PESQUISAR CONTEÚDO

Custom Search

Biografia de Raymond Carver… Wes Craven… Warren G. Harding… Fritz Lang… Myrna Loy… Corrado Mantoni…

ADS

Biografia de Raymond Carver

Gêmeos, 25 de maio de 1938
2 de agosto de 1988
Escritor, poeta e ensaísta, Raymond Clevie Carver, Jr. nasceu em 25 de maio de 1938 em Clatskanie, Oregon, em uma família de origem humilde: o pai é afiar em uma serraria, enquanto sua mãe é uma empregada.
Erguido em Yakima (onde Carver mudou-se em 1941, na sequência dos problemas económicos que tinha causado a eclosão da guerra), compromete-se como um menino em muitos postos de trabalho e enquanto isso, desenvolveu uma forte paixão para escrita e leitura.
No verão de 1955 sei Maryann Burk, menina que não tem 15 anos e ficou noivos. Enquanto isso, conclui seus estudos no colégio de Yakima e mudou-se para a Califórnia, em Chester, junte-se a seu pai se mudou para morar lá. Os dois começaram a trabalhar juntos na serraria, mas Raymond logo percebe não ser por esse trabalho e voltou para Yakima, onde foi empregado em uma farmácia como um mensageiro.
Em junho de 1957 Raymond Carver, Maryann o casamento alguns meses mais tarde faz o pai de Christine Rae. Persuadido por sua esposa para continuar seus estudos, o Carver inscritos dois anos preparatório para a Universidade de Walla Walla e uma escola de escrita, o Instituto de Palmer de escrever a seguir.
As primeiras publicações
Em 1958, torna-se pai de Vance Lindsay e começa a frequentar cursos de escrita criativa e literatura de Chico State College, onde ele ensina John Gardner. Nesse ano foi também sua primeira publicação: uma carta intitulada "intelecto" é publicada em "Wildcat", a revista do colégio.
Ele se mudou com sua família para Chico para continuar seus estudos, em 1960 tornou-se curador da revista literária da Universidade, a "Seleção", no qual ele lançou seu conto "Seasons furiosos".
Gli anni ' 60
Em 1961, Raymond deixa Chico, apesar dos bons resultados obtidos na literatura, por causa das dificuldades econômicas: volta a trabalhar em uma serraria, em Los Angeles, antes de se mudar para Arcata, onde ele continua a estudar e entretanto é empregado em uma empresa de processamento de madeira.
Em 1963, após a apresentação no teatro de "Cravo", sua primeira peça teatral e a publicação do poema "anel de bronze" em "Alvo", diploma de Humboldt State University e publica em "" Instituto literário a revista Toyon, a história de "o pai".
Forçada a se mudar novamente, desta vez em Berkeley, por razões de trabalho, ele ganhou uma bolsa para um mestrado em Iowa Writers' Workshop, seminário de escrita criativa. Raymond Carver também deixa a cidade de Iowa para viver em Sacramento, onde ele trabalha como faxineiro em um hospital: um trabalho que permite-lhe continuar a escrever. Então Obtém um emprego a Science Research Associates, casa publicando de Palo Alto, que é responsável pela elaboração de livros científicos.
Na década de 1960, ver publicados "perto de Klamath," sua primeira coleção de poemas e segue sua esposa Maryann em Israel, em Tel Aviv; em breve, no entanto, em Estados Unidos. 1969 vencedor do prêmio de poesia descoberta, ele se mudou com sua família (costas enquanto isso nos EUA), na Califórnia; Entretanto, seu conto "vinte e quatro acres" entra a antologia "A melhor revistinha ficção", enquanto Kohl Publishing House Press publica "Insônia inverno", sua segunda coleção de poemas.
Gli anni ' 70
Em 1971 foi comissionado Carver para ensinar na Universidade da Califórnia, Santa Cruz, para uma aula de escrita criativa: logo depois de sua história "Gorda" aparece no "Bazar do Harper". Nomeado professor visitante de ficção da Universidade da Califórnia, Berkeley em 1973 na "vozes públicas na poesia americana" alguns de seus poemas e no ano seguinte ele foi editor do "Espectro", jornal da Universidade da Califórnia em Santa Bárbara, onde leciona.
Apesar de seu sucesso no campo literário, as condições econômicas do Carver não são ideais, complicado também por sua dedicação ao álcool, que leva-lo a demitir-se da Universidade. Ele não desiste, no entanto, escrevendo: em 1976 por McGraw-Hill publica "será podes ficar calada, por favor?" (Cale-se, por favor?), e no ano seguinte dá as impressões "Furious temporadas e outras histórias".
Gli anni ' 80
Em 1981 para "O que falamos quando falamos de amor", enquanto a 1983 "Catedral" e "incêndios: ensaios, poemas, histórias" (trad.it. Você não sabe o que é amor).
Em setembro de 1987, Raymond Carver é operado de urgência em Siracusa por causa de uma hemorragia pulmonar. No ano seguinte, enquanto a história dele, a "Tarefa" ganha o prêmio histórias, sabe diagnosticar metástases cerebrais, que agradá-lo para Seattle em um ciclo de radioterapia.
Nesse mesmo ano juntou-se a academia americana e Instituto das artes e letras; os últimos dias de sua vida serão dedicados a "Um novo caminho para a cachoeira" (a nova trilha para a cachoeira), seu último livro de poesia.
Internado no Hospital de Mason de Virgínia, Carver morreu em 2 de agosto de 1988, em sua casa em Port Angeles: seu corpo está enterrado no cemitério de vista do oceano, no mesmo dia que o Collins Harvill em Londres publica "Elefante e outras histórias".

Biografia de Wes Craven

O pesadelo de melhor
Leo, 2 de agosto de 1939
Alguns diretores tornaram-se tão populares em um intervalo de tempo tão curto como Wes Craven, Westley Earl Craven. Indiscutível rei do horror, que fez uma veia cômica e grotesca de marca pessoal, este malabarista acrobática da câmara nasceu em 2 de agosto de 1939 em Cleveland, Ohio.
Levantado em uma família Batista estrita, começa como um adolescente para frequentar a faculdade, mas devido a uma doença que afeta a coluna vertebral é forçado a interromper seus estudos por um ano mas, apesar destas dificuldades físicas, ele conseguiu se formar em literatura e filosofia em 1963 na Universidade Johns Hopkins, em Baltimore.
Suas origens são um pouco embaraçoso, dado que, para manter uma câmera na mão e parar de fazer trabalhos diferentes (alguns anos atrás o professor mas que pague o material encontra-se tornar até mesmo o motorista de táxi), está disposto a transformar luz vermelha filmes; Mas graças a estes compromissos você ainda faz os ossos. Sua atração real, porém, é para o gênero horror e, portanto, aqui em 1972 montam e dirigir seu primeiro filme, o macabro e assustador "a última casa à esquerda", que já revela uma mão.
Entre 1975 e 1980, seguido por outros títulos marcados pela sua forte personalidade, tais como "the hills have eyes" (grande sucesso de bilheteria). Em 1981, gira outros dois filmes: "benção mortal" e "coisa de pântano", um tributo ao público do desejo de consumir cada vez mais abstrusos temas. Mas golpe do Craven de génio é ter inventado o bizarro como aterradora personagem Freddy Krueger, estrela da série de sucesso "Pesadelo" que Craven inventou um novo tipo de cinema de horror (embora na realidade de sua mão saiu apenas o primeiro e o último título do sestina, que inclui a série). Graças a Freddy Krueger, o protagonista do filme, Wes ganhou o Festival de Avoriaz, o prêmio do júri e o prêmio de melhor atriz.
Entre os filmes no anos 80 e início dos anos 90 de Craven incluem "deveria para ser morto" (1986), "Estado de choque" (1989), "The Black House" (1991), "Vampiro em Brooklyn" (1995) e "Scream", seu décimo terceiro filme que levou a um fenomenal sucesso nos EUA do que na Europa (o filme também ganhou o prêmio MTV de melhor filme de 1996).
Seus filmes posteriores foram o segundo (estrelando a atriz Courtney Cox) e a terceira parcela da trilogia "Scream" e "music of the heart", com Meryl Streep, estreou no Festival de Veneza de 1999 em que o diretor tem comparado a um gênero incomum para ele, o drama.
Seu último filme "Legado-o charme do Dracula do mal", de que Craven também é executivo produtor, foi lançado nos cinemas em 2000.
Como considera a televisão ajudada a criar a série Craven "Cafe de pesadelo" e dirigiu os telefilmes "Visões da noite" e "Um estranho em nossa casa".
Editou também dirigidos sete episódios do Twilight Zone em 1980.

Biografia de Warren G. Harding

Escorpião 2 de novembro de 1865
2 de agosto de 1923
Warren Gamaliel Harding nasceu em 2 de novembro de 1865 a Blooming Grove, Ohio, o primeiro dos oito filhos de George Tryon Harding, Sr. e Phoebe Elizabeth Dickerson. Como uma criança, que ele se mudou com sua família para Caledônia, onde seu pai comprar um semanário local, "The Argus", Warren tem a oportunidade de aprender o básico do jornalismo graças a este jornal.
Em 1878, deve lidar com uma dupla de luto, morte de febre tifóide do irmão Charles e irmã Persilla.
Estudos, a imprensa e os primeiros ganhos
Matriculado na Universidade Central de Ohio, continua a interessar as revistas imprensa e comércio e enquanto isso trabalha na União registrar do Monte Gileade. Um porta-voz para a faculdade, aos dezessete anos, obtém o grau de bacharel.
Em 1884 ele adquiriu alguma popularidade quando banda de cometa dos cidadãos no que soa ganha um prêmio de US $ 200 e o terceiro lugar em uma competição em Findlay, Ohio estado banda Festival: o dinheiro que ele precisa pagar para uniformes, que havia sido comprados a crédito.
O primeiro jornal
Depois de se formar, experiências de Warren g. Harding como professor e como agente de seguros; por um tempo, também tenta estudar direito. Depois, juntamente com outras pessoas, coletar 300 dólares para comprar a Marion Daily Star ", um dos jornais da três cidade; sua compra é concluída em 1886.
Com sua experiência, a política editorial da publicação é alterada e levantou-se novamente, com o apoio do partido republicano e o governador Foraker. Dentro de pouco tempo, "Marion Daily Star" torna-se um dos mais populares jornais do estado.
Em 1889, no entanto, Harding tem a ver com um ataque de nervos, que obriga-o a passar várias semanas no sanatório de Battle Creek para se recuperar. Voltou para casa e reaberta em 1893 a trabalhar para o jornal "Star" suplanta "Marion independente como" o jornal oficial de notícias do governo.
Política
Seu trabalho no campo editorial ele ganhou a admiração de Foraker, que sugeriu que ele entrar na política. Harding, assim, torna-se primeiro senador de Ohio (35 anos) e em seguida juntar-se ao Senado em Washington, em 1914, no entanto, tomando o lugar de Foraker, que em qualquer caso, continuam a manter boas relações.
Warren g. Harding imediatamente se destaca com uma intervenção crítica sobre o comportamento dos Estados Unidos na primeira guerra mundial, tapume contra o Presidente Woodrow Wilson.
Em seguida, você exibir a favor da proibição e não para o controle das fontes de energia a nível federal, em seguida, ativa tenazmente para promover o prompt para excluir as restrições adoptadas para a regulamentação de certas indústrias após a guerra.
Adversário do Tratado de Versalhes em 1919, ele mostra não mesmo americano-adesão por Wilson, a Liga das Nações.
A corrida presidencial dos Estados Unidos
Em 1920, Harding-contando com a forte recomendação de Ohio empresário, Harry Dougherty, representando os grandes senhores das eleições presidenciais de óleo-candidato pelo partido republicano, que se junta como vice-Presidente Calvin Coolidge: também graças ao apoio de Dougherty Obtém uma vitória esmagadora, ganhando 7 milhões votos mais do que o adversário democrata.
Em 1921, por conseguinte, Warren g. Harding oficialmente torna-se presidente dos Estados Unidos. Chamado para formar o governo, presta particular atenção às necessidades de seu colégio eleitoral, decidir dar diferentes postos de responsabilidade em seus velhos conhecidos de Ohio: o tesouro, por exemplo, é confiado ao magnata do alumínio Andrew w. Mellon, fundador do banco nacional de Mellon, enquanto o Ministério do comércio é a prerrogativa de Herbert Clark Hoover, o futuro Presidente.
Política de imigração
No final de 1921 o país começa a emergir da recessão que pesado começou em Janeiro do ano anterior (causado principalmente pelas consequências da guerra): graças a recuperação econômica, aumenta a popularidade de Harding, então sobe ainda mais, quando a decisão é feita para reduzir as horas de trabalho dos trabalhadores.
Mais tarde, o presidente aprovar uma lei sobre a imigração, a lei de cota de emergência, que coloca um limite no volume de negócios de estrangeiros por país de origem, com uma repartição da citação (que é baseada na discriminação racial) que leva em conta a imigração saiu e, portanto, subestima-queria-que vinda do Sul da Europa.
Nos últimos anos
Nos últimos anos, Harding está envolvido em vários negócios obscuros, tanto do ponto de vista da privacidade (uma relação adúltera com a filha de um velho amigo, Nan Britton), economicamente e politicamente.
Sua queda de b. Albert secretário do Interior, por exemplo, tem que lidar com um caso que diz respeito a venda em troca de subornos de um enorme campo petrolífero: mesmo devido a esta circunstância Harding, vendo sua posição na balança, alega ter relação com fatos e embarca em uma viagem por todo o país a fim de entrar em contato com seus eleitores.
Enquanto em San Francisco, no entanto, cai doente com pneumonia. Presidente Warren g. Harding morreu em 2 de agosto de 1923, provavelmente devido a um ataque de coração, apenas cinquenta anos, quando seu mandato passou recentemente a marca de dois anos. Seu corpo está enterrado em Marion, no qual será chamado o Harding Memorial Park.

Biografia de Fritz Lang

Imagine a ficção científica
Sagitário, 5 de dezembro de 1890
2 de agosto de 1976
Fritz Lang nasceu como Friedrich Christian Anton Lang em 5 de dezembro de 1890, em Viena, Áustria. Filho de Paula Schlesinger, judeu e o renomado arquiteto Anton Lang, decide abandonar os passos do pai e assistir as palestras da Academia de artes gráficas. Depois que comecei a trabalhar como cenógrafo e pintor em vários comédia da cidade, leva algumas viagens ao redor do mundo, ganhar a vida desenhando quadrinhos para jornais e cartões postais de pintura.
Volta na Áustria, durante a primeira guerra mundial, ele foi para a frente depois de ser convocado para o Exército Imperial. Durante a luta, e então é ferido durante o período de convalescência começa a escrever roteiros. A estréia na direção veio em 1919, com o "Príncipe Mestiço", que segue logo após "aranhas" no episódios folhetim do personagem exótica.
Durante este período, ele entrou em contato e se apaixona com Thea von Harbou, roteirista e escritor, com quem se casou no ano seguinte, e quem vai trabalhar com ele até 1932. Enquanto isso carreira de Lang atrás da câmera sabe um aumento inesperado: no início da década de 1920, portanto, torna-se uma das figuras mais representativas do expressionismo alemão, com o "Dr. Mabuse", 1922 e o casal do filme Nibelungos ("Morte de Siegfried" e, em seguida, "Vingança de Kriemhild").
Obra-prima do diretor austríaco, no entanto, é "Metropolis", que também desperta a admiração de Hitler: o Führer tem (por Goebbels) de Lang para se tornar o chefe da indústria de cinema do Reich, mas ele (depois de aceitar a princípio) se recusa-temendo uma armadilha- e deixar Berlim, movendo-se para a França.
Em 1931 o primeiro filme sonoro: Este é o "M, o monstro de Düsseldorf", que oferece a busca desesperada de um maníaco que estupra e mata adolescentes. O clima de filme perturbador, entre músicas assobiadas e sombras misteriosas, destaca um habilidades incomuns como diretor. Como se "o testamento do Dr. Mabuse", Lang deixa a mulher, quem escolheu se juntar os nazistas e abandonou o: depois de se mudar para Hollywood, ele colaborou com Spencer Tracy, estrela de "Fúria", em 1935.
Fritz Lang nos Estados Unidos é como estar em casa: cidadania americana, passou a viver durante vários meses em uma tribo de Navajos e produziu o primeiro filme colorido, "o retorno de Jesse James". É da década de 1940: os próximos anos serão marcados por obras de anti-nazista, após a Fundação da "sociedade contra o nazismo que ele próprio ajudou a criar. Ao longo da década, trabalhando com atores americanos maiores e ainda colaborou com Bertolt Brecht, que participa o roteiro do "Carrasco morrer", produzido por Arnold Pressburger.
Em "a mulher na janela", 1944, Lang se juntou a Edward g. Robinson, Joan Bennett, enquanto, entretanto, tornar-se sua segunda esposa, adquire uma importância crescente, muitas vezes tornando-se a heroína de seus filmes.
O declínio de Lang começa quando termina na lista negra senador republicano Joseph McCarthy, um cúmplice sob a acusação de ter sido parte de organizações de esquerda, mas o diretor sabe logo reabilitar-se, com "Rancho Notorious", onde dirige uma Marlene Dietrich em Sunset Boulevard e com a "Gardenia azul", com Anne Baxter. Ambos são filmes de 1952.
Os últimos fogos de artifício virá através de "Quando a cidade dorme", 1959 e "o diabólico Dr. Mabuse", no ano seguinte, antes da participação como ator em "desprezo" (assinado pelo mestre Jean-Luc Godard) como a mesmo e como jurado no Festival de Cannes, na década de 1960. A morte leva em 2 de agosto de 1976, em Beverly Hills.
Além de "Metropolis", um filme que praticamente abriu o caminho da ficção científica no cinema, Lang foi provado para imprimir seu filmes noir, onde seu conceito de vida, um pouco pessimista, sempre é filtrado e embalado em um gosto de fotografia e tiros expressionistas. Em seus filmes, ansiedade e violência dominam a sociedade industrial e o indivíduo, geralmente alienados, é simplesmente uma vítima que não pode opor-se o destino que lhe oprime.

Biografia de Myrna Loy

Ironia e radiance
Leo, 2 de agosto de 1905
14 de dezembro de 1993
Atriz inesquecível, cheia de graça, charme e elegância, Myrna Loy, mereceu justamente na ' 30, o epíteto "Rainha de Hollywood", por sua elegância incomparável e essas qualidades atraentes de mansidão e facilidade. A filha de um político escocês, Myrna Adele Williams nasceu em Radersburg, Montana, 2 de agosto de 1905; cresce com uma paixão pelo teatro e música, graças a "amante da música" genetrix. Após a morte prematura de seu pai, mudou-se com sua mãe e irmão mais novo e em torno de Los Angeles, onde, 15, acompanhado por empresas locais como uma atriz e dançarina.
Durante uma performance foi notada pela esposa de Rudolph Valentino, que insiste que o marido dela, por que você age em seu novo filme, "que beleza de preço?" (Que beleza de preço?, 1925).
Então nesse filme o muito jovem Myrna Loy fará sua primeira aparição no cinema no papel de um vampiro.
Por causa de seu charme e intrigante, peituda atriz, será usado por 20 todos os anos, papéis sedutora e femme fatale. Mas o grande sucesso veio com o advento do cinema falado, que lhe dará a oportunidade de realçar sua surpreendente brio e recitativo, solar em papéis de mulher irônico ou caprichosa herdeira.
Em 1933 é assinado pela Metro-Goldwyn-Mayer, e no ano seguinte alcançou grande sucesso estrelando ao lado de William Powell na deliciosa comédia "the thin man" (The Thin Man), dirigido pela grande W.S. Van Dyke e trata o romance de Dashiell Hammett, em que os dois personificam um casal casado, detetive irônico e amantes do álcool. O filme, que terá cinco sequências (a última, "a canção de the thin man", a canção do The Thin Man, vai ser a 1947) dá a atriz a chance de ser atriz brilhante descontraída, charmosa e refinada.
Em 30 dos anos e ' 40, vemos, muitas vezes emparelhado com Powell, espumante várias comédias de intérprete, como "mulher do ano" (Lady difamou, 1936) por Jack Conway, "o grande Ziegfeld" (The Great Ziegfeld, 1936) por Robert z. Leonard, "o arrojado" (piloto de testes, 1938) por Victor Fleming, com Clark Gable, "Eu ainda te amo" (I amo You Again, 1940) por W.S. Van Dyke e "a casa dos nossos sonhos" (Mr. Blandings Builds His Dream House 1947) H.C. Potter, mas também drama filme engajado, como "os melhores anos de nossas vidas" (os melhores anos de nossas vidas, 1946), dirigido por William Wyler, que atua com grande intensidade a doce esposa de um veterano.
Durante a segunda guerra mundial, Myrna Loy é dedicado com grande empenho como artista das tropas na frente e como organizador de atividades culturais e políticas para a UNESCO.
50 dos anos e ' 60 ver envolvido principalmente no teatro, então vão al cinema atriz apenas esporádicas presenças filmes gostar "a partir do terraço" (a partir do terraço, 1960), estrelado por Paul Newman e "Sentir que algo está acontecendo comigo" (The April Fools, 1969).
O grande Myrna Loy retirou-se do palco em 1982: nove anos depois ela foi premiada com o Oscar para uma vida de sucesso.
Ele morreu em Nova Iorque em 14 de dezembro de 1993.

Biografia de Corrado Mantoni

Revoluções românticas de tv
Leo, 2 de agosto de 1924
8 de junho de 1999
Corrado Mantoni nasceu em 2 de agosto de 1924, em Roma. Os pais são originalmente de Marche.
Após completar seus estudos clássicos, ele frequentou a faculdade de direito, mas não atinge a graduação, porque sua atenção é seqüestrada pelo mundo mágico do show business, que em vinte anos de fascismo, em tempo de guerra e no pós-guerra, representa também uma fábrica de sonhos.
No entanto, Corrado Mantoni primeiro é chamado para contar os italianos seus dramas, tragédias, sofrimento, trabalhando primeiro como um orador oficial, graças ao belo timbre de sua natureza grave voz, excelente dicção, que logo se torna o rádio italiana oficial; Então, se torna um apresentador, que na época, o rádio foi o coroamento de sua carreira.
Substitui então Silvio Gigli e imediatamente constrói uma estufa de produtos prontos para revolucionar o show de rádio e televisão italiana, inventando o primeiro show de verdade nazionalpopolari como "vermelho e preto" e "Naja" rádio. A transição para a televisão é dificultada por executivos de rádio, que então viam TV como concorrência dentro da RAI mesma.
Corrado pode atingir apenas um programa de televisão de seu programa de rádio; Deve notar-se que as grandes jogadas eram um pannagio de rádio, não ainda. Alguém poderia ver também Corrado no cinema jogando-se, fazendo ombro com grandes jogadores como toto, emprestou sua imagem para Rossellini ou até mesmo colocar no palco, no cinema, seus programas mais famosos; Corrado lançará a Sophia Loren.
Enquanto isso, Corrado Mantoni continua a carreira do dublador. Sua voz tornou-se a voz dos italianos. Até mesmo Umberto Eco falando tece elogios. Conrad sabe o subjunctives, consecutio temporum, e sua voz é medido, mas tem grande riqueza de propriedades de terminologia e linguagem; Tudo isto é feito mais popular por sua aparente simplicidade e seu feito e seu dizer, um ornamentais pinturas romanas ainda mais substancial.
Conrad conhece e ama sua cidade, Roma, onde se casa e tem um filho, Roberto, com guerra de Luciana, da qual divorciou-se em 1972.
Em 1961 o tempo chega para seu primeiro programa de televisão. Aqui é Corrado montado uma atrás da outras gemas que preparam o terreno para uma verdadeira revolução, como ocorreu no rádio. Torna-se o funcionário, apresentador de televisão italiano, onde ele lidera os prêmios, programas comemorativos, sábado à noite, concertos de gala, enquanto Mike Bongiorno tem essencialmente quizzes e Sanremo (Corrado apresenta a única edição de 1974).
Entre os dois gigantes da cumplicidade nasce TV e não-rivalidade. L'Amico del giaguaro, Controcanale, paliativa são programas que o host leva nestes anos. Em 1965 o litmus test. Em 1968 a tourada. Corrado até 80 não vai deixar o rádio.
Em 1970 foi mais uma vez, e em 1971 Canzonissima, para a primeira vez na história das variedades de loteria, com o maestro é reconfirmada a dançarina Raffaella Carrà, que ajuda a lançar Mantoni. Em 1972, uma hora para você, transmissão de ETI (televisão da Suíça italiana). Em 1975 lançou reforma de tv, que criou o TG1, TG2 e programações independentes das duas redes.
Aproximando-se mais um momento de revolução de televisão que ocorrem, durante os anos de austeridade para entreter os italianos nas tardes e feriados: Corrado apresenta "Domingo.", portanto, inventou e o primeiro escrito com Paolini Silvestri e três edições de 39 episódios cada, de 14 a 19:50, cria uma nova forma de fazer tv, um acontecimento, e estabelece a Fundação do primeiro verdadeiro talk show italiano. Mas não podemos esquecer que dentro do programa está inserindo o teatro de Corrado de livro de endereço, ciência, música, tv, o que não falta apoio da Itália e as tradições dos países; até mesmo as sementes de programas como "Mi manda Raitre" já existe em Corrado; Acho que o livro de "Mandamentos"; Além de suas inigualáveis vinhetas com atores famosos, que abriga; Não há nenhuma falta de mágicos. Tony Binarelli Lance e Alexander.
As audiências continuam altas. Edições posteriores aos de Magalhães traem, além de algumas das edições de Pippo Baudo, sucessor imediato, o estilo de um programa elegante, divertido e equilibrado. Em 1978, a parceria entre Conrad e o grande Paolo Grassi, presidente da RAI, quebra.
Em 1979, leva a "rádio" na Corradodue em 1980, Radiodue "minha voz para seu domingo" na Radiouno, em 1981 "Gran Canal" em uma segunda rede RAI na sexta-feira em vez de Portobello di Enzo Tortora, uma transmissão ao vivo do teatro de vitórias que continua a revolução da televisão, com um jogo para apenas os concorrentes estrangeiros na Itália, onde propomos um tipo de novela , pelos atores no teatro, onde o público por telefone deve indicar o final. Esta idéia será retomada na próxima tv.
Em 1982, após o sucesso "Fantástico" com Céline Dion e Gigi Sabani (este último lançado pela Conrad em um rádio de touradas Edition), opt para o comercial e tv Canal 5 reinventa, nasceu um par de anos, o meio-dia da banda, então inexistente. O programa é o "almoço", um controquiz, ao invés de um quiz, certamente um dos jogos mais amados dos 80 ' s.
Em 1983, outra criatura apresenta "Pessoal Olá": é o público a ser protagonista do programa que lança Dario Ballantini.
Em 1984, com Maurizio Costanzo apresenta "Buona Domenica".
Passa por uma operação em suas cordas vocais em 1985. No ano seguinte, 1986, ano histórico da revolução, o maestro traz em um programa de rádio, a experiência de TV já conseguido antes e apresenta "La Corrida", por mais de dez anos, começando no verão e, em seguida, nos anos vindouros, com humildade, um eterno retorno de seu aprendizado na primavera até o inverno e outono, quando em 1997 pela primeira vez superar o principal programa no sábado à noite correspondido na loteria RAI.
Carreira de Corrado tem as características da ironia, dos quais, apenas talvez com Raimondo Vianello, é um ícone.
Entre suas descobertas desse período, há também os negros Marcorè.
Em 1987, em 1988, então em 1989 sofre operação para edema pulmonar. Em 1990 outro momento importante: Conrad apresenta o Grand Prix de internacional TV, que para consecutivos de 7 anos como autor e apresentador teamed com outras caras.
Entre 1991 e 1996 escreve "empurrar e puxar", liderada por Paolo Bonolis para dois ganha em edições no início da noite.
Nos anos seguintes, escreve "Il Gatto e la Volpe" para o casal Paolo Bonolis, Luca Laurenti. Noiva Marina Donato.
Em 1998, cai gravemente doente.
Corrado Mantoni morreu a 8 de junho de 1999, em Roma.
Ele é dedicado a uma rua do bairro onde ele morava, no 4º distrito de Roma, na casa da fazenda.

PESQUISAR CONTEÚDO

Custom Search

ADD THIS