PESQUISAR CONTEÚDO

Custom Search

Imite a Sua Fé: Estudo com textos bíblicos | semana de 26 de outubro

ADS

Estudo Bíblico de Congregação | Informações de estudo para o livro: Imite a Sua Fé


ia cap. 1 §§ 1-13 (30 min)


CAPÍTULO UM


‘Embora morto, ele ainda fala’


1. O que impedia que a família de Adão e Eva entrasse no jardim do Éden, e o que Abel mais queria?


ABEL observava suas ovelhas, que pastavam calmamente na encosta de um morro. Então, olhou para longe e viu um brilho suave. Ele sabia que lá naquele lugar havia uma espada de fogo girando o tempo todo, bloqueando a entrada do jardim do Éden. Seus pais já tinham morado naquele paraíso, mas nem eles nem seus filhos podiam entrar lá agora. Imagine a brisa do fim de tarde agitando o cabelo de Abel enquanto ele olhava para cima e pensava no Criador. Será que algum dia a humanidade voltaria a ter uma boa relação com Deus? Isso era o que Abel mais queria.

2-4. Em que sentido Abel fala conosco hoje?


2 Abel fala com você hoje. Consegue ouvi-lo? Você talvez diga que isso é impossível. Afinal, esse segundo filho de Adão morreu muito tempo atrás. Já faz aproximadamente 6 mil anos que seus restos mortais se transformaram em pó. E a Bíblia ensina que os mortos “não estão cônscios de absolutamente nada”. (Ecl. 9:5, 10) Além disso, nada que Abel tenha dito foi registrado na Bíblia. Então como é que ele fala conosco?
Eclesiastes 9:5 Pois os vivos sabem que morrerão, mas os mortos não sabem absolutamente nada, nem têm mais recompensa, porque toda lembrança deles caiu no esquecimento.
Eclesiastes 9:10 Tudo o que a sua mão achar para fazer, faça-o com toda a sua força, pois não há trabalho, nem planejamento, nem conhecimento, nem sabedoria na Sepultura, o lugar para onde você vai.

3 O apóstolo Paulo foi inspirado a dizer: “Por intermédio dela, embora morto, [Abel] ainda fala.” (Leia Hebreus 11:4.) Por meio do que Abel fala? Por meio da fé. Abel foi o primeiro humano a desenvolver essa bela qualidade. E ele a demonstrou de modo tão notável que seu exemplo continua vivo, um modelo excelente para seguirmos. Se aprendermos de sua fé e nos esforçarmos para imitá-la, o relato sobre Abel falará conosco de maneira vívida e motivadora.
Hebreus 11:4 Pela fé Abel ofereceu a Deus um sacrifício de maior valor que o de Caim. Por meio dessa fé ele recebeu o testemunho de que era justo, pois Deus aprovou as suas dádivas. E, embora esteja morto, ele ainda fala por meio da sua fé.

4 Mas, já que a Bíblia fala tão pouco sobre Abel, o que podemos aprender dele e de sua fé? Vejamos.

Ele cresceu na época da “fundação do mundo”


5. O que Jesus queria dizer quando associou Abel com “a fundação do mundo”? (Veja também a nota.)


5 Abel nasceu no início da história da humanidade. Jesus mais tarde associou Abel com “a fundação do mundo”. (Leia Lucas 11:50, 51.) Pelo visto, Jesus se referia ao mundo de pessoas que podiam ser resgatadas do pecado. Embora Abel tenha sido o quarto humano a existir, tudo indica que ele foi o primeiro a ser encarado por Deus como merecedor do resgate. Com certeza, Abel não cresceu tendo a melhor das influências.
Lucas 11:50, 51 para que o sangue de todos os profetas, derramado desde a fundação do mundo, seja cobrado desta geração, 51 desde o sangue de Abel até o sangue de Zacarias, que foi morto entre o altar e a casa.’ Sim, eu lhes digo, será cobrado desta geração.

6. O que podemos dizer sobre os pais de Abel?


6 A família humana ainda estava no início, mas um manto de tristeza pairava sobre ela. É provável que Adão e Eva, os pais de Abel, fossem belos e cheios de vida. No entanto, eles tinham cometido um grande erro, e sabiam disso. No início, eles eram perfeitos e tinham a perspectiva de viver para sempre. Mas se rebelaram contra Jeová Deus e foram expulsos de seu lar paradísico no jardim do Éden. Por colocar seus próprios desejos à frente de tudo — até mesmo das necessidades de seus descendentes —, eles perderam a perfeição e a vida eterna. — Gên. 2:15–3:24.
Gênesis 2:15-3:24 Jeová Deus tomou o homem e o estabeleceu no jardim do Éden, para que o cultivasse e tomasse conta dele. 16 Jeová Deus deu também esta ordem ao homem: “De toda árvore do jardim, você pode comer à vontade. 17 Mas, quanto à árvore do conhecimento do que é bom e do que é mau, não coma dela, porque, no dia em que dela comer, você certamente morrerá.” 18 Então Jeová Deus disse: “Não é bom que o homem fique sozinho. Vou fazer-lhe uma ajudadora, como complemento dele.” 19 Jeová Deus tinha formado do solo todo animal selvagem e toda criatura voadora dos céus, e ele começou a levá-los ao homem para ver como este chamaria a cada um deles; e como o homem chamava a cada criatura vivente, esse se tornava o seu nome. 20 Assim o homem deu nome a todos os animais domésticos, às criaturas voadoras dos céus e a todo animal selvagem; mas, para o homem, não havia nenhuma ajudadora para o complementar. 21 Então, Jeová Deus fez o homem cair num sono profundo e, enquanto ele dormia, tirou-lhe uma das costelas e depois fechou a carne naquele lugar. 22 E, da costela que havia tirado do homem, Jeová Deus fez a mulher e levou-a ao homem. 23 O homem disse então: “Esta, por fim, é osso dos meus ossosE carne da minha carne. Ela será chamada ‘mulher’,Porque do homem foi tirada.” 24 Por isso é que o homem deixará seu pai e sua mãe e se apegará à sua esposa, e eles se tornarão uma só carne. 25 E ambos continuavam nus, o homem e sua esposa, contudo não se envergonhavam. 3 A serpente era o mais cauteloso de todos os animais selvagens, que Jeová Deus havia feito. Assim, ela disse à mulher: “Foi isso mesmo que Deus disse, que vocês não devem comer de toda árvore do jardim?” 2 Então a mulher disse à serpente: “Podemos comer do fruto das árvores do jardim. 3 Mas, sobre o fruto da árvore que está no meio do jardim, Deus disse: ‘Não comam dele, não, nem toquem nele; do contrário, vocês morrerão.’” 4 Então a serpente disse à mulher: “Vocês certamente não morrerão. 5 Pois Deus sabe que, no mesmo dia em que comerem dele, seus olhos se abrirão e vocês serão como Deus, sabendo o que é bom e o que é mau.” 6 Assim, a mulher viu que a árvore era boa para alimento e que era desejável aos olhos, sim, a árvore era agradável de contemplar. Então ela pegou do seu fruto e começou a comê-lo. Depois deu também do fruto ao seu marido, quando ele estava com ela, e ele começou a comê-lo. 7 Então os olhos de ambos se abriram, e eles perceberam que estavam nus. Por isso costuraram folhas de figueira para cobrir a sua nudez. 8 Mais tarde eles ouviram a voz de Jeová Deus, que estava andando pelo jardim, por volta da hora em que a brisa soprava, e o homem e sua esposa se esconderam da face de Jeová Deus entre as árvores do jardim. 9 E Jeová Deus chamava o homem e lhe dizia: “Onde você está?” 10 Por fim, ele respondeu: “Ouvi a tua voz no jardim, mas fiquei com medo porque eu estava nu, por isso me escondi.” 11 Com isso, ele perguntou: “Quem lhe disse que você estava nu? Por acaso você comeu da árvore de que lhe ordenei que não comesse?” 12 O homem disse: “A mulher que me deste para estar comigo, foi ela que me deu do fruto da árvore, por isso comi.” 13 Jeová Deus disse então à mulher: “O que você fez?” A mulher respondeu: “A serpente me enganou, por isso comi.” 14 Então Jeová Deus disse à serpente: “Por ter feito isso, você é maldita entre todos os animais domésticos e todos os animais selvagens. Sobre o seu ventre você rastejará, e comerá pó todos os dias da sua vida. 15 E porei inimizade entre você e a mulher, e entre o seu descendente e o descendente dela. Este esmagará a sua cabeça, e você ferirá o calcanhar dele.” 16 À mulher ele disse: “Aumentarei muito as dores da sua gravidez; em dores você dará à luz filhos, e terá desejo de estar com seu marido, e ele a dominará.” 17 E a Adão ele disse: “Visto que você escutou a voz da sua esposa e comeu da árvore a respeito da qual lhe dei a ordem: ‘Não coma dela’, maldito é o solo por sua causa. Em dor você comerá dos produtos dele todos os dias da sua vida. 18 Ele produzirá para você espinhos e abrolhos, e você terá de comer a vegetação do campo. 19 No suor do seu rosto comerá pão, até que você volte ao solo, pois dele foi tirado. Porque você é pó e ao pó voltará.” 20 Depois disso, Adão chamou a sua esposa de Eva, porque ela se tornaria a mãe de todos os viventes. 21 E Jeová Deus fez vestes compridas de pele para Adão e para sua esposa, a fim de vesti-los. 22 Jeová Deus disse então: “O homem se tornou como um de nós, sabendo o que é bom e o que é mau. Agora, para que ele não estenda a mão e pegue também do fruto da árvore da vida, e coma, e viva para sempre, . . .” 23 Com isso, Jeová Deus o expulsou do jardim do Éden para cultivar o solo de que tinha sido tirado. 24 Assim ele expulsou o homem, e colocou ao leste do jardim do Éden os querubins e a lâmina chamejante de uma espada que girava continuamente, guardando o caminho para a árvore da vida.

7, 8. O que Eva disse quando Caim nasceu, e no que ela talvez estivesse pensando?


7 A vida fora daquele jardim não era nada fácil para Adão e Eva. Mas então algo aconteceu. Quando seu primeiro filho nasceu, eles lhe deram o nome de Caim, que significa “algo produzido”, e Eva disse: “Produzi um homem com o auxílio de Jeová.” Suas palavras indicam que ela talvez estivesse pensando na promessa que Jeová havia feito no jardim, de que uma mulher produziria um “descendente” que um dia destruiria a criatura perversa que havia desviado Adão e Eva. (Gên. 3:15; 4:1) Será que Eva achava que ela era a mulher da profecia e que Caim era o “descendente” prometido?
Gênesis 3:15 E porei inimizade entre você e a mulher, e entre o seu descendente e o descendente dela. Este esmagará a sua cabeça, e você ferirá o calcanhar dele.”
Gênesis 4:1 Adão teve então relações com Eva, sua esposa, e ela ficou grávida. Quando deu à luz Caim, ela disse: “Tive um menino com a ajuda de Jeová.”

8 Se esse foi o caso, ela estava completamente enganada. E, se Adão e Eva incutiram essas ideias em Caim desde pequeno, com certeza alimentaram o orgulho que ele já tinha como humano imperfeito. Com o tempo, Eva teve outro filho, mas não há registro de nenhuma declaração grandiosa sobre ele. Eles lhe deram o nome de Abel, que talvez signifique “exalação” ou “vaidade”. (Gên. 4:2) Será que isso refletia suas baixas expectativas, como se esperassem menos de Abel do que de Caim? Não podemos ter certeza.
Gênesis 4:2 Mais tarde ela novamente deu à luz e teve Abel, irmão de Caim. Abel tornou-se pastor de ovelhas, e Caim tornou-se agricultor.

9. O que os pais hoje podem aprender de nossos primeiros pais?


9 Os pais hoje podem aprender uma grande lição de tudo isso. Por suas palavras e ações, será que vocês alimentarão o orgulho, a ambição e as tendências egoístas de seus filhos? Ou lhes ensinarão a amar a Jeová Deus e a ser amigos dele? Infelizmente, os primeiros pais não cumpriram seu dever. Mas ainda havia esperança para seus descendentes.

Como Abel desenvolveu fé?


10, 11. Que trabalho Caim e Abel aprenderam, e que qualidade Abel desenvolveu?


10 À medida que os dois meninos cresciam, é provável que Adão tenha lhes ensinado a trabalhar para prover o sustento à família. Caim aprendeu a plantar; Abel, a cuidar de ovelhas.
11 No entanto, Abel fez algo muito mais importante. Com o passar dos anos, ele desenvolveu fé, a bela qualidade sobre a qual Paulo falou mais tarde. Pense no seguinte: se Abel não tinha nenhum exemplo humano digno de imitar, como ele desenvolveu fé em Jeová Deus? Veja três coisas que talvez o tenham ajudado.

12, 13. Como observar as obras criativas de Jeová pode ter ajudado Abel a fortalecer sua fé?


12 As obras criativas de Jeová. É verdade que Jeová tinha amaldiçoado o solo, fazendo com que produzisse espinhos e abrolhos, que atrapalhavam a lavoura. Mesmo assim, a Terra continuava a produzir generosamente o alimento que mantinha a família de Abel viva. Além disso, Jeová não tinha amaldiçoado os animais, incluindo aves e peixes; nem os montes, lagos, rios e mares; nem os céus, nuvens, Sol, Lua e estrelas. Para onde quer que olhasse, Abel via evidências do imenso amor, sabedoria e bondade de Jeová Deus, o Criador de tudo que existe. (Leia Romanos 1:20.) Refletir com apreço nessas coisas sem dúvida fortaleceu sua fé.
Romanos 1:20 Pois as suas qualidades invisíveis — isto é, seu poder eterno e Divindade — são claramente vistas desde a criação do mundo, porque são percebidas por meio das coisas feitas, de modo que eles não têm desculpa.


Por observar a criação, Abel encontrou um forte motivo para ter fé num Criador amoroso


13 Abel com certeza tirava tempo para meditar em assuntos espirituais. Imagine Abel cuidando de seu rebanho. A vida de pastor exigia andar longas distâncias. Ele conduzia os dóceis animais através de morros, vales e rios — sempre buscando os pastos mais verdes, as melhores fontes de água e os abrigos mais seguros. De todas as criaturas de Deus, as ovelhas pareciam as mais indefesas, como se tivessem sido feitas para depender da liderança e proteção de um humano. Será que Abel percebeu que ele também precisava da liderança, proteção e cuidado de Alguém muito mais sábio e poderoso que qualquer humano? Ele com certeza expressava muitos desses pensamentos em oração, e com isso sua fé continuou a aumentar.

Clique na imagem para Baixar informações completas em arquivos digitais para Computador desktop, Laptop, Tablet, celular e Smartphone

Baixar informações para o estúdio pessoal para Computador desktop, Laptop, Tablet, celular e Smartphone

Baixar informações para o estúdio pessoal para Computador desktop, Laptop, Tablet, celular e Smartphone

PESQUISAR CONTEÚDO

Custom Search

ADD THIS