Definição de papiloma

Uma papiloma é um tumor benigno pedunculados formando as papilas da pele ou membranas mucosas. É de comum ocorrência e desenvolvimento em células epiteliais, crescer com projeção, assemelhando-se a pequenas samambaias. Geralmente, eles nascem e crescem a partir da pele. Existem diferentes tipos de papiloma, entre os mais comuns são: fibroepithelial (de tecido fibroso) papiloma, papiloma intercanalicular (um tumor da glândula mamária ou os dutos perto do mamilo. Sua singularidade na manifestação é a serosa ou mamilo sangrento quitação, porém, é comum para não causar qualquer retração do mamilo), invertido do papiloma (típico é nessas células que crescem no estroma subjacente), tag (o mais comum é marrom ou carne, é pequena e ocorre principalmente no pescoço dos idosos) de pele e papiloma escamoso (manifesta-se na mucosa oral É benigno e está ligada ao vírus do papiloma humano vírus humano (HPV).
Com relação ao tratamento, ele será determinado por duas questões: a área em que o papiloma é gerada e a seriedade que apriorísticas revista. De qualquer forma, os mais comuns e recorrentes tratamentos que se seguem, registo de qualquer um dos casos mencionados são: a cauterização, ou por calor, frio ou, diretamente, química e remoção cirúrgica.
Por outro lado, o vírus do papiloma humano é um grupo diversificado de vírus de DNA, pertencente à família Papillomaviridae; quase todos os vírus que pertencem a esta família, são produtivos no epitélio estratificado da pele e infecções nas mucosas dos seres humanos e alguns animais.
Lá são identificados aproximadamente 200 tipos diferentes de HPV e, mais geralmente não despertar qualquer sintoma em quem sofre com isso, embora nos casos que torná-lo pode causar infecções verrugas e Condilomas até sub clínica, perigosa, uma vez que eles podem levar ao câncer do colo do útero, vagina, vulva e ano. Enquanto isso, a transmissão do mesmo pode ser de pele ou por contato sexual.