Definição de memória RAM

Um acesso aleatório ou RAM é freqüentemente usado em ciência da computação para o armazenamento de informações de dados e programas. A sigla RAM em inglês significa "Random Access Memory" e se traduz como "Random access memory", ou, em alguns casos, "Directo". Uma memória deste tipo é uma peça que consiste em um ou mais chips e formando parte de um computador ou sistema informático.
A característica diferencial deste tipo de memória é que é uma memória volátil, ou seja, que perde seus dados quando ele pára de receber o poder. Normalmente, quando o computador se desligar. Assim, difere de outras memórias, como a ROM, que tem a propriedade de armazenar informações, independentemente das condições de energia disponível.
Uma memória RAM, então, é um dispositivo que é usado para o gerenciamento de dados e informações, aliás com os programas e softwares. Este relatório permite a operação de tais aplicações e, uma vez, fora ou interrompido o funcionamento do sistema, as informações são perdidas, já que muitas vezes isso não é arquivo ou dados armazenados por sua relevância, mas simplesmente de dados necessários para o desempenho do software em questão.
As memórias deste tipo podem ser divididas em estáticos e dinâmicos. O primeiro manter seu conteúdo inalterado desde que haja uma fonte de energia. Este último, por outro lado, envolve um destrutivo "ler", ou seja, que a informação é perdida para lê-lo e evitar esses dados com um "Refresh" operação precisam ser restaurados.
Um RAM pode ter diferentes tamanhos, expressos em MegaBytes ou GigaBytes e assim permitir usos de maior ou menor nível. Por exemplo, a simultaneidade no uso de vários programas, incremeneto conexão de velocidade ou no funcionamento do computador.
Em geral, quando você compra um computador, memória RAM vem incluída, mas muitas vezes pode ser estendida se o usuário deseja fazer um uso mais intensivo do mesmo.