas com a inauguração do altar, e o capítulo 9 considera a celebração da Páscoa. A assembléia recebeu também instruções sobre como acampar e levantar acampamento.

Lições para nós:

8:25, 26. A fim de garantir que as designações de serviço dos levitas fossem cuidadas corretamente, e levando em consideração a idade deles, ordenou-se aos homens mais velhos que fossem dispensados do serviço compulsório. No entanto, eles podiam oferecer-se para ajudar outros levitas. Hoje em dia, embora os proclamadores do Reino não se aposentem, o princípio dessa lei nos dá uma lição valiosa. Quando um cristão, por causa da idade avançada, não puder cumprir certas obrigações, ele poderá fazer o que estiver ao seu alcance.

*** w96 1/4 pp. 28-29 Lance sempre seu fardo sobre Jeová ***
Usar uma carroça para transportar a Arca violava todas as instruções que Jeová dera neste respeito. Fora declarado de forma explícita que os únicos autorizados a carregar a Arca, os levitas coatitas, deveriam levá-la nos ombros, usando os varais inseridos nas argolas feitas nela especialmente para esse fim. (Êxodo 25:13, 14; Números 4:15, 19; 7:7-9) Ignorar essas instruções trouxe calamidade. Quando o gado que puxava a carroça fez com que ela quase virasse, Uzá, que provavelmente era levita, mas por certo não era sacerdote, estendeu a mão para firmar a Arca e foi golpeado por Jeová devido ao seu ato irreverente. — 2 Samuel 6:6, 7.

*** si p. 32 pars. 15-16 Livro bíblico número 4 — Números ***
15 Suprindo alguns pormenores do mês anterior (Núm. 7:1, 10; Êxo. 40:17), Moisés fala a seguir das contribuições de materiais, feitas pelos 12 maiorais do povo, por um período de 12 dias, desde a inauguração do altar. Não houve competição nem a procura de glória pessoal nisso; cada qual contribuiu exatamente o que os outros contribuíram. Todos precisam reter em mente que, acima desses maiorais, e acima do próprio Moisés, está Jeová Deus, que dá instruções a Moisés. Nunca devem esquecer a sua relação com Jeová. A Páscoa deve fazê-los lembrar-se de sua maravilhosa libertação do Egito feita por Jeová, e eles a celebram aqui no ermo na ocasião determinada, um ano depois de partirem do Egito.
16 Assim como dirigira a marcha de Israel para fora do Egito, Jeová continua a conduzir a nação nas suas viagens, por meio duma nuvem que cobre o tabernáculo da tenda do Testemunho, de dia, e por meio de aparecimento do fogo ali, de noite. Quando a nuvem se locomove, a nação se locomove. Quando a nuvem permanece sobre o tabernáculo, a nação permanece acampada, seja por poucos dias seja por um mês ou mais, pois o relato nos diz: “Acampavam-se à ordem de Jeová e partiam à ordem de Jeová. Cuidavam da sua obrigação para com Jeová segundo a ordem de Jeová mediante Moisés.” (Núm. 9:23) Quando se aproxima o tempo de partirem do Sinai, providenciam-se toques de trombeta tanto para reunir o povo como para dirigir as diversas divisões do acampamento na jornada pelo ermo.

*** hs cap. 2 p. 31 par. 32 Espírito santo ativo no domínio celestial, invisível ***
32 Esta arca ou caixa dourada foi usada como receptáculo para objetos sagrados. Tinha uma tampa encimada por dois querubins de ouro, com asas estendidas para cobrir a tampa expiatória ou o propiciatório. Quando esta arca foi colocada no Santíssimo do tabernáculo ou do templo, apareceu uma luz milagrosa (a luz Xequiná) acima das asas dos querubins. (Êxodo 25:10-22; 2 Reis 19:15) Jeová foi assim representado como que entronizado sobre os querubins e como dando dali as suas instruções. Moisés fala sobre sua própria experiência neste respeito, ao escrever: “Ora, sempre que Moisés entrava na tenda de reunião para falar com ele, então ouvia a voz conversando com ele de cima da tampa que havia sobre a arca do testemunho, de entre os dois querubins; e falava com ele.” — Números 7:89.

*** w92 15/4 p. 12 par. 3 “Os Dados”, uma provisão de Jeová ***
3 Jeová disse a Moisés: “Faze chegar a tribo de Levi . . . E têm de cuidar de todos os utensílios da tenda de reunião . . . E os levitas tens de dar a Arão e a seus filhos. São os dados [hebraico: nethu•ním], que foram dados a ele dentre os filhos de Israel.” (Números 3:6, 8, 9, 41) Os levitas foram “dados” a Arão para cumprir deveres nos serviços do tabernáculo, de modo que Deus podia dizer: “Eles são os dados, dados a mim dentre os filhos de Israel.” (Números 8:16, 19; 18:6) Alguns levitas realizavam tarefas simples; outros recebiam notáveis privilégios, tais como ensinar as leis de Deus. (Números 1:50, 51; 1 Crônicas 6:48; 23:3, 4, 24-32; 2 Crônicas 35:3-5) Voltemos a nossa atenção agora para um outro povo “dado” e um paralelo moderno.

*** w11 15/4 pp. 4-5 Você vê as evidências de direção divina? ***
Aceite a direção de Deus
Como mostramos que prezamos a direção de Deus? O apóstolo Paulo disse: “Sede obedientes aos que tomam a dianteira entre vós e sede submissos.” (Heb. 13:17) Talvez nem sempre seja fácil fazer isso. Para ilustrar: coloque-se no lugar de um israelita nos dias de Moisés. Imagine que, depois de você viajar por um bom tempo, a coluna de nuvem pare. Quanto tempo ficará parada? Um dia? Uma semana? Alguns meses? Você se pergunta: ‘Vale a pena abrir toda a bagagem?’ Primeiro, você talvez tire apenas o que mais precisa. Mas, depois de alguns dias, cansado de revirar os seus pertences, você começa a retirar todos eles. Daí, depois de você já ter retirado e organizado quase tudo, a coluna se levanta — e é preciso arrumar tudo de novo para a viagem! Isso não seria muito fácil nem conveniente. Mesmo assim, os israelitas tinham de ‘partir logo’. — Núm. 9:17-22.
E nós, como reagimos quando recebemos instruções divinas? Procuramos aplicá-las “logo”? Ou continuamos a fazer as coisas como sempre fizemos? Estamos a par das instruções atualizadas, tais como a respeito de dirigir estudos bíblicos, pregar a estrangeiros no nosso território, participar regularmente na adoração em família, cooperar com as Comissões de Ligação com Hospitais e ter boa conduta nos congressos? Outro modo de mostrar apreço pela direção de Deus é aceitar conselhos. Diante de decisões de peso não confiamos na nossa própria sabedoria, mas buscamos a orientação de Jeová e de sua organização. E, assim como uma criança busca a proteção dos pais numa tempestade, nós buscamos proteção na organização de Jeová quando os problemas do mundo, como uma tormenta, nos afligem.
Os que tomam a dianteira na parte terrestre da organização de Deus obviamente não são perfeitos — como Moisés também não era. Mesmo assim, a coluna era uma evidência constante de que Moisés havia sido designado por Deus e tinha a aprovação divina. Note, também, que não cabia a cada israelita decidir quando devia partir. O povo agia “segundo a ordem de Jeová mediante Moisés”. (Núm. 9:23) Assim, provavelmente Moisés, que Deus usava para transmitir instruções, era quem dava o sinal para partir.
Hoje, o simbólico mordomo, usado por Jeová, dá um sinal claro sempre que é preciso mudar algo ou agir de certa maneira. Como o mordomo faz isso? Por meio de artigos em A Sentinela e no Nosso Ministério do Reino, de novas publicações ou de palestras em assembleias e congressos. Além disso, as congregações recebem instruções por meio de superintendentes viajantes e de cartas, ou de sessões de treinamento frequentadas por irmãos que têm responsabilidades congregacionais.

*** it-1 p. 521 Coatita ***
Não se permitia aos outros coatitas, além de Arão e seus filhos, ver os utensílios nem mesmo por um instante, nem tocar o lugar santo, porque isso significaria morte. (Núm 4:4-15, 20) Embora Israel provesse aos levitas gado e carroças para o transporte do equipamento do tabernáculo, os coatitas não os receberam. Sem dúvida, por causa da santidade dos seus fardos, levavam a carga sobre os ombros. (Núm 7:2-9) Eram os últimos levitas a se afastar do acampamento. — Núm 10:17-21.

*** it-2 p. 359 Idade, era ***
Foi fixado um limite de idade para alguém qualificar-se para o serviço no templo, bem como um limite de idade em que o serviço obrigatório cessava. Alguns alegam haver uma discrepância nas declarações em Números 4:3, 30, 31 e 8:24-26, pois a idade para começar o serviço levítico é declarada primeiro como sendo de 30 anos em diante e, depois, como de 25 anos em diante. Contudo, o caso parece ser que estavam envolvidas duas categorias de serviço. Assim, certas fontes rabínicas apresentam o conceito de que aos 25 anos o levita era iniciado no serviço do tabernáculo, mas apenas para executar tarefas mais leves, e daí, ao completar 30 anos, recebia tarefas mais pesadas. Alegam que as referências a “obra” e “serviço laborioso e o serviço de levar cargas”, mencionadas em Números 4:3, 47, não aparecem em Números 8:24, onde o limite de idade é 25. Outros acrescentam a sugestão de que aqueles que serviam com a idade acima de 30 tinham a ver com o transporte do tabernáculo e seu equipamento, quando em movimento, ao passo que os que serviam entre as idades de 25 e 30 serviam apenas quando o tabernáculo era erigido e instalado num acampamento. Os que defendem o conceito de que as designações de tarefas mais pesadas eram dadas apenas à idade de 30 dão como razão o fato de que nessa idade a pessoa já teria mais força, maturidade intelectual e solidez de julgamento. A Septuaginta grega dá a idade de 25 tanto em Números 4:3 como em 8:24. Mais tarde, nos dias de Davi, o limite de idade para começar o serviço no tabernáculo, que foi com o tempo substituído pelo serviço no templo, foi reduzido para 20 anos. — 1Cr 23:24-32; veja também Esd 3:8.

*** w90 15/2 p. 14 pars. 21-22 Do Seder à salvação ***
21 O dia hebraico ia de um pôr-do-sol (por volta de 18 horas) até o pôr-do-sol seguinte. Deus ordenara que o cordeiro da Páscoa fosse morto em 14 de nisã “entre as duas noitinhas”. (Êxodo 12:6) Quando seria isso? Judeus modernos apegam-se ao conceito rabínico de que o cordeiro devia ser morto perto do fim de 14 de nisã, entre o momento em que o sol começasse a declinar (por volta de 15 horas) e o pôr-do-sol de fato. Assim, eles realizam seu Seder após o pôr-do-sol, quando o 15 de nisã já começou. — Marcos 1:32.
22 No entanto, temos bons motivos para entender aquela expressão de maneira diferente. Deuteronômio 16:6 disse claramente aos israelitas que “matassem o sacrifício pascoal, na noitinha, no pôr-do-sol”. (Versão judaica Tanakh) Isto indica que “entre as duas noitinhas” referia-se ao período que ia do crepúsculo, do pôr-do-sol (que começa em 14 de nisã), até a escuridão de fato. Os antigos judeus caraítas entendiam isso dessa maneira, como entendem os samaritanos até os dias de hoje. Aceitarmos que o cordeiro pascoal era sacrificado e comido “no seu tempo designado”, em 14 de nisã, e não em 15 de nisã, é uma das razões pelas quais a nossa data da Comemoração as vezes difere da data judaica. — Números 9:2-5.

*** w93 1/2 p. 31 Perguntas dos Leitores ***
Perguntas dos Leitores
Caso um cristão esteja doente ou esteja viajando, não podendo assim estar presente à Comemoração da morte de Cristo, deveria celebrá-la um mês mais tarde?
No Israel antigo, a Páscoa era realizada anualmente no dia 14 do primeiro mês, chamado nisã (ou: abibe). Mas encontramos em Números 9:10, 11, uma provisão especial: “Fala aos filhos de Israel, dizendo: ‘Embora algum homem vosso ou das vossas gerações tenha ficado impuro por meio duma alma ou esteja numa viagem distante, ele também tem de preparar o sacrifício pascoal para Jeová. Devem prepará-lo no segundo mês [chamado íiar, ou zive], no dia quatorze, entre as duas noitinhas. Devem comê-lo com pães não fermentados e ervas amargas.’”
Note que isso não determina duas datas alternativas para a Páscoa (14 de nisã ou 14 de zive) que o israelita ou a família pudesse escolher à vontade, segundo a sua conveniência. A provisão da refeição pascoal no segundo mês era limitada. Era uma exceção para o israelita que estivesse cerimonialmente impuro em 14 de nisã ou estivesse muito longe de onde se realizava a celebração regular.
O único caso registrado de ela ser usada em grande escala foi quando o fiel Rei Ezequias reavivou a observância da Festividade dos Pães Não Fermentados. Não houve tempo para aprontá-la no primeiro mês (os sacerdotes não estavam prontos nem o povo reunido), de modo que foi realizada no dia 14 do segundo mês. — 2 Crônicas 29:17; 30:1-5.
Fora de tais circunstâncias excepcionais, os judeus guardavam a Páscoa na data designada por Deus. (Êxodo 12:17-20, 41, 42; Levítico 23:5) Jesus e seus discípulos celebravam-na segundo exigia a Lei, não tratando esta data com descaso. Lucas relata: “Chegou então o dia dos pães não fermentados, em que se tinha de sacrificar a vítima pascoal; e [Jesus] mandou Pedro e João, dizendo: ‘Ide e aprontai a páscoa, para que comamos.’” — Lucas 22:7, 8.

Reunião de Serviço


Cântico 107
5 min: “1914-2014: Cem anos do governo do Reino!” Consideração, com participação da assistência. Leia o parágrafo no início desta página. Neste mês, as partes na Reunião de Serviço darão destaque ao Reino. Anuncie a programação local para serviço de campo.
10 min: “Use o novo folheto sobre o site.” Considere o conteúdo do folheto. Inclua uma demonstração em que um publicador oferece o folheto e direciona a pessoa para o site jw.org usando um dispositivo eletrônico.
15 min: “Como Ser um Publicador Melhor — Fale sobre o Reino com confiança e coragem.” Consideração, com participação da assistência. Inclua uma demonstração com o seguinte cenário: O publicador está na fila do caixa de um mercado. Uma pessoa na sua frente olha as notícias numa revista e diz: “Este mundo está perdido! Os homens prometem uma solução, mas, na verdade, as coisas só estão piorando.” O publicador inicia um monólogo: ‘Preciso falar alguma coisa. Não posso perder esta oportunidade para dar testemunho sobre o Reino.’ O publicador diz: “É mesmo, o mundo está cada vez pior. Posso deixar este folheto com você? Ele fala sobre um site que me ajudou muito a encontrar as respostas mais importantes da vida.” O publicador destaca um ponto do folheto, e a pessoa demonstra interesse.
Cântico 92 e oração


Cântico 107

Venham para o monte de Jeová

(Isaías 2:2-4)
1. Hoje, firme está;
É, dos montes, o maior;
Vejam! O grandioso
Monte de Jeová!
Muitos servem ali
E de toda a Terra são.
Dizem: “Que venham todos,
A Jeová, adorar.”
Como Deus prometeu,
O pequeno tornou-se nação.
Sempre vão aumentar;
Com as bênçãos de Deus, viverão.
Já são hoje milhões
Os que vêm a Deus servir.
Querem permanecer
Leais e, firmes, seguir.
2. Cristo nos ordenou
Boas novas proclamar.
Todos têm de saber que o
Reino já é real.
“Venham”, clama Jesus,
Que já reina lá nos céus.
Mansos virão servir
No monte do Deus leal.
Que prazer para nós
Ver Seu povo na Terra crescer
E poder ajudar
Quem quiser a Jeová conhecer.
Vamos, juntos, então,
O convite divulgar:
“Venham ao grandioso
Monte de Jeová.”
(Veja também Sal. 43:3; 99:9; Isa. 60:22; Atos 16:5.)

5 min: “1914-2014: Cem anos do governo do Reino!” 

Consideração, com participação da assistência. Leia o parágrafo no início desta página. Neste mês, as partes na Reunião de Serviço darão destaque ao Reino. Anuncie a programação local para serviço de campo.

1914-2014: CEM ANOS DO GOVERNO DO REINO!

Em 1922, J. F. Rutherford proclamou com entusiasmo: “Eis que o Rei reina! . . . Anunciai o Rei e seu reino.” Neste centésimo ano do governo do Reino, essas palavras ainda nos enchem de entusiasmo. Portanto, vamos nos empenhar a fazer de agosto um mês memorável por ajudar outros a aprender sobre o Reino por meio de nosso site!


10 min: “Use o novo folheto sobre o site.”
Considere o conteúdo do folheto. Inclua uma demonstração em que um publicador oferece o folheto e direciona a pessoa para o site jw.org usando um dispositivo eletrônico.

USE O NOVO FOLHETO SOBRE O SITE

Onde Encontrar as Respostas mais Importantes da Vida? Esse é o título do novo folheto. No verso dele, encontramos três perguntas. Se as circunstâncias permitirem, mostre à pessoa as três perguntas e peça que ela escolha a que mais lhe interessa. Depois, explique ou demonstre como a pessoa pode acessar nosso site, na seção ENSINOS BÍBLICOS > PERGUNTAS BÍBLICAS RESPONDIDAS, para ver a resposta. No site, a pessoa também encontrará respostas às perguntas: “O que é o Reino de Deus? O que o Reino de Deus realizará?”
Sempre tenha com você alguns exemplares desse folheto para ajudar as pessoas a aprender o que a Bíblia diz sobre nosso maravilhoso futuro debaixo do Reino de Deus.

15 min: “Como Ser um Publicador Melhor — Fale sobre o Reino com confiança e coragem.” 

Consideração, com participação da assistência. Inclua uma demonstração com o seguinte cenário: O publicador está na fila do caixa de um mercado. Uma pessoa na sua frente olha as notícias numa revista e diz: “Este mundo está perdido! Os homens prometem uma solução, mas, na verdade, as coisas só estão piorando.” O publicador inicia um monólogo: ‘Preciso falar alguma coisa. Não posso perder esta oportunidade para dar testemunho sobre o Reino.’ O publicador diz: “É mesmo, o mundo está cada vez pior. Posso deixar este folheto com você? Ele fala sobre um site que me ajudou muito a encontrar as respostas mais importantes da vida.” O publicador destaca um ponto do folheto, e a pessoa demonstra interesse.

COMO SER UM PUBLICADOR MELHOR — FALE SOBRE O REINO COM CONFIANÇA E CORAGEM

Por que é importante: Para seguirmos a orientação clara em2 Timóteo 1:7, 8, precisamos falar sobre o Reino com coragem. Como podemos mostrar mais confiança ao pregar sobre o Reino?
^ 2 Tim. 1:7, 8 Porque Deus não nos deu um espírito de covardia, mas de poder, e de amor, e de bom juízo. 8 Portanto, não te envergonhes do testemunho a respeito de nosso Senhor, nem de mim, prisioneiro pela causa dele, mas participa em sofrer o mal pelas boas novas, segundo o poder de Deus.

Como fazer:

• Tenha empatia pelos outros. (Fil. 2:4) Muitas pessoas sofrem com problemas pessoais ou com a situação do mundo atual. Ter empatia nos motiva a falar a elas sobre o Reino.
• Antes de sair de casa, lembre-se de levar alguns folhetos com você.
• ^ Fil. 2:4 não visando, em interesse pessoal, apenas os vossos próprios assuntos, mas também, em interesse pessoal, os dos outros.

Durante este mês, tente o seguinte:

Pense a quem você gostaria de dar testemunho. Ore a Jeová pedindo coragem, confiança e uma oportunidade de falar com a pessoa.

Cântico 92

‘Pregue a Palavra’

(2 Timóteo 4:2)
1. Pregue a Palavra de Jeová.
Sempre esteja pronto para falar,
Pois ele nos deu a comissão:
A todos declarar a salvação.
(REFRÃO)
Então, pregar;
Escutarem é vital!
Proclamar:
“Já vivemos no final.”
Divulgar
A Palavra de Jeová.
Sem cessar,
Então, pregar!
2. Tempos difíceis haverá.
Muitos vão oposição enfrentar.
Pregar vai ser desafiador,
Mas nossa força vem do Criador.
(REFRÃO)
Então, pregar;
Escutarem é vital!
Proclamar:
“Já vivemos no final.”
Divulgar
A Palavra de Jeová.
Sem cessar,
Então, pregar!
3. Tempos mais fáceis vamos ver;
Muitos mansos vão querer aprender.
A todos e em qualquer lugar,
O Nome santo vamos proclamar.
(REFRÃO)
Então, pregar;
Escutarem é vital!
Proclamar:
“Já vivemos no final.”
Divulgar
A Palavra de Jeová.
Sem cessar,
Então, pregar!
(Veja também Mat. 10:7; 24:14; Atos 10:42; 1 Ped. 3:15.)

Estudo de A Sentinela

A SENTINELA (EDIÇÃO DE ESTUDO) JUNHO DE 2014

“Tens de amar o teu próximo como a ti mesmo”

‘O segundo mandamento é: “Tens de amar o teu próximo como a ti mesmo.”’ — MAT. 22:39.

COMO RESPONDERIA?

• Quem é realmente nosso próximo?
• Em sua opinião, por que devemos mostrar amor ao próximo e como podemos fazer isso?
• Mencione alguns aspectos do amor descritos em 1 Coríntios 13:4-8.


Apenas os textos bíblicos e referências


Mateus 22:34-39;Lucas 10:29-37;João 4:9;Mateus 20:2;2 Timóteo 3:1-3;Romanos 15:4;Mateus 24:14;Romanos 15:13;Mateus 7:12;Isaías 56:1-2;Êxodo 23:5;Mateus 5:43-45;Romanos 12:20;Provérbios 25:21;Hebreus 12:14;Mateus 5:23-24;Mateus 7:1-5;Lucas 8:1;Mateus 28:19-20;Mateus 7:13-14;Mateus 5:3;Romanos 1:1;2 Coríntios 5:18-19;1 Coríntios 6:9-11;Atos 13:48;1 Coríntios 13:4-8;Provérbios 21:4;Filipenses 2:4;1 Tessalonicenses 5:15;Levítico 19:18;Provérbios 24:17-18;1 Pedro 3:15;Mateus 22:39;Romanos 8:26-27;Tiago 2:8;Romanos 13:8-10;Mateus 5:43-45
(Mateus 22:34-39) Tendo os fariseus ouvido que ele silenciara os saduceus, ajuntaram-se num só grupo. 35E um deles, versado na Lei, perguntou para prová-lo: 36“Instrutor, qual é o maior mandamento na Lei?” 37Disse-lhe: “‘Tens de amar a Jeová, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua mente.’ 38Este é o maior e primeiro mandamento. 39O segundo, semelhante a este, é: ‘Tens de amar o teu próximo como a ti mesmo.’
- 3 -

(Lucas 10:29-37) Mas, querendo mostrar-se justo, o homem disse a Jesus: “Quem é realmente o meu próximo?” 30Em resposta, Jesus disse: “Certo homem descia de Jerusalém para Jericó e caiu entre salteadores, que tanto o despojaram como lhe infligiram golpes, e foram embora, deixando-o semimorto. 31Ora, por coincidência, certo sacerdote descia por aquela estrada, mas, quando o viu, passou pelo lado oposto. 32Do mesmo modo também um levita, quando, descendo, chegou ao lugar e o viu, passou pelo lado oposto. 33Mas, certo samaritano, viajando pela estrada, veio encontrá-lo, e, vendo-o, teve pena. 34De modo que se aproximou dele e lhe atou as feridas, derramando nelas azeite e vinho. Depois o pôs no seu próprio animal e o trouxe a uma hospedaria, e tomou conta dele. 35E no dia seguinte tirou dois denários, deu-os ao hospedeiro e disse: ‘Toma conta dele, e tudo o que gastares além disso, eu te pagarei de volta ao retornar para cá.’ 36Qual destes três te parece ter-se feito próximo do homem que caiu entre os salteadores?” 37Ele disse: “Aquele que agiu misericordiosamente para com ele.” Jesus disse-lhe então: “Vai e faze tu o mesmo.”
(João 4:9) Portanto, a mulher samaritana disse-lhe: “Como é que tu, apesar de ser judeu, me pedes de beber, quando eu sou mulher samaritana?” (Porque os judeus não têm tratos com os samaritanos.)
- 4 -

(Mateus 20:2) Tendo concordado com os trabalhadores em um denário por dia, mandou-os ao seu vinhedo.
- 5 -

(2 Timóteo 3:1-3) Sabe, porém, isto, que nos últimos dias haverá tempos críticos, difíceis de manejar. 2Pois os homens serão amantes de si mesmos, amantes do dinheiro, pretensiosos, soberbos, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, desleais, 3sem afeição natural, não dispostos a acordos, caluniadores, sem autodomínio, ferozes, sem amor à bondade,
- 6 -

(Romanos 15:4) Porque todas as coisas escritas outrora foram escritas para a nossa instrução, para que, por intermédio da nossa perseverança e por intermédio do consolo das Escrituras, tivéssemos esperança.
(Mateus 24:14) E estas boas novas do reino serão pregadas em toda a terra habitada, em testemunho a todas as nações; e então virá o fim.
(Romanos 15:13) Que o Deus que dá esperança vos encha de toda alegria e paz pela vossa crença, para que abundeis em esperança com poder de espírito santo.
- 7 -

(Mateus 7:12) “Todas as coisas, portanto, que quereis que os homens vos façam, vós também tendes de fazer do mesmo modo a eles; isto, de fato, é o que a Lei e os Profetas querem dizer.
(Isaías 56:1-2) Assim disse Jeová: “Guardai o juízo e fazei o que é justo. Pois a minha salvação está prestes a chegar e a minha justiça a ser revelada. 2Feliz o homem mortal que fizer isso, e o filho da humanidade que se agarrar a isso, guardando o sábado, para não o profanar, e guardando a sua mão, para não fazer nenhuma espécie de maldade.
- 8 -

(Êxodo 23:5) Se vires o jumento de alguém que te odeia deitado sob a sua carga, então tens de refrear-te de abandoná-lo. Sem falta deves conseguir soltá-lo junto com ele.
(Mateus 5:43-45) “Ouvistes que se disse: ‘Tens de amar o teu próximo e odiar o teu inimigo.’ 44No entanto, eu vos digo: Continuai a amar os vossos inimigos e a orar pelos que vos perseguem; 45para que mostreis ser filhos de vosso Pai, que está nos céus, visto que ele faz o seu sol levantar-se sobre iníquos e sobre bons, e faz chover sobre justos e sobre injustos.
(Romanos 12:20) Mas, “se o teu inimigo tiver fome, alimenta-o; se ele tiver sede, dá-lhe algo para beber; pois, por fazeres isso, amontoarás brasas acesas sobre a sua cabeça”.
(Provérbios 25:21) Se aquele que te odeia tiver fome, dá-lhe pão para comer; e se ele tiver sede, dá-lhe água para beber.
- 9 -

(Hebreus 12:14) Empenhai-vos pela paz com todos e pela santificação sem a qual nenhum homem verá o Senhor,
(Mateus 5:23-24) “Se tu, pois, trouxeres a tua dádiva ao altar e ali te lembrares de que o teu irmão tem algo contra ti, 24deixa a tua dádiva ali na frente do altar e vai; faze primeiro as pazes com o teu irmão, e então, tendo voltado, oferece a tua dádiva.
- 10 -

(Mateus 7:1-5) “Parai de julgar, para que não sejais julgados; 2pois, com o julgamento com que julgais, vós sereis julgados; e com a medida com que medis, medirão a vós. 3Então, por que olhas para o argueiro no olho do teu irmão, mas não tomas em consideração a trave no teu próprio olho? 4Ou, como podes dizer a teu irmão: ‘Permite-me tirar o argueiro do teu olho’, quando, eis que há uma trave no teu próprio olho? 5Hipócrita! Tira primeiro a trave do teu próprio olho, e depois verás claramente como tirar o argueiro do olho do teu irmão.
- 11 -

(Lucas 8:1) Pouco depois, ele viajava de cidade em cidade e de aldeia em aldeia, pregando e declarando as boas novas do reino de Deus. E os doze estavam com ele,
(Mateus 28:19-20) Ide, portanto, e fazei discípulos de pessoas de todas as nações, batizando-as em o nome do Pai, e do Filho, e do espírito santo, 20ensinando-as a observar todas as coisas que vos ordenei. E eis que estou convosco todos os dias, até à terminação do sistema de coisas.”
(Mateus 7:13-14) “Entrai pelo portão estreito; porque larga e espaçosa é a estrada que conduz à destruição, e muitos são os que entram por ela; 14ao passo que estreito é o portão e apertada a estrada que conduz à vida, e poucos são os que o acham.
- 12 -

(Mateus 5:3) “Felizes os cônscios de sua necessidade espiritual, porque a eles pertence o reino dos céus.
(Romanos 1:1) Paulo, escravo de Jesus Cristo e chamado para ser apóstolo, separado para as boas novas de Deus,
(2 Coríntios 5:18-19) Mas, todas as coisas são de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por intermédio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, 19a saber, que Deus, por meio de Cristo, estava reconciliando um mundo consigo mesmo, não lhes imputando as suas falhas, e ele nos encarregou da palavra da reconciliação.
- 13 -

(1 Coríntios 6:9-11) O quê! Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não sejais desencaminhados. Nem fornicadores, nem idólatras, nem adúlteros, nem homens mantidos para propósitos desnaturais, nem homens que se deitam com homens, 10nem ladrões, nem gananciosos, nem beberrões, nem injuriadores, nem extorsores herdarão o reino de Deus. 11E, no entanto, isso é o que fostes alguns de vós. Mas vós fostes lavados, mas vós fostes santificados, mas vós fostes declarados justos no nome de nosso Senhor Jesus Cristo e com o espírito de nosso Deus.
(Atos 13:48) Quando os das nações ouviram isso, começaram a alegrar-se e a glorificar a palavra de Jeová, e todos os corretamente dispostos para com a vida eterna tornaram-se crentes.
- 14 -

(1 Coríntios 13:4-8) O amor é longânime e benigno. O amor não é ciumento, não se gaba, não se enfuna, 5não se comporta indecentemente, não procura os seus próprios interesses, não fica encolerizado. Não leva em conta o dano. 6Não se alegra com a injustiça, mas alegra-se com a verdade. 7Suporta todas as coisas, acredita todas as coisas, espera todas as coisas, persevera em todas as coisas. 8O amor nunca falha. Mas, quer haja [dons de] profetizar, serão eliminados; quer haja línguas, cessarão; quer haja conhecimento, será eliminado.
- 15 -

(Provérbios 21:4) Olhos altaneiros e um coração arrogante, a lâmpada dos iníquos, são pecado.
- 16 -

(Filipenses 2:4) não visando, em interesse pessoal, apenas os vossos próprios assuntos, mas também, em interesse pessoal, os dos outros.
- 17 -

(1 Tessalonicenses 5:15) Vede que ninguém pague a outro dano por dano, mas, empenhai-vos sempre pelo que é bom de uns para com os outros e para com todos os demais.
(Levítico 19:18) “‘Não deves tomar vingança nem ter ressentimento contra os filhos do teu povo; e tens de amar o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou Jeová.
(Provérbios 24:17-18) Quando teu inimigo cai, não te alegres; e quando se faz que tropece, não jubile teu coração, 18para que Jeová não o veja e seja mau aos seus olhos, e ele certamente faça recuar sua ira contra ele.
- 18 -

(1 Pedro 3:15) Mas, santificai o Cristo como Senhor nos vossos corações, sempre prontos para fazer uma defesa perante todo aquele que reclamar de vós uma razão para a esperança [que há] em vós, fazendo-o, porém, com temperamento brando e profundo respeito.
- 19 -

(Mateus 22:39) O segundo, semelhante a este, é: ‘Tens de amar o teu próximo como a ti mesmo.’
(Romanos 8:26-27) De maneira semelhante, o espírito também se junta com ajuda para a nossa fraqueza; pois não sabemos o [problema de] em prol de que devemos orar assim como necessitamos, mas o próprio espírito implora por nós com gemidos não pronunciados. 27Contudo, aquele que pesquisa os corações sabe o sentido do espírito, porque está intercedendo de acordo com Deus, a favor dos santos.
- 20 -

(Tiago 2:8) Ora, se estiverdes executando a lei régia, segundo a escritura: “Tens de amar o teu próximo como a ti mesmo”, fazeis muito bem.
(Romanos 13:8-10) A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto que vos ameis uns aos outros; pois, quem ama o seu próximo tem cumprido a lei. 9Pois o [código da lei]: “Não deves cometer adultério, não deves assassinar, não deves furtar, não deves cobiçar”, e qualquer outro mandamento que haja, está englobado nesta palavra, a saber: “Tens de amar o teu próximo como a ti mesmo.” 10O amor não obra o mal para com o próximo; portanto, o amor é o cumprimento da lei.
- 21 -

(Mateus 5:43-45) “Ouvistes que se disse: ‘Tens de amar o teu próximo e odiar o teu inimigo.’ 44No entanto, eu vos digo: Continuai a amar os vossos inimigos e a orar pelos que vos perseguem; 45para que mostreis ser filhos de vosso Pai, que está nos céus, visto que ele faz o seu sol levantar-se sobre iníquos e sobre bons, e faz chover sobre justos e sobre injustos.



Referências consultadas em: Watchtower Library 2013 CD‒ROM

Baixar as referências adaptadas para laptops, celulares e tablets

Baixar as referências adaptadas para laptops, celulares e tablets