Pesquisar conteúdo aqui

Custom Search

domingo, 13 de novembro de 2016

Aviso… Escassez… Cena… Estágio… Cenografia… Conceitos › Multiposts

Dicionário de Definições, Conceitos e Significados

Definiçaõ e Conceito:

  • Definição de aviso
  • Definição de escassez
  • Definição de cena
  • Definição de estágio
  • Definição de cenografia
  • Definição de cético
  • Definição de escravidão
  • Definição de escravidão
  • Definição de esclerose

Definição de aviso

O aviso mostra a lição de que adquiriu uma pessoa da sua própria experiência, esses escarmientos vindo para nossas vidas sob a forma de mensagens que recebemos uma reflexão valiosa. Adolescentes recebem muitas dicas por seus pais, mas nem sempre assistir a assertiva forma estas dicas. No entanto, se eles aprendem quando eles recebem um aviso e realizam eles tem sido errados.

Aprender com os erros

Na infância, este tipo de escarmientos pode ser removido de punições que ajudar as crianças a diferenciar entre o que é correto e o que não é, analisando as conseqüências dos atos. Na verdade, os pais e professores podem impor uma punição para os seus filhos e alunos através de ensinar as crianças uma lição específica através desta punição que deve ser justa e adequada para a idade que você tem. Por outro lado, também a mensagem de um castigo seja eficaz é importante para manter a autoridade e respeitá-lo.
Uma lição para ajudar você a compreender e esta consciência é muito importante. Uma pessoa de quem não escarmienta arrisca para continuar sempre a cometer os mesmos erros por não ter pensado sobre suas ações. Na fase adulta, auto-crítica é muito importante para ser capaz de refletir sobre os sucessos e erros pessoais. Mas para aprender essas lições, devemos fazer pausas em nosso caminho e parar para pensar. A pressa é muitas vezes uma das causas para que uma pessoa não escarmienta por ficar no nível da superfície das coisas.

O sabor agridoce do escarmientos

Um aviso é agridoce nível emocional. É doce pelas lições fornecidas e os ensinamentos que são ferramentas para a vida. Mas também é amargo, porque essa aprendizagem normalmente vem carregada com a dor que está causando a desilusão ou a assimilação de um erro no começo que causa um impacto emocional.
Os escarmientos são parte da vida, ou seja, qualquer um pode continuar a receber lições de viver mesmo quando é de setenta anos de idade. Lições que nos ajudam a ser mais sábio e mais consciente de como viver uma vida feliz.

Definição de escassez

Um fala de escassez quando prevalece um cenário de insuficiência de recursos do núcleo para atender às necessidades de um indivíduo, uma pessoa ou um grupo mais amplo, como uma sociedade, uma comunidade, entre outros.
A escassez é o resultado de vários fatores que poderiam ser agrupados em duas categorias, por um lado, o aumento da procura e, por outro lado pela redução ou esgotamento de fontes ou recursos.
No primeiro caso, podemos localizar a superpopulação ou um aumento significativo nos últimos anos e o aumento de capital de poder da média individual, enquanto no segundo grupo encontramos a cessação da produção em resultado de qualquer desastre natural ou produzida pela mão do homem e essas mudanças econômicas significativas que alteram os hábitos de gastos e consumo na mesma medida.
Embora, vale a pena fazer alguns esclarecimentos sobre o termo, uma vez que pode ser usada no sentido de que a falta daquilo que é necessário ou EU conta é insuficiente na forma em que é apresentado. Por exemplo: Infelizmente, nesta cidade, há uma escassez de serviços médicos.
E por outro lado, a escassez pode ser usada para descrever a falta de suficiente para cobrir as necessidades vitais e primárias como vestir, comer, estudar, receber cuidados de saúde; de alguma forma, seria como um sinônimo para a pobreza da palavra. Minha família está passando por um momento de escassez, não temos nem comer.
Também, a palavra é freqüentemente usada para se referir a mesquinhez de recursos ou esforço, quando se trata de determinado trabalho ou atividade. Hoje, sexta-feira há falta de vontade de trabalhar no escritório.
Por outro lado, a mando de biologia, quando falando de escassez na realidade é ele irá se referindo a raridade de algumas espécies. Portanto, estas espécies incomuns gozam da proteção do estado em que eles são evitar que eles são esgotados ou extinto. Locais, nacionais e até mesmo as leis internacionais deve garantir os direitos e a proteção de espécies raras que mencionou.

Definição de cena

É conhecido como cena para cada uma das partes que compõem uma peça, isso no caso do teatro, enquanto isso, no cinema e na televisão, é chamado de cena para a representação de uma situação particular que realizam os protagonistas de um filme ou programa de TV.
A cena então é uma parte essencial e um conceito amplamente utilizado e atual no mundo do cinema, teatro e televisão. Porque a cena, bem como a recriação de uma situação particular envolve a composição, de acordo com os requisitos da parte artística em questão, no palco no caso de teatro, ou o avião em cinema e televisão, ou seja, as partes interessadas que interagem, e que sem dúvida são as mais atraente que é contado não só olhar em uma cena , mas também vários elementos, tais como móveis, objetos, decoração, iluminação, maquiagem, figurinos, entre outros, também contribuirá para a definição e a criação de uma cena.
Geralmente encarregado de dirigir o trabalho dos atores em cada uma das cenas e marca ou registo de cada um destes, ou seja, seu início, seu fim, sua melhor formulação, interpretação, será o diretor, que é a totalidade do trabalho que irá ser então rompendo em pequenas peças ou cenas que terá em sua cabeça.

Definição de estágio

Cenário para a parte de um teatro ou espaço cultural em que ocorre que o evento cultural em sua própria direita é chamado. Este ato pode ser uma obra de teatro, uma ópera, um ballet, um concerto de diferentes tipos de música, mas também pode ser uma apresentação de prêmios ou qualquer evento que requer a exposição a um público específico. O cenário consiste em uma plataforma elevada e situa-se na frente da sala, no caminho da completa atenção do público. Sua altura permite que todos os participantes podem ver o que nela é representado de uma forma confortável.
O cenário é sem dúvida uma das partes mais importantes de qualquer teatro e centro cultural. Isto é onde grande parte das tarefas realizadas e onde todos os eventos são finalmente expostos ao público. Mais escusado será dizer que existem milhares de cenários diferentes em termos de tamanho, decoração ou arranjos, embora ele geralmente é mantido um estilo semelhante em tudo: a exposição direta da plataforma elevada. Muitas vezes você pode adicionar um cenário e outros elementos que contribuem para a criação de certas necessidades de clima especial de representação.
Cenários evoluíram muito neste momento e muitos eventos de tipo diferente optam por realizar-se em áreas onde o tradicional ajuste é alterado. Neste sentido, os cenários tradicionais hoje são substituídos pelos cenários de 360 °, que pode ser apreciado a partir de qualquer ponto de vista, permitindo uma experiência diferente de um ambiente tradicional. Isto é especialmente comum em eventos que desenvolver ao ar livre e que link para os artistas e o público de outras maneiras.
É importante notar que o próprio endereço é central para artistas ou aqueles que precisam de apresentar no palco usando o espaço de forma adequada, aproveitando toda a sua superfície, movendo-se da maneira mais conveniente e criando assim uma experiência totalmente inesquecível para os participantes.

Definição de cenografia

O conceito de paisagem é usado em nossa língua para designar a arte que consiste em projetar e montar uma decoração cênica, ou seja, aqueles que correspondem a mostra artística, tal é o caso de uma peça, um filme, um programa de TV, considerando, entre outros.
Também é chamado como cenário para o conjunto de decorações, consistindo de móveis, cortinas, luzes e vários objetos que têm a função de representar o lugar em que passe a cenas de um filme, um programa de TV, uma obra de teatro, entre outros, e que precisamente são montados em um aparelho de televisão, no palco ou em um set de filmagem.
Apresentações de teatro, filmes e todos os programas que são transmitidos pela televisão precisam a presença de um cenário para dar realismo à história, ou também também para trazer aqueles que envolvidos no ar de uma programação. Porque não só uma série de televisão exigirá um cenário, também, um noticiário, um programa de entretenimento ou um talk show exigido um cenário. Aqueles que correspondem a estas últimas transferências teve normalmente são bastante abstratos e têm mobília ou painéis que permitir aos condutores e participantes sentar-se ou colocados em lugares específicos.
A paisagem é muito importante a mando de qualquer programa, desde que não só ajuda para maior realismo de atributo para a história está dizendo, mas também em alguns casos acaba por ser uma parte cativante do público; por exemplo, esses mega shows que oferecem bandas famosas como os Rolling Stones e U2, o pôr do sol cênico oferece outro show aparte de que o público também está muito consciente. Inesquecível e impressionante tem sido nesse sentido o cenário das pedras durante a turnê do álbum pontes para a Babilônia, que se desenrolava apenas uma ponte no palco.
É interessante notar que, normalmente, uma peça, um filme ou um programa de TV requer mais de um conjunto, enquanto esta situação muitas vezes é resolvida de cenários para teatro, que permite rapidamente para o chão de atendente mudá-lo, ou painéis e paredes também são usadas.

Definição de cético

Dizemos que uma pessoa é cética quando tende a duvidar da verdade de algo. Sua atitude geralmente obedece a uma forma de ser, segundo a qual não é razoável aceitar algo como verdadeiro sem testes suficientes e mesmo com dados e cético suficiente pode manter suas dúvidas em relação a verdade. Esta atitude é mais do que uma inclinação de temperamento, porque há uma corrente intelectual e filosófica, baseada na dúvida, ceticismo.

Considerações sobre o ceticismo como uma abordagem filosófica

Cético, etimologicamente, vem do grego e significa, literalmente, para examinar cuidadosamente. Como uma abordagem geral, é parte de uma idéia: não há nenhum conhecimento absoluto sobre qualquer coisa. Portanto não é possível manter quaisquer critérios como final e seguro. Esta consideração foi realizada por alguns filósofos gregos do mundo antigo, singularmente por Pirro de Élis. Havia também a crítica da posição cética, como afirmou-se que é uma idéia contraditória: se nós não pode ter certezas de nada, porque temos a certeza de uma coisa, ou seja, que não temos certeza.
Na história da filosofia, existem duas grandes correntes, uma dogmática e outros céticos. Como o dogmatismo procura certeza racional sobre algum aspecto da realidade, o ceticismo é movimento oposto. De alguma forma, o pensador cético tenta questionar o excesso de confiança da razão ou da fé.
Exemplos de rivalidade entre as duas posições existem vários na história do pensamento: um prato de defender a verdade contra alguns sofistas que questionam isso ou racionalismo estabeleceu-se em alguns princípios sólidos de razão enfrentando o empirismo com uma atitude cética.
Os céticos tendem a defender o seguinte argumento: se há um conhecimento forte e seguras mudanças não ocorrem no conteúdo do conhecimento. Em outras palavras, a transformação do conhecimento é a prova de que não há nenhum conhecimento definitivo. Como resultado, o ceticismo dúvidas sobre a própria idéia de verdade. A este argumento, não céticos argumentam contrário: mudança no conhecimento é devido a busca permanente da verdade, para que haja uma verdade.
Alguns pensadores têm enfatizado a parte positiva do ceticismo, Considerando que um movimento que serve como um freio em qualquer forma de fanatismo ideológico. Por outro lado, outros argumentam que a atitude de dúvida permanente é perniciosa intelectualmente, humanamente é conveniente acreditar em algo e ter convicções fortes, porque caso contrário, nos tornamos indivíduos imergidos em dúvida e a inação.

Definição de escravidão

Uma relação baseada no domínio de violenta
A escravidão é uma relação que é estabelecida entre dois indivíduos, e que implica o domínio completo e absoluto em direção um do outro. Em geral, esse domínio é estabelecido da força, tornando-se o escravo um objeto ou a posse do proprietário, assim ele acaba perdendo não só sua liberdade se não também seu status como seres humanos e a dignidade.
Portanto, esta perda da dignidade é que a escravidão é uma das relações mais perversas que as pessoas têm mantido desde a antiguidade, especialmente nos casos em que o tratamento do mestre para escravo caracterizou-se pela violência e o abuso.
Escravidão ao longo da história
Especialmente característico e original do antigo Egipto, Médio Oriente, Grécia e Roma sociedades, escravidão, sobreviveu e poderia bem passada no século XIX e início 20 em algumas regiões do planeta.
Felizmente, as novas idéias, promovidas por movimentos que surgiram nestes tempos, que especialmente promover as liberdades individuais foram fundamentais quando se trata de pôr fim à relação de escravidão. Porque vamos dizer apenas que era uma prática comum das classes ricas tendo escravos quem executava tarefas domésticas e pesadas.
Escravidão toma a forma da convicção de que alguns indivíduos são lo suficientemente superior aos outros (usando argumentos tais como a história, a tradição, a raça ou a superioridade econômica) quanto subjuga-los e transformá-los em bens que devem atender os interesses e desejos daqueles que os possuem. Normalmente, a escravidão existiu na humanidade, no sentido de trabalho, explorando os escravos a fim de obter mais benefícios económicos seja qual for a situação específica. Escravos também foram utilizados como empregadas domésticas para a resposta direta de seus mestres.
Casos de escravidão na história da humanidade são muitas e estão sempre cheias de histórias, muito sangrentas e muito violentas, uma vez que eles representam a mais absoluta maus-tratos, abuso e difamação de indivíduos que sofrem. Muitos mestres acreditavam que somente através da submissão e força eles alcançaria a favor do escravo e a lealdade absoluta disso.
Tradicionalmente, os escravos foram também indivíduos que não podia manter para si próprios e que deve, em seguida, entregar sua liberdade que poderia mantê-los, ou prisioneiros de guerra dominadas por aqueles altamente militarizada das sociedades.
Um dos casos reconhecidos e representante da escravidão em todo o mundo tem sido o fenômeno que ocorreu com a colonização das Américas. Com isso, as potências européias estabeleceu-se no novo continente com escravos trazidos da África, nas piores condições e trabalharem sem qualquer lei ou reconhecimento. Incluindo estes colonos espanhóis foram capazes de se tornarem escravos aos nativos destas terras. Inicialmente convenceu-os de sua amizade e abnegação, no entanto, ao longo do tempo e com a descoberta das riquezas também foram submetidos, e muitos acabaram se tornando escravos.
Suficiente dos escravos
Então, o Iluminismo, a revolução francesa, trouxe nova vida aqui e então é que em muitos lugares do planeta, especialmente naquelas colônias que, na época, começou a lutar pela sua independência, decidiu abolir a escravidão.
escravidão do século XXI
Apesar de hoje em todo este estado de coisas, nós mencionamos parece que ele estava bem longe no tempo e que a escravidão é apenas uma lembrança ruim da história, devemos dizer que não é assim, infelizmente.
Apesar das conquistas sociais das minorias e dos avanços que foram alcançados em todos os sentidos nestes tempos, existem muitas partes do mundo que ainda estão usando a escravidão como nos tempos do mais remoto, quase como se os humanos não tinham evoluído social. Incrível mas real...
Devemos também mencionar que a escravidão evoluiu para práticas como o tráfico de mulheres e crianças, que são tomadas pelos personagens sem escrúpulos para explorá-las sexualmente e profissionalmente. Obviamente, mulheres crianças e desfavorecidos são mais propensos a cair nestas circunstâncias a população.

Definição de escravidão

Considerada como uma das mais antigo e selvagem domínio do ser humano sobre outro ser humano, nós poderia descrever a escravidão como o ato pelo qual uma pessoa leva para outro como sua posse e assim removido toda indicação de liberdade ou autonomia que o segundo pode ter. A escravidão é estabelecida a idéia de domínio, de poder, de autoritarismo, desde aqueles que exercê-lo sobre os outros considera-se que essas pessoas são inferiores e, portanto, eles não podem ser considerados totalmente como um povo. Para uma pessoa que escraviza, a escravidão é uma obrigação ou uma necessidade de seres que são inferiores, não tenho direitos, etc.
A escravidão é uma forma de relação ou vínculo entre seres humanos que existia desde tempos imemoriais, desde que as sociedades começaram a complejizarse e começaram a aparecer na idéia de hierarquia e poder. Durante o período histórico da antigüidade, a escravidão não só existia em muitas sociedades, mas também tornou-se o modo de subsistência para grande parte da população. Ao mesmo tempo, podemos dizer que a escravidão era um sistema sócio-económico, que foi baseado na idéia de desigualdade e domínio profundo buscando sustentar um também desigual e privilégios econômicos do modelo que tinha alguns para reter o poder e riqueza, enquanto o resto da população vivia em condições de pobreza absoluta e seu serviço.
No entanto, a escravidão não é um fenômeno que desaparece com a antiguidade. Ele continuou a existir ainda na modernidade e um exemplo muito claro foi a ampla difusão que escravidão tirou quando foram utilizados os europeus encontraram América e dominado para suas populações nativas, tirando sua liberdade e aniquilando-lhes, bem como com a chegada de uma quantidade impressionante de escravos da África selvagem e impiedosamente para atividades produtivas mais forte e exigente que poderia ter sido.
Como dissemos no início, a existência da escravidão ocorre a partir da idéia de que uma pessoa é considerada superior ao outro, além de considerar que ele possui outra vida e que você pode decidir sobre a sua liberdade. Aqueles que realizam atos de escravidão a fazê-lo devido a uma mentalidade perversa que justifica suas ações e muitas vezes a tortura torna-se importante atos de tortura, abuso, abuso físico e psicológico. Hoje, a escravidão foi abolida na maioria dos países, mas isso não significa que na prática deixou de existir.

Definição de esclerose

Esclerose é uma condição de doença que se refere ao endurecimento e perda de flexibilidade para desenvolver certos tecidos ou órgãos e, portanto, impedindo a pessoa de realizar uma vida plena. A esclerose do termo vem do grego skleros e significa 'duro' ou 'temperado', assim que é usado para designar essa condição em que uma pessoa vê que diferentes tecidos do corpo, por exemplo, os tecidos da mão ou os pés ou outras articulações, endurece e não pode usá-los normalmente. Podemos encontrar diferentes tipos que foram classificados de acordo com características particulares dentro desta condição de endurecimento ou esclerose.
Uma das doenças esclerose mais conhecida e comum é a esclerose múltipla. Esta doença grave é caracterizada por complicações no sistema nervoso central da pessoa, os seus órgãos e tecidos. Essas complicações têm sido vistas por lesão ou dano degenerativo que afetam não apenas questões como mobilidade, mas também em complicações no discurso, sobre a ingestão de alimentos, etc. Embora não é cientificamente comprovado, estima-se que a esclerose múltipla pode ter causas genéticas.
Outro tipo comum de esclerose é esclerodermia, que surgem na pele através de deformidades, ferimentos, danos e outras alterações que tornam essa pessoa, além de apresentar dor e desconforto, também desenvolvem um desconforto estético, sendo esta doença visível. Normalmente, estima-se que este tipo de esclerose afeta mais mulheres do que homens. Em todos os casos de esclerose há uma cura definitiva, pois são degenerativas, mas existem tratamentos que impedem seu avanço ou limitá-lo.