Pesquisar conteúdo aqui

Custom Search

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Fisiocracia… Fisiologia… Fissão… Fisiopatologia… Fisioterapia… Conceitos › Multiposts

Dicionário de Definições, Conceitos e Significados

Definiçaõ e Conceito:

  • Definição de imposto
  • Definição de física
  • Definição de fisicalismo
  • Definição de Fisiocracia
  • Definição de Fisiologia
  • Definição de fissão
  • Definição de fisiopatologia
  • Definição de fisioterapia
  • Definição de fístula

Definição de imposto

O imposto da palavra tem mais do que uma referência na nossa língua. Por um lado, tudo próprio ou associado ao tesouro, para o tesouro, é referido é genericamente como promotor de justiça. Enquanto isso, o tesouro é composto de uma série de órgãos que compõem o governo de uma nação e lidar especialmente com a gerenciar e organizar os fundos e depositá-los nas caixas da nação em questão. Também dentro do tesouro são ferramentas que você tem o estado para gerir e aumentar os impostos. O tesouro ou tesouraria depende do Ministério da economia, mas claro, pode haver variações dependendo da organização política. E, por outro lado, a pedido da justiça, o Ministério público é o funcionário público que, em um processo judicial, tem uma responsabilidade e obrigação de representar o estado, encarregando-se de dirigir a investigação criminal que corresponde e a acusação nos tribunais. Ou seja, o promotor é o partido repressivas no processo. Entretanto, a defesa é oposta do promotor de Justiça, uma vez que é responsável por representar os interesses do acusado pelo Ministério público. Neste sentido, é importante mencionar que o Ministério público não é um advogado, é um advogado do estado, representa para ele, o réu, se não tiver um, você será designado ex-officio. Quando ocorre um ilícito, corresponde ao Ministério para juntar provas relevantes para depois ser apresentado ao juiz, que decidirá o destino da pessoa ou grupo que o promotor designado como responsável pelo crime. Cada organização judiciária tem um grande número de promotores de Justiça que exerce sua função no lugar jurisdicional que tenha sido atribuído, ou seja, um promotor que não tenha sido designado a uma zona pode não atender o caso por um problema de concorrência, exceto que uma autoridade assim o decida. Observe que o promotor também geralmente é chamado como: agente do escritório do Ministério público, promotor fiscal, advogado tributarista e agente fiscal. Para ter acesso ao escritório do Procurador é seno quanom estudando e se formando na carreira de direito. Caso é que o Ministério público é um advogado.

Definição de física

A física é a ciência factual que estuda as verdades da ordem da natureza. Sendo o vasto assunto, física consiste de uma série de teorias Central que assumir mais áreas delimitadas: em primeiro lugar, temos a mecânica clássica que trata do estudo dos corpos à escala macroscópica, bem como movimentos para velocidades abaixo da luz; a teoria da relatividade, que levam ao estudo do espaço e do tempo em termos relativos; termodinâmica, que é baseada no estudo do calor como uma forma de energia; eletromagnetismo, que estuda as partículas carregadas de eletricidade e magnetismo; estudo de cinética de corpos em movimento; e finalmente, a mecânica quântica, estudando os dois sistemas atômicos como radiação subatômico, bem como eletromagnética. A física é a ciência que estuda os corpos, seja qual for seu estado (líquido, gasoso ou sólido) em relação a outros órgãos e processos que podem ocorrer no (movimentos, deformações, aplicação de força, entre outros). Física, como matemática, é uma ciência exata, já que um único resultado esperado antes de uma operação realizada. Pode haver mais de um resultado para uma operação física. Por esta razão, a física usa os métodos indutivos, na medida em que tais operações são refletidas em tal resultado (no resultado e não em outro). As primeiras reflexões relacionadas com o que hoje é chamado de física devem olhar na antiguidade. Já nos primeiros anos de nossa era, Ptolemy vai escrever um tratado astronômico chamado Almogesto, no qual ele afirmou que a terra é o centro do universo e as estrelas giram em torno dele. Além da miopia que pode ser atribuída, a verdade é que ele teve uma importante influência por um tempo, até Copérnico público sua teoria heliocêntrica, em seguida, validado pelas experiências de Galileo Galilei. Essas contribuições devem adicionar Brahe e Kepler sobre o movimento que têm planetas. Porém foi Newton que estabeleceu leis de extraordinária importância em sua obra matemática Philosophiae Naturalis Principia. Os momentos posteriores de importância ocorreram no século XVIII, com a formulação da termodinâmica, no século XIX com o eletromagnetismo e, finalmente, no século XX, com a teoria da relatividade introduzida por Albert Einstein e a teoria quântica desenvolvida tanto por esse Bohr e Planck. Física é usada em outras áreas como a mecânica automotiva, Eletromecânica, indústria de produção de aparelhos, vário engenharia (tecnologia nuclear, agronômica, alimentos, eletrônicos, entre outros). É claro que nestas áreas de estudo, que as teorias são muito mais específicas do que aquelas conteúdo básico da física que tivemos na época da escola. O desafio atual da física é desenvolver uma teoria que integram todos os já mencionados. No momento muitas expectativas foram criadas em torno da teoria das supercordas, embora ainda uma maneira muito tanto que que é aceito pela comunidade científica como uma teoria unificadora. A física é uma das disciplinas que cada ano tem um prêmio Nobel e neste sentido, é coroado como os cientistas pesquisadores vencedor aquele (ou aqueles) que inovarem com suas descobertas ou teorias na vanguarda da disciplina. Estas descobertas ou desenvolvimentos são a melhoria de uma área específica ou uma descoberta que permitirá a otimização de processos industriais ou de produção.

Definição de fisicalismo

A essência da doutrina filosófica de fisicalismo é materialismo como só entidade real. Portanto, a questão é a única substância da realidade. Cada objeto material é determinado por algumas características físicas do sujeito, mas não há nada além. A tese principal do fisicalismo é tal que o físico tem tanto poder que até mesmo os processos mentais pode ser explicado pelo contexto do Reino físico.

Fisicalismo e materialismo, analisando as ausências espirituais e dos direitos das pessoas

Materialismo deriva também na ausência de crença na espiritualidade, ou seja, na crença de uma realidade intangível. Deste ponto de vista, para cancelar a idéia da existência de Deus, fisicalismo também examina os processos mentais na ausência do valor da liberdade pessoal, conhecimento e tomada de decisão poderiam ser interpretados do avião das leis físicas que governam o universo material. A teoria do conhecimento da doutrina em si fisicalista exalta o valor do empírico e experimental, desde que o físico é observável, quantificável e mensurável. Deste ponto de vista, realmente certas verdades são aquelas que podem ser demonstrada do ponto de vista da observação direta dos fatos que definem a realidade. Do ponto de vista, colocar tanta ênfase no valor da mercadoria como a essência da realidade, define uma profunda reflexão sobre o debate sobre o corpo-mente.

Esta escola de filosofia tem duas teses principais:

o fisicalismo afirma que todos os problemas científicos são susceptíveis de ser reduzido para demonstrações de físicas. 2 metafísica não tem valor, por outro lado, a física torna-se a ciência que rege a compreensão da realidade e conhecimento.

Pontos de vista contra, refletindo mais do que o corpo humano

Aqueles que são contrários a tese de fisicalismo refletem sobre os aspectos espirituais da existência humana, ou seja, existem detratores que eles são posicionados na idéia de que a pessoa não é só questão, como mostrado por sua moral valores, seus sentimentos, suas emoções, seus sonhos para o futuro, os desejos do seu coração... Por outro lado, há também críticos de fisicalismo que refletem sobre o grande mistério da vida e da morte. No entanto, a atual fisicalista responder que até mesmo os pensamentos da pessoa podem ser explicados a partir de um processo químico.

Definição de Fisiocracia

A Fisiocracia, também conhecido como o Fisiocratismo, é um sistema econômico típico do século XVIII, que foi marcado por atribuída exclusivamente à natureza a origem da riqueza, Considerando que a agricultura a principal atividade econômica e produzindo o mesmo. Também, é designado como Fisiocracia, a escola de pensamento econômico, fundada na França no século XVIII pelos economistas franceses: Anne Robert Jacques Turgot, Barão de Laune, François Quesnay e Pierre Samuel du Pont de Nemours. De acordo com esta escola, o bom desempenho econômico de uma nação seria garantido sem a intervenção de qualquer governo e se é estritamente baseado na agricultura, porque de acordo com esses pensadores, apenas em atividades agrícolas natureza permite que o produto pode ser maior do que os insumos utilizados no processo de produção, produzindo este excedente de maneira econômica. Fisiocracia, diretamente considerado estéril propostas como a fabricação e comércio, em que a apreensão seria insuficiente para repor as entradas usadas. Note que o sistema proposto pela Fisiocracia é resumido no conceito de laissez faire, expressão francesa popular referindo-se deixa fazer, deixar ir, expressando a liberdade completa da economia, ou seja, livre mercado, livre de fabricação, baixa ou nula tributação, mercado de trabalho livre, intervenção mínima do governo. A principal causa para a qual surge a Fisiocracia é uma reação intelectual para o político econômica predominante concepção que ele enviou: corporativo e intervencionista. Os fisiocratas, referido aqueles que professam a sua ligação com a Fisiocracia, acreditam que a participação atenta dos intermediários nos estágios do processo de produção e distribuição de mercadorias contra o nível de prosperidade e de produção econômica. E outra perna crucial do pensamento Fisiocrata é a crença de que a riqueza de uma nação absolutamente vem da sua própria capacidade de produção e não as riquezas acumuladas, a mando do comércio internacional.

Definição de Fisiologia

Fisiologia é a ciência biológica que lida com o estudo das funções orgânicas dos seres orgânicos. O que faz desta disciplina é conhecer os princípios das ciências exatas e ir dando sentido para as inter-relações e interações dos elementos básicos que compõem um ser vivo, com os seus arredores, explicando também o motivo para as diferentes situações em que esses elementos podem ser encontrados. Para seu estudo, baseia-se não só em conceitos como vinculado para os seres vivos, tais como as leis da termodinâmicas, de eletricidade, gravidade, tempo, entre outros. De qualquer forma e nas contas finais todas as teorias em fisiologia atenderá o mesmo objectivo, que é ninguém menos que tornam compreensíveis processos e funções do ser vivo e todos os elementos que compõem, em diferentes níveis. Existem três tipos de fisiologia que lidam com o tipo de ser questão ao vivo: fisiologia vegetal, fisiologia humana e Fisiologia Animal. A fisiologia vegetal estuda a operação e o comportamento dos órgãos e tecidos vegetais das plantas. E por outro lado, a fisiologia humana lida com estudar as funções inerentes a organismos multicelulares. Muitos aspectos do presente estão intimamente ligados à Fisiologia Animal, ou seja, muitas das informações obtidas até agora é em grande parte devido a experimentação que constantemente é feita em animais. O principal aliado de Fisiologia acaba por ser a sua anatomia, ambos são campos que se alimentam um do outro, enquanto a segunda lida com as formas, a primeira examina a função que exibe cada parte do corpo e articulações acabam sendo fundamentais para o conhecimento médico geral. O corpo humano é formado por células, estas por sua vez compõem tecidos, estes órgãos e estes, ao mesmo tempo, os aparelhos, compondo todos os diferentes sistemas que mantêm o corpo de uma pessoa viva, o sistema respiratório, sistema circulatório, o sistema nervoso, gastrointestinais, entre outros. Entretanto, a homeostase é uma das condições para estudar e controlar fisiologistas humanas para descrever e explicar as condições estáticas ou constantes do ambiente interno. Porque qualquer órgão ou tecido do corpo humano funções que ajudam a manter o corpo constante algo vital condições realmente exibe. Por exemplo, os pulmões são acusados de manter esse registro, usando o consumo de oxigênio que cada ser precisa para viver. Como resultado dos diferentes tipos de células, órgãos e sistemas que consideramos os seres humanos, existem várias especialidades, tais como fisiologia: Fisiologia da audição, fisiologia cardíaca, fisiologia celular, fisiologia renal, fisiologia do cheiro, fisiologia reprodutiva, fisiologia respiratória, entre outros.

Definição de fissão

A mando de física nuclear, que é o ramo da física que se dedica à análise das reações e características correspondentes para os núcleos atômicos, fissão chamado a reação nuclear, o núcleo de um átomo pesado é dividido em dois ou mais núcleos de elementos mais leves e apresentando uma enorme liberação de energia. Nota que a fissão de núcleos pesados é um processo exotérmico, situação que traz sobre a liberação de quantidades significativas de energia, por exemplo, o processo gera muito mais energia em relação ao que é liberada em reações químicas convencionais, entretanto, a energia é transmitida sob a forma de radiação gama ou energia cinética dos fragmentos de fissão que tornam-se commodity quente que é em torno do espaço onde ocorre o mesmo. Existem vários métodos através dos quais pode ser induzida por fissão, incluindo do bombardeio do núcleo de um átomo fissionável com uma partícula de energia corretos. A outra partícula é geralmente um neutrão livre, que é absorvido pelo núcleo tornando-se instável, então, por essa instabilidade vai acabar dividindo em duas ou mais peças. Produtos resultantes da fissão nuclear são altamente radioativos, portanto, é necessário tomar precauções do caso para evitar acidentes ou complicações futuras. A fissão nuclear dos átomos de loa tornou-se uma realidade no ano 1938 graças à pesquisa de cientistas Otto Hahn e Lise Meitner, Friedrich Wilhelm "Fritz" Straßmann. Mesmo, Hahn recebeu o prêmio Nobel de química por sua descoberta a este respeito, no ano de 19Um conceito ligado a fissão é a reação em cadeia, tal situação acontece quando um evento de fissão começa lançado dois a três nêutrons em média como subprodutos, entretanto, a fuga de nêutrons em diferentes direções aleatoriamente e em que forma atingimos outros núcleos, incentivando-os a sofrer fissão.

Definição de fisiopatologia

A fisiopatologia é um ramo da medicina dedicada ao estudo dos mecanismos pelos quais doenças diferentes, surgem permitir acontecer explicar os sintomas e as diversas manifestações que o acompanham. Isso está diretamente relacionado com a fisiologia que é a ciência que estuda e descreve a forma como os vários processos são realizados em seres humanos de forma normal, mas em contraste com isto, a fisiopatologia descreve como como esses processos de mudança no corpo. A fisiopatologia é de grande importância para a prática da medicina, que permite a compreensão dos mecanismos subjacentes doenças que indica a maneira específica de tratá-los, ignorância desses mecanismos leva a que os sintomas são tratados empiricamente limitado apenas para controlar os sintomas sem fazer nada para a causa que está a causar-lhes. História natural da doença tem uma forma de surgir e evolui-lo é dono, se ele não deveria manter qualquer intervenção ou tratamento e ele continuam seu curso poderia estudar a "história natural da doença" que consiste em três fases: fase inicial. Cada doença tem um início de fase, que muitas vezes é referido como período de latência ou inicial, inclui as primeiras mudanças que ocorrem no corpo uma vez que ele começa a efeitos adversos inerentes a origem da doença até agora em que é manifestações iniciais. Geralmente este primeiro estágio curso assintomaticamente, ou seja, a menos que o paciente tem sintomas ou desconforto. Fase clínica. Depois seguiu a fase clínica em que constem das manifestações da doença, estes podem ocorrer de várias maneiras como pode ser continuamente, com convulsões ou episódios. Esta fase pode durar de alguns dias a muitos anos, quando a doença persiste por mais de seis meses passe conhecido como doenças crônicas também se apresentam com sintomas devido não só à doença subjacente, mas também suas complicações. Fase terminal. Esta fase é variável, em patologias de curso benigno doenças são curadas e o paciente recupera a saúde dele, em outras doenças, pode ocorrer uma série de danos que levam ao fracasso de qualquer órgão ou sistema que eventualmente levar à morte. Mecanismos principais, dando origem a doenças doenças surgem como resultado de vários tipos de transtornos, principalmente fatores ou problemas genéticos que afetam diretamente a algum processo, infecções, deficiências nutricionais, trauma, imunológico distúrbios e causa idiopática que correspondem a todos os processos que têm sem causa conhecida. Também é possível que algumas doenças causaram por erro médico, que é conhecido como iatrogênicas.

Definição de fisioterapia

Fisioterapia é uma ciência e técnica que utiliza agentes físicos e naturais para curar, prevenir e tratar doenças, ou seja, que, através da fisioterapia, é não só pode atender uma doença usando metodologias diferentes, tais como exercícios terapêuticos, massoterapia, hidroterapia, mecanoterapia, ultrasonotherapy ou eletroterapia, mas também realiza os testes relevantes para determinar e ter uma idéia geral da condição por exemplo, órgãos ou membros afetaram por ela e fornecem ajudas específicas de diagnósticos para monitorar a evolução do presente. Também, tal como acontece com outras práticas, tais como massagens, fisioterapia é uma técnica que é tantos antecedentes em civilizações mais antigas que habitavam este planeta e também aqueles que estão mais próximos de nós temporariamente. Por exemplo, na Mesopotâmia, ou antigo Egito o uso de agentes físicos em um momento tornou-se algo muito comum entre diferentes castas para aliviar certas condições ou doenças. Então e agora em momentos de civilizações pre-colombinas como ser o Aztec continuou desenvolvendo métodos terapêuticos, por exemplo, à base de água, os famosos banhos de vapor, continuar até hoje recomendar alguns avós e tias ou o não tão bom com o suor de cheiro do que por outro lado, banhos propôs a Maya. Mas que na verdade eram muito eficazes quando se trata de aliviar a dor. Fisioterapia é uma ciência que pode intervir em todos os processos patológicos dentro da vasta gama de especialidades médicas e de reabilitação, se o médico que é responsável pelo tratamento de um caso particular implica, naturalmente, sempre um profissional médico deve indicá-lo, caso contrário, obviamente, não é aconselhável submeter-se a qualquer uma dessas práticas. Assim, a obstetrícia, ginecologia, pediatria, Neurologia, gerontologia, Traumatologia, reumatologia, Cardiologia e Hematologia, entre outros, podem, se necessário, colocar suas mãos na fisioterapia como uma alternativa para a prevenção e o tratamento de qualquer condição. A característica singular que se manifesta a fisioterapia, então, é que é uma ciência que propõe entre sua metodologia usando elementos naturais não produz efeitos colaterais prejudiciais para a saúde do paciente que usa-lo para os seus males.

Definição de fístula

Entendemos por fístula dessa conexão ou União de não-normal para os parâmetros da medicina e da anatomia de duas ou mais partes do corpo, especialmente no que se refere a órgãos e tecidos. Fístulas podem vir de situações muito diferentes e causas, e enquanto alguns são especialmente gerados para curar uma condição perigosa, outros aparecem dos danos determinados órgãos ou tecidos presentes. Fístula é normalmente considerada um anormal pela situação de medicina desde que implica que o espaço que deve ser entre órgãos ou tecidos de acordo com os parâmetros da ciência não está presente. Esta anormalidade pode gerar transtornos importantes para quem sofre porque isso impede o correcto funcionamento das diferentes partes envolvidas e pode trazer algumas complicações de casos muito graves e dolorosas. É importante notar que a fístula geralmente é um fenômeno que ocorre naturalmente em algumas partes do corpo, que não precisa ser tratada para melhorar a qualidade de vida da pessoa. Isto mostra que uma das razões por que as fístulas podem ser geradas no corpo, que é da herança ou o código genético que um carrega ao nascer. Outras fístulas podem ser geradas por lesão ou infecção, caso em que a intervenção dos profissionais de saúde é mais urgente desde que falamos de uma situação artificial que foi causada por agentes externos e também pode gerar muitas complicações para manter no tempo. Casos típicos destas fístulas são lesões que podem ocorrer em situações de agressão física ou a utilização de diferentes substâncias que danificam o corpo. Finalmente, fístulas também podem ser geradas artificialmente quando eles ocorrem através da intervenção dos médicos, por exemplo, em uma cirurgia. Este é o único tipo de fístula que pode ser considerado positivo ou necessário uma vez que é feito para tentar resolver um problema existente.