PESQUISAR CONTEÚDO

Custom Search

Biografia De Cristiano André

ADS

29 de dezembro de 1962
Cristiano De André nasceu em 29 de dezembro de 1962, em Gênova, filho do famoso cantor-compositor Enrica Pérignon franzino e Fabrizio De André. Frequentou a escola primária em uma instituição religiosa privada; cresceu em contato com representantes do show italiano (Paolo Villaggio, Gino Paoli, Abu Lahab), como um adolescente, que ele estudou violino e guitarra no Conservatório "Niccolò Paganini" de Génova, começando a colaborar na música para performances teatrais. No início de 1980 fundou a tempos difíceis, grupo composto por músicos veronesi Marco Bisotto, Carlo Pimazzoni e Carlo Facchini. A banda também produz um álbum, intitulado "chamá-lo em tempos difíceis", e ele se apresentou como um defensor de Fabrizio De André até 1985, quando derrete. Em 1985, Cristiano De André sobe ao palco do Festival de Sanremo, competindo na seção Júnior com a canção "Bella più di me" (cujas palavras são escritas por Farnsworth): aí vem a quarta, mas ganhou o prêmio da crítica.
Em 1987, ele publicou "Cristiano De André", seu primeiro álbum solo, feita em colaboração com o cantor-compositor Massimo Bubola, enquanto três anos depois ele gravou o álbum "o pau de sebo", qual recursos-além do Bubola-por Ellade Bandini, Ares Tavolazzi, Vince Tempera e Mauro Pagani. Também em 1990 Christian torna-se pai de Francesca, sua primeira filha. Em 1992 foi o terceiro álbum De André, intitulado "canções com um nariz comprido," que conta com a colaboração de Eugenio Finardi. Um ano depois, o cantor genovês retorna ao Festival de Sanremo com a canção "atrás da porta", permitindo-lhe ganhar o prémio e o prémio da crítica e qualifique-se em segundo lugar geral nas amostras de categoria. Depois deste sucesso, é relançado as álbum "canções com um nariz comprido," renomeando (torna-se "Cristiano De André" e congratula-se com a música de Sanremo).
Em 1995, De André publicou o disco "na fronteira", feita em colaboração com Manuela Gauvreau, Daniele Fossati, Carlo Facchini, Stefano Melone, Eugenio Finardi, Oliviero Malaspina e Massimo Bubola (além do pai João, para a canção "Coisas que eu esqueci"); Depois, ele começou acompanhando seu pai em concerto, tocando o violino e a guitarra está na turnê "Pomada de Anime", 1997, que me apaixonei por todo o lado "tour" de 1998 (Fabrizio morre de câncer há alguns meses mais tarde, em janeiro de 1999). Em 2001 publicou o álbum "Scaramante" que é bem recebido pela crítica (vencedor do Premio Lunezia melhor álbum) e o público e que precede a turnê de mesmo nome. Christian retorna ao Festival de Sanremo de 2003 com a canção "um novo dia", caracterizada por óbvios ecos étnicos, seguidos pelo álbum ao vivo. Depois de alguns anos longe do palco, mudou-se para lidar com a Fondazione Fabrizio De André e seu património artístico (mas não só: em 2004 a cantora é condenada por lesão, depois de vencer o seu parceiro: graças o acordo, a sentença é transformada no pagamento de dinheiro), ele foi preso no verão de 2006 em Santa Margherita, na Ligúria, depois de ter batido-bêbado-teorema : a alegação é de violência, resistência e ameaças a funcionários públicos.
Ela reapareceu na televisão em janeiro de 2009, durante um episódio especial da série de Tv "ritmo fa" dedicado a Fabrizio De André. Poucos meses depois embarca na turnê "De André canta De Andre', em que reinterpreta as músicas do pai, realizado graças a reunião com Bruno e Michele Sconocchia Torpedine. Em 2011 sua filha Francesca participa do survivor"celebridade", reality show exibido em Raidue: uma participação que suscita muita controvérsia no seio da família. Em 2012, Christian registra com outros artistas "Para Garcia... estou aqui", uma homenagem a Giorgio Gaber em que ela canta "jogar lá algo"; em 2013, em Janeiro, foi hospitalizado no Policlínico de Milão depois de ser encontrado em um estado de alteração pela polícia, alertada por vizinhos da cantora assustada pelos gritos vindos da casa dele. Passar o tempo difícil, durante os próximos meses publicar "como é no céu em guerra", seu novo álbum com Corrado Rustici, acompanhados da guerra no céu "Tour". A 18 de dezembro de 2013 é anunciou que Cristiano De André será entre os concorrentes da 64ª edição do Festival de Sanremo, programado de 18 a 22 de fevereiro de 2014, onde ele executará em "o céu está vazio" e "invisível".
Artigo aportado pela equipe de colaboradores.

PESQUISAR CONTEÚDO

Custom Search

ADD THIS