sábado, fevereiro 07, 2015

Reunião de Serviço: Semana de 9 de fevereiro

ADS

Reunião de Serviço: informações para o estudo pessoal

15 min: “Por que temos de ser ‘zelosos de obras excelentes’?”

Consideração, com participação da assistência. Inclua comentários de A Sentinela de 1.° de junho de 2002, página 23, parágrafos 17-19.

Por que temos de ser ‘zelosos de obras excelentes’?

Você é “zeloso de obras excelentes”? Como pregadores do Reino, temos todos os motivos para fazer o que é bom. Por quê? Veja o que Tito 2:11-14 diz:
• Versículo 11: O que é “a benignidade imerecida de Deus”? Como essa qualidade de Deus ajuda a cada um de nós? — Rom. 3:23, 24.
• Versículo 12: Como a benignidade imerecida de Deus nos ‘instrui’?
• Versículos 13 e 14: Agora que fomos purificados, que esperança temos? E qual é o objetivo principal de termos sido purificados dos “desejos mundanos”?
• Como esses versículos incentivam você a ser mais “zeloso de obras excelentes”?

Tito 2:11-14 Porque se manifestou a benignidade imerecida de Deus, que traz salvação a toda sorte de homens, 12 instruindo-nos a repudiar a impiedade e os desejos mundanos, e a viver com bom juízo, e justiça, e devoção piedosa no meio deste atual sistema de coisas, 13 ao passo que aguardamos a feliz esperança e a gloriosa manifestação do grande Deus e [do] Salvador de nós, Cristo Jesus, 14 que se entregou por nós, a fim de nos livrar de toda sorte de [coisa] que é contra a lei e purificar para si mesmo um povo peculiarmente seu, zeloso de obras excelentes.
Tito 2:11 Porque se manifestou a benignidade imerecida de Deus, que traz salvação a toda sorte de homens,
Rom. 3:23, 24 Pois todos pecaram e não atingem a glória de Deus, 24 e é como dádiva gratuita que estão sendo declarados justos pela benignidade imerecida dele, por intermédio do livramento pelo resgate [pago] por Cristo Jesus.
Tito 2:12 instruindo-nos a repudiar a impiedade e os desejos mundanos, e a viver com bom juízo, e justiça, e devoção piedosa no meio deste atual sistema de coisas,
Tito 2:13, 14 ao passo que aguardamos a feliz esperança e a gloriosa manifestação do grande Deus e [do] Salvador de nós, Cristo Jesus, 14 que se entregou por nós, a fim de nos livrar de toda sorte de [coisa] que é contra a lei e purificar para si mesmo um povo peculiarmente seu, zeloso de obras excelentes.

***w02 1/6 p. 23 Um povo purificado para obras excelentes***

Purificado para obras excelentes

17. Por que Jeová purificou o seu povo?
17 Certamente é uma bênção e uma proteção podermos, com a ajuda de Jeová, usufruir uma condição pura perante ele. (2 Coríntios 6:14-18) Contudo, reconhecemos também que Jeová nos purificou para um objetivo específico. Paulo disse a Tito que Cristo Jesus “se entregou por nós, a fim de nos livrar de toda sorte de coisa que é contra a lei e purificar para si mesmo um povo peculiarmente seu, zeloso de obras excelentes”. (Tito 2:14) Como povo purificado, em que obras devemos ser zelosos?
18. Como podemos mostrar que somos zelosos de obras excelentes?
18 Acima de tudo, devemos esforçar-nos a proclamar publicamente as boas novas do Reino de Deus. (Mateus 24:14) Por fazermos isso, oferecemos às pessoas em toda a parte a esperança de viverem para sempre numa Terra livre de todo tipo de poluição. (2 Pedro 3:13) Nossas obras excelentes incluem também mostrar os frutos do espírito de Deus em nossa vida diária, glorificando assim nosso Pai celestial. (Gálatas 5:22, 23; 1 Pedro 2:12) E não nos esquecemos daqueles que não estão na verdade e que talvez sofram desastres naturais ou tragédias pessoais. Temos em mente a admoestação de Paulo: “Realmente, então, enquanto tivermos tempo favorável para isso, façamos o que é bom para com todos, mas especialmente para com os aparentados conosco na fé.” (Gálatas 6:10) Todos estes serviços, prestados com motivação pura, agradam a Deus. — 1 Timóteo 1:5.
19. Que bênçãos nos aguardam se continuarmos a manter uma elevada norma de limpeza física, moral e espiritual?
19 Como servos do Altíssimo, tomamos a peito as palavras de Paulo: “Eu vos suplico, irmãos, pelas compaixões de Deus, que apresenteis os vossos corpos como sacrifício vivo, santo e aceitável a Deus, um serviço sagrado com a vossa faculdade de raciocínio.” (Romanos 12:1) Continuemos a dar valor ao privilégio de sermos purificados por Jeová e façamos o máximo para manter uma norma elevada de limpeza física, moral e espiritual. Isto não só nos dará amor-próprio e satisfação agora, mas também a perspectiva de ver o fim das “coisas anteriores” — o atual sistema iníquo e imundo — quando Deus ‘fizer novas todas as coisas’. — Revelação (Apocalipse) 21:4, 5.

parágrafo 17 2 Cor. 6:14-18 Não vos ponhais em jugo desigual com incrédulos. Pois, que associação tem a justiça com o que é contra a lei? Ou que parceria tem a luz com a escuridão? 15 Além disso, que harmonia há entre Cristo e Belial? Ou que quinhão tem o fiel com o incrédulo? 16 E que acordo tem o templo de Deus com os ídolos? Pois nós somos templo dum Deus vivente; assim como Deus disse: “Residirei entre eles e andarei entre [eles], e eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo.”17 “‘Portanto, saí do meio deles e separai-vos’, diz Jeová, ‘e cessai de tocar em coisa impura’”; “‘e eu vos acolherei’”. 18 “‘E eu serei pai para vós e vós sereis filhos e filhas para mim’, diz Jeová, o Todo-poderoso.”
parágrafo 17 Tito 2:14 que se entregou por nós, a fim de nos livrar de toda sorte de [coisa] que é contra a lei e purificar para si mesmo um povo peculiarmente seu, zeloso de obras excelentes.
parágrafo 18 Mat. 24:14 E estas boas novas do reino serão pregadas em toda a terra habitada, em testemunho a todas as nações; e então virá o fim.
parágrafo 18 2 Ped. 3:13 Mas, há novos céus e uma nova terra que aguardamos segundo a sua promessa, e nestes há de morar a justiça.
parágrafo 18 Gál. 5:22, 23 Por outro lado, os frutos do espírito são amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, 23 brandura, autodomínio. Contra tais coisas não há lei.
parágrafo 18 1 Ped. 2:12 Mantende a vossa conduta excelente entre as nações, para que, naquilo em que falam de vós como de malfeitores, eles, em resultado das vossas obras excelentes, das quais são testemunhas oculares, glorifiquem a Deus no dia da [sua] inspeção.
parágrafo 18 Gál. 6:10 Realmente, então, enquanto tivermos tempo favorável para isso, façamos o que é bom para com todos, mas especialmente para com os aparentados [conosco] na fé.
parágrafo 18 1 Tim. 1:5 Realmente, o objetivo desta ordem é o amor proveniente dum coração puro, e duma boa consciência, e duma fé sem hipocrisia.
parágrafo 19 Rom. 12:1 Conseqüentemente, eu vos suplico, irmãos, pelas compaixões de Deus, que apresenteis os vossos corpos como sacrifício vivo, santo [e] aceitável a Deus, um serviço sagrado com a vossa faculdade de raciocínio.
parágrafo 19 Apo. 21:4, 5 E enxugará dos seus olhos toda lágrima, e não haverá mais morte, nem haverá mais pranto, nem clamor, nem dor. As coisas anteriores já passaram.” 5 E O que estava sentado no trono disse: “Eis que faço novas todas as coisas.” Ele diz também: “Escreve, porque estas palavras são fiéis e verdadeiras.”

Baixar informações completas em arquivos digitais para Computador, Tablet computer, Smartphone


Baixar informações para o estúdio pessoal para Computador, Tablet computer, Smartphone

Baixar informações para o estúdio pessoal para Computador, Tablet computer, Smartphone

Conteúdo recomendado