Pesquisar conteúdo aqui

Custom Search

Achegue-se a Jeová: Estudo com textos bíblicos | Semana de 13 de Julho

Estudo Bíblico de Congregação | Informações de estudo para o livro: Achegue-se a Jeová

cl cap. 27 §§ 10-18 (30 min)


10, 11. Como os nossos sentidos demonstram a bondade de Deus?


10 Na sua infinita bondade, Jeová providenciou que nosso corpo fosse “feito maravilhosamente”, com sentidos que nos ajudam a perceber suas obras e ter prazer com elas. (Salmo 139:14) Pense de novo nas cenas descritas na introdução deste capítulo. O sentido da visão é que tornou esses momentos agradáveis. As bochechas coradas de uma criança feliz; a chuva caindo sobre os campos; o vermelho, dourado e violeta do pôr do sol — tudo isso agrada ao olho humano, que é capaz de distinguir mais de 300 mil cores! E o sentido da audição nos permite notar as nuances de tom de voz de uma pessoa querida, o sussurro do vento entre as árvores, a risada gostosa de uma criancinha. Por que conseguimos desfrutar essas vistas e sons? A Bíblia diz: “O ouvido que ouve e o olho que vê — o próprio Jeová é que fez a ambos.” (Provérbios 20:12) Mas esses são apenas dois dos sentidos.
Salmo 139:14 Eu te louvo porque fui feito maravilhosamente, de um modo espantoso. Tuas obras são maravilhosas,Eu sei disso muito bem.
Provérbios 20:12 O ouvido que ouve e o olho que vê,Foi Jeová que fez a ambos.

11 O olfato é outra prova da bondade de Jeová. O nariz humano é capaz de distinguir uns 10 mil odores. Pense em alguns deles: sua comida favorita, flores, folhas caídas, a fumaça de uma lareira aconchegante. E o sentido do tato permite que você sinta a brisa suave no rosto, o abraço amigo de alguém que você ama, a suavidade de uma fruta. Quando você dá uma mordida nela, entra em ação o paladar. Sua boca é inundada por uma mistura de sabores sutis, à medida que as papilas gustativas captam a complexa composição química da fruta. De fato, temos motivos de sobra para exclamar sobre Jeová: “Quão abundante é a tua bondade que entesouraste para os que te temem!” (Salmo 31:19) Mas como Jeová ‘entesoura’ bondade para os que têm temor dele?
Salmo 31:19 Como é grande a tua bondade! Tu a reservaste para os que te temem,E a demonstraste diante de todos os homens, em favor dos que se refugiam em ti.

Os benefícios eternos da bondade


12. Quais são as dádivas mais importantes de Jeová e por quê?


12 Jesus disse: “Está escrito: ‘O homem tem de viver, não somente de pão, mas de cada pronunciação procedente da boca de Jeová.’” (Mateus 4:4) De fato, as dádivas espirituais de Jeová podem nos beneficiar muito mais do que as físicas, pois resultam em vida eterna. No Capítulo 8 deste livro, vimos que Jeová usou seu poder restaurador nestes últimos dias para fazer surgir um paraíso espiritual. Uma das principais características desse paraíso é que nele há fartura de alimento espiritual.
Mateus 4:4 Mas ele respondeu: “Está escrito: ‘O homem não deve viver somente de pão, mas de toda palavra que vem da boca de Jeová.’”

13, 14. (a) Que visão o profeta Ezequiel teve, e qual o significado dela para nós hoje? (b) Que dádivas espirituais vitalizadoras Jeová faz para seus servos fiéis?


13 Numa das grandes profecias bíblicas sobre restauração, o profeta Ezequiel recebeu uma visão dum templo restaurado e glorificado, de onde fluía um rio, que se alargava e aprofundava até se tornar uma “torrente de tamanho duplo”. Por todo lugar onde passava, aquele rio trazia bênçãos. Nas suas margens, cresciam árvores que forneciam alimento e cura. O rio até mesmo trouxe vida e prosperidade ao mar Morto, que é extremamente salgado e sem vida. (Ezequiel 47:1-12) Mas o que significava tudo isso?
Ezequiel 47:1-12 Ele me levou então de volta à entrada do templo, e eu vi ali água saindo de debaixo do limiar do templo, indo para o leste, pois a frente do templo dava para o leste. A água saía de debaixo do lado direito do templo e passava ao sul do altar. 2 Então ele me levou para fora pelo portão norte e me fez dar a volta por fora até o portão externo que dava para o leste, e eu vi a água escorrendo desde o lado direito. 3 Quando o homem saiu para o leste com a corda de medir na mão, mediu 1.000 côvados e me fez atravessar a água; a água batia nos tornozelos. 4 Então ele mediu mais 1.000 côvados e me fez atravessar a água, e ela batia nos joelhos. Mediu outros 1.000 côvados e me fez atravessar, e a água batia na cintura. 5 Quando mediu mais 1.000 côvados, era uma torrente que eu não conseguia atravessar andando, pois a água estava tão funda que era necessário nadar; era uma torrente impossível de atravessar a pé. 6 Ele me perguntou: “Você viu isso, filho do homem?” Então ele me fez andar de volta até a margem da corrente de água. 7 Quando voltei, vi que nas duas margens da corrente de água havia muitíssimas árvores. 8 Então ele me disse: “Essa água corre em direção à região oriental, desce pelo Arabá e desemboca no mar. Quando entrar no mar, a água dele será curada. 9 Multidões de criaturas viventes poderão viver por onde quer que as águas passarem. Haverá uma grande quantidade de peixes, pois essa água correrá para lá. A água do mar será curada, e tudo viverá por onde quer que a corrente de água passar. 10 “Os pescadores ficarão na sua margem desde En-Gedi até En-Eglaim, onde haverá um lugar para secar redes de arrasto. Haverá uma grande quantidade de peixes, de muitos tipos, como os peixes do Grande Mar. 11 “Ali haverá brejos e pântanos, mas esses não serão curados. Serão abandonados ao sal. 12 “Todo tipo de árvores para alimento crescerá nas duas margens da corrente de água. Suas folhas não murcharão, e as árvores não deixarão de dar frutos. Elas produzirão novos frutos todo mês, porque são regadas pela água que sai do santuário. Seus frutos servirão de alimento, e suas folhas serão para cura.”

14 A visão indicava que Jeová restauraria sua adoração pura, conforme representada pelo templo que Ezequiel viu. Como o rio daquela visão, as dádivas de Deus para a vida fluiriam para o Seu povo em quantidades cada vez maiores. Desde que a adoração pura foi restaurada em 1919, Jeová tem abençoado seu povo com dádivas vitalizadoras. Como? Bíblias, publicações bíblicas, reuniões e congressos levam verdades vitais a milhões de pessoas. Por esses meios, Jeová lhes ensina sobre sua dádiva mais importante para a vida: o sacrifício de resgate de Cristo, que torna possível que todos os que realmente amam e temem a Deus tenham uma posição limpa perante ele e esperança de vida eterna. Assim, ao longo desses últimos dias, ao passo que o mundo está espiritualmente faminto, o povo de Jeová usufrui um banquete espiritual. — Isaías 65:13.
Isaías 65:13 Portanto, assim diz o Soberano Senhor Jeová: “Vejam! Os meus servos comerão, mas vocês passarão fome. Os meus servos beberão, mas vocês passarão sede. Os meus servos se alegrarão, mas vocês passarão vergonha.

15. Em que sentido a bondade de Jeová fluirá para a humanidade durante o Reinado Milenar de Cristo?


15 Mas o rio da visão de Ezequiel não vai parar de correr quando este velho sistema chegar ao fim. Pelo contrário, ele fluirá com ímpeto ainda maior durante o Reinado Milenar de Cristo. Então, por meio do Reino messiânico, Jeová aplicará o pleno valor do sacrifício de Jesus, elevando gradativamente a humanidade fiel à perfeição. Como exultaremos então por causa da bondade de Jeová!

Facetas adicionais da bondade de Jeová


16. Como a Bíblia mostra que a bondade de Jeová inclui outras qualidades, e quais são algumas dessas?


16 A bondade divina envolve mais do que generosidade. Deus disse a Moisés: “Eu mesmo farei toda a minha bondade passar diante da tua face e vou declarar diante de ti o nome de Jeová.” Mais adiante o relato diz: “Jeová ia passando diante da sua face e declarando: ‘Jeová, Jeová, Deus misericordioso e clemente, vagaroso em irar-se e abundante em benevolência e em verdade.’” (Êxodo 33:19; 34:6) Assim, a bondade de Jeová inclui várias qualidades excelentes. Vamos analisar só duas delas.
Êxodo 33:19 Ele respondeu: “Farei toda a minha bondade passar diante de você e vou declarar diante de você o nome de Jeová. E mostrarei favor a quem eu mostrar favor, e terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia.”
Êxodo 34:6 Jeová passou diante dele, declarando: “Jeová, Jeová, Deus misericordioso e compassivo, paciente e cheio de amor leal e de verdade,

17. Como Jeová lida com meros humanos imperfeitos, e que qualidade faz com que ele aja assim?


17 “Clemente.” Essa qualidade de Jeová faz com que ele seja educado e acessível ao lidar com suas criaturas. Em vez de ser grosseiro, frio ou tirânico, como muitas vezes são os que detêm poder, Jeová é gentil e bondoso. Por exemplo, Jeová disse a Abrão: “Levanta os teus olhos, por favor, e olha desde o lugar onde estás, para o norte, e para o sul, e para o leste, e para o oeste.” (Gênesis 13:14) Muitas traduções omitem a expressão “por favor”. Mas eruditos bíblicos afirmam que a fraseologia usada no hebraico original inclui uma partícula que transforma uma ordem em um pedido educado. Há outras ocorrências semelhantes. (Gênesis 31:12; Ezequiel 8:5) Imagine só: o Soberano do Universo diz “por favor” a meros humanos! Num mundo onde a grosseria, a agressividade e a descortesia são a norma, não é reanimador lembrar-nos de que o nosso Deus clemente, Jeová, é educado e acessível?
Gênesis 13:14 Jeová disse a Abrão, depois de Ló ter se separado dele: “Levante os olhos, por favor; do lugar onde você está, olhe para o norte, para o sul, para o leste e para o oeste,
Gênesis 31:12 Ele continuou: ‘Levante os olhos, por favor, e veja que todos os bodes que fecundam o rebanho são listrados, pintados e malhados, pois tenho visto tudo o que Labão está fazendo a você.
Ezequiel 8:5 Então ele me disse: “Filho do homem, por favor, levante os olhos para o norte.” De modo que levantei os olhos para o norte, e ali, ao norte do portão do altar, na entrada, estava aquele símbolo do ciúme.

18. Em que sentido Jeová é “abundante em . . . verdade”, e por que essas palavras são reanimadoras?


18 “Abundante em . . . verdade.” A desonestidade é comum no mundo hoje. Mas a Bíblia nos lembra: “Deus não é homem para mentir.” (Números 23:19) De fato, Tito 1:2 diz que “Deus . . . não pode mentir”. Ele é bom demais para isso. Assim, as promessas de Jeová são completamente dignas de confiança; sua palavra sempre se cumpre. Ele é até mesmo chamado de “Deus da verdade”. (Salmo 31:5) Além de não mentir, ele transmite uma abundância de verdades. Não é reservado, fechado ou cheio de segredos; pelo contrário, ele generosamente usa sua infindável sabedoria para dar esclarecimentos aos seus servos fiéis. Ele até mesmo os ensina a viver de acordo com as verdades que transmite, de modo que possam continuar “andando na verdade”. (3 João 3) Que efeito a bondade de Jeová deveria ter em cada um de nós?
Números 23:19 Deus não é um homem para mentir,Nem um filho de homem para mudar de ideia. Quando ele diz algo, será que não faz? Quando ele fala, será que não cumpre?
Tito 1:2 e se baseia numa esperança de vida eterna que Deus, que não pode mentir, prometeu muito tempo atrás
Salmo 31:5 5 Às tuas mãos confio o meu espírito. Tu me resgataste, ó Jeová, Deus da verdade.
3 João 3 Pois eu me alegrei muito quando os irmãos vieram e deram testemunho de que você se apega à verdade, de que continua andando na verdade.

Clique na imagem para Baixar informações completas em arquivos digitais para Computador, Tablet computer, Smartphone

Baixar informações para o estúdio pessoal para Computador, Tablet computer, Smartphone

Baixar informações para o estúdio pessoal para Computador, Tablet computer, Smartphone