Estudo Bíblico de Congregação – Semana de 11 de maio

Informações de estudo para o livro: Achegue-se a Jeová

CAPÍTULO 24

NADA PODE “NOS SEPARAR DO AMOR DE DEUS”

Jeová procura o que temos de bom

11. Ao analisar o modo como Jeová lidou com Abias, o que aprendemos sobre nosso Criador?

11 Terceiro, quando Jeová nos examina, ele procura cuidadosamente o que temos de bom. Por exemplo, quando decretou que toda a dinastia apóstata do Rei Jeroboão fosse executada, Ele ordenou que Abias, um dos filhos do rei, recebesse um enterro decente. Por quê? “Nele se achou algo de bom para com Jeová, o Deus de Israel.” (1 Reis 14:1, 10-13) Jeová, na verdade, examinou o coração daquele jovem e encontrou “algo de bom” nele. Talvez se tratasse de muito pouca bondade, mas mesmo assim Deus considerou apropriado registrar isso na sua Palavra. Ele até recompensou aquele único membro de uma família apóstata, mostrando-lhe a misericórdia que julgou apropriada.
parágrafo 11 1 Reis 14:1 Naquele tempo específico adoeceu Abias, filho de Jeroboão.
parágrafo 11 1 Reis 14:10-13 por esta razão, eis que trago calamidade sobre a casa de Jeroboão, e certamente deceparei de Jeroboão aquele que urina contra o muro, o incapacitado e o rejeitado em Israel; e farei deveras uma varredura atrás da casa de Jeroboão, assim como se varre o esterco até se dar cabo dele. 11 Quem de Jeroboão morrer na cidade, os cães devorarão, e quem morrer no campo, as aves dos céus comerão, porque o próprio Jeová o falou.”’ 12 “E tu mesma, levanta-te, vai para a tua casa. Quando os teus pés entrarem na cidade, a criança certamente morrerá. 13 E todo o Israel deveras o lamentará e o enterrará, porque só este de Jeroboão entrará numa sepultura, visto que nele se achou algo de bom para com Jeová, o Deus de Israel, na casa de Jeroboão.

12, 13. (a) Como o caso do Rei Jeosafá mostra que Jeová procura o que temos de bom mesmo quando pecamos? (b) No que se refere a nossas boas obras e qualidades, em que sentido Jeová age como um Pai amoroso?

12 Há um exemplo ainda mais positivo: o do bom Rei Jeosafá. Quando ele cometeu um ato tolo, o profeta de Jeová lhe disse: “Por isso há indignação contra ti da parte da pessoa de Jeová.” De fato, palavras preocupantes! Mas a mensagem de Jeová não parou por aí. Acrescentou: “Não obstante, acharam-se boas coisas contigo.” (2 Crônicas 19:1-3) De modo que, apesar de sua ira justa, Jeová não ficou cego para com a bondade de Jeosafá. Como isso é diferente do modo como agem os humanos imperfeitos! Quando ficamos aborrecidos com outros, nossa tendência é desconsiderar o que eles têm de bom. E, quando pecamos, o desapontamento, a vergonha e a culpa que sentimos nos fazem esquecer das boas qualidades que nós mesmos temos. Lembre-se, porém, de que, se nos arrependermos de nossos pecados e fizermos bastante esforço para não repeti-los, Jeová nos perdoará.
parágrafo 12 2 Crô. 19:1-3 Jeosafá, rei de Judá, voltou então em paz à sua própria casa em Jerusalém.2 Jeú, filho de Hanani, o visionário, saiu então diante dele e disse ao Rei Jeosafá: “É ao iníquo que se deve dar ajuda e é aos que odeiam a Jeová que deves amar? E por isso há indignação contra ti da parte da pessoa de Jeová. 3 Não obstante, acharam-se boas coisas contigo, por teres eliminado do país os postes sagrados e teres preparado teu coração para buscar o [verdadeiro] Deus.”

13 Quando nos examina, Jeová põe de lado esses pecados, mais ou menos como um minerador à procura de ouro descarta o cascalho sem valor. E o que faz com nossas boas qualidades e obras? Ah, essas são as “pepitas” que ele guarda. Já notou que pais amorosos muitas vezes guardam os desenhos e trabalhos escolares dos filhos — às vezes por décadas, quando os filhos até já se esqueceram deles? Jeová é o Pai mais amoroso que existe. Se permanecermos fiéis, ele nunca se esquecerá de nossas boas obras e qualidades. De fato, ele consideraria uma injustiça esquecer-se delas — e ele nunca é injusto. (Hebreus 6:10) Jeová também procura o que temos de bom de outra maneira.
parágrafo 13 Heb. 6:10 Pois Deus não é injusto, para se esquecer de vossa obra e do amor que mostrastes ao seu nome, por terdes ministrado aos santos e por continuardes a ministrar.

14, 15. (a) Por que nossas imperfeições não impedem Jeová de notar o que temos de bom? Ilustre isso. (b) O que Jeová fará com as coisas boas que achar em nós, e como ele encara seu povo fiel?

14 Em vez de se concentrar em nossas imperfeições, Jeová vê o nosso potencial. Para ilustrar: os amantes da arte não medem esforços para restaurar pinturas ou outras obras seriamente danificadas. Por exemplo, quando alguém danificou com uma espingarda um esboço de Leonardo da Vinci, avaliado em mais de 30 milhões de dólares, na Galeria Nacional, em Londres, ninguém sugeriu que o desenho fosse jogado fora só porque estava danificado. O trabalho de restauração da obra-prima de quase 500 anos começou imediatamente. Por quê? Porque ela era preciosa para os amantes da arte. Será que você não vale mais do que um desenho a giz e carvão? Aos olhos de Deus, sem dúvida vale — não importa quanto a imperfeição herdada o tenha danificado. (Salmo 72:12-14) Jeová Deus, o perito Criador da família humana, fará o que for preciso para restabelecer à perfeição todos os que corresponderem ao seu cuidado amoroso. — Atos 3:21; Romanos 8:20-22.
parágrafo 14 Sal. 72:12-14 Pois livrará ao pobre que clama por ajuda, Também ao atribulado e a todo aquele que não tiver ajudador. 13 Terá dó daquele de condição humilde e do pobre, E salvará as almas dos pobres.14 Resgatará sua alma da opressão e da violência, E o sangue deles será precioso aos seus olhos.
parágrafo 14 Atos 3:21 a quem o céu, deveras, tem de reter até os tempos do restabelecimento de todas as coisas, das quais Deus falou por intermédio da boca dos seus santos profetas dos tempos antigos.
parágrafo 14 Rom. 8:20-22 Porque a criação estava sujeita à futilidade, não de sua própria vontade, mas por intermédio daquele que a sujeitou, à base da esperança 21 de que a própria criação também será liberta da escravização à corrupção e terá a liberdade gloriosa dos filhos de Deus. 22 Pois sabemos que toda a criação junta persiste em gemer e junta está em dores até agora.

15 É evidente que Jeová vê o que cada um de nós tem de bom, mesmo que nós não vejamos isso. E à medida que o servirmos, ele fará com que aquilo que temos de bom aumente até que, por fim, alcancemos a perfeição. Não importa como o mundo de Satanás tenha nos tratado, Jeová considera seus servos fiéis como desejáveis, ou preciosos. — Ageu 2:7, nota, NM com Referências.
parágrafo 15 Ageu 2:7 “‘E vou fazer tremer todas as nações, e terão de entrar as coisas desejáveis de todas as nações; e eu vou encher esta casa de glória’, disse Jeová dos exércitos.

Clique na imagem para Baixar informações completas em arquivos digitais para Computador, Tablet computer, Smartphone

Baixar informações para o estúdio pessoal para Computador, Tablet computer, Smartphone

Baixar informações para o estúdio pessoal para Computador, Tablet computer, Smartphone