Respostas da Recapitulacao da Escola do Ministério Teocrático | semana de 26 de outubro de 2015

Recapitulação da Escola do Ministério Teocrático: Informações para o estudo pessoal


1. Como o relato em 2 Reis 13:18, 19 ilustra a importância de servir a Deus de coracao e com zelo? [7 de set., w10 15/4 p. 26 § 11]

No caso do rei Jeoãs, golpear o chao cinco ou seis vezes teria significado golpear a Síria ate acabar com ela. No entanto, a falta de zelo de Jeoãs limitou seu sucesso. Jeova so nos abencoarã ricamente se realizarmos a sua obra de todo o cora- cao e com zelo.

2. Quem era o rei de Israel quando Jonas serviu como profeta, e o que podemos aprender do ministerio de Jonas em vista do que esta registrado em 2 Reis 14:23-25? [7 de set., w091/1 p. 25 § 4]

Jonas serviu como profeta durante o reinado do rei Jeroboão II. Infelizmente, esse rei perverso influenciou Israel a continuar fazendo "o que era mau aos olhos de Jeova". Assim, o trabalho de Jonas não deve ter sido facil, mas ele o cumpriu fielmente.

3. Como Acaz mostrou que nao confiava nas palavras de Deus transmitidas pelo profeta Isaías, e que pergunta devemos fazer a nos mesmos ao tomar decisões importantes? (2 Reis 16:7) [14 de set., w13 15/11 p. 17 § 5]

Em vez de confiar nas palavras de Deus transmitidas por Isaías, o infiel Acaz entrou num pacto desastroso com os assírios, que por fim levou Juda a ser oprimido por eles. Slem duvida, Acaz foi uma grande decepção como pastor de Juda. Quando temos uma decisão importante a tomar, confiamos em Jeova ou nos homens? (Pro. 3:5, 6)

4. Que tatica usada pelo Rabsaque esta sendo usada pelos que se opoem ao povo de Deus hoje? E que qualidade pode nos ajudar a rejeitar os argumentos falsos dos opositores? (2 Reis 18:22, 25) [14 de set., w10 15/7 p. 13 §§ 3-4]

O Rabsaque usou raciocínio enganoso no esforço de semear duvidas. Hoje, perseguidores astuciosos talvez apresentem fragmentos de informações verdadeiras, visando estabelecer uma base de acordo, mas sutilmente introduzem mentiras nessas informacoes, na esperanca de semear duvidas. No entanto, o discernimento nos ajudara a rejeitar os argumentos falsos dos opositores.

5. Como o exemplo de humildade de Josias pode nos ajudar a tirar mais proveito da leitura e do estudo da Bíblia? (2 Reis 22:19, 20, nota) [21 de set., w00 1/3 p. 30 § 2]

Ouvir a leitura das palavras da Lei tocou profundamente o corarão de Josias. O relato diz que seu corarão foi receptivo, ou 'amoleceu', de modo que se humilhou e aceitou o conselho da Palavra de Deus. A humildade e um fator vital para se ter o corarão preparado, porque nos torna receptivos e nos ajuda a aceitar com maior prontidão conselhos e correcoes amorosos vindos da Palavra de Deus.

6. Como a arqueologia confirma a existência dos dois reis mencionados em 2 Reis 25:27-30? [28 de set., w12 1/6 p. 5 §§ 2-3]

O rei Joaquim e o rei Evil-Merodaque sao mencionados em Segundo Reis, capítulo 25. Nas ruínas da antiga Babilonia, os arqueologos encontraram documentos que mencionam "Yaukin [Joaquim]", que era o "rei da terra de Yahud (Judã)", e sua família. E o nome de Evil-Mero- daque e mencionado numa inscrição em um vaso.

7. Que tres pedidos Jabez fez a Jeová, e o que isso nos ensina sobre a oracao? (1 Croo. 4:9, 10) [5 de out., w10 1/10 p. 23]

Jabez pediu que seu territorio fosse ampliado de modo pacífico, que a mão de Deus estivesse com ele e que ele fosse protegido da calamidade. Em sua oracao, Jabez mostrou sincera preocupacao com a adorarão verdadeira, e Jeova notou isso. Nos também precisamos fazer ora- coes sinceras em harmonia com a vontade de Jeovã, sabendo que ele se agrada em ouvir e responder as oracoes dos seus verdadeiros adoradores.

8. Como o resultado da guerra descrita em Crónicas 5:18-22 nos fortalece para continuar nossa guerra espiritual com coragem? [12 de out., w05 1/10 p. 9 § 7]

Embora estivessem em quantidade inferior — menos da metade —, as tribos ao leste do Jordão conseguiram derrotar seus inimigos. Eles venceram porque os homens valentes dessas tribos confiavam em Jeovã e buscaram a sua ajuda. Nos tambem precisamos ter plena confiança em Jeovã ã medida que travamos uma guerra espiritual contra os inimigos que são mais numerosos do que nos. (Efe. 6:10-17)

9. O que ajudou Davi a entender e respeitar o espírito da lei de Jeova sobre a santidade do sangue? E o que o exemplo de Davi deve nos motivar a fazer? (1 Cro. 11:17-19) [19 de out., w12 15/11 pp. 6-7 §§ 12-14]

Ao se recusar a beber a agua obtida por se colocar em risco a vida humana, Davi mostrou que entendia o princípio por trãs da lei sobre o sangue. Para entender o espírito da Lei, Davi deve ter estudado e meditado profundamente nela. No nosso estudo da Bíblia, e sabio meditar no que lemos e guardar isso no coração para podermos determinar o que agrada a Jeovã em certas situacoes.

10. O que Davi deixou de fazer ao tentar levar a arca do pacto para Jerusalém, e que licao importante aprendemos desse relato? (1 Cro. 15:13) [26 de out., w03 1/5 pp. 10-11 §§ 11-13]

Ao transferir a Arca pela primeira vez, Davi não procurou saber ao certo qual era a vontade de Jeovã sobre o assunto. Embora Davi com frequeencia consultasse a Jeovã, ele não fez isso nessa ocasião, e o resultado foi desastroso. Quando estivermos sob pressão, devemos sempre nos certificar do que e aceitavel a Jeovã.

Clique na imagem para Baixar informações completas em arquivos digitais para Computador desktop, Laptop, Tablet, celular e Smartphone

Baixar informações para o estúdio pessoal para Computador desktop, Laptop, Tablet, celular e Smartphone

Baixar informações para o estúdio pessoal para Computador desktop, Laptop, Tablet, celular e Smartphone