Pular para o conteúdo principal

Definição de impulso

Um pulso é a tendência que principalmente os seres humanos experimentam nem uma vez na vida, e que implica agir movido por alguma emoção enquanto tem mediada por deliberação anterior da razão. Esta tendência para "agir sem pensar" é mobilizada por aspiração de qualquer tipo de contato com outra pessoa, que pode ser físico ou emocional. Enquanto isso, aqueles que são geralmente vistos em sua conduta repetida tendem a agir usando apenas por impulsos, chamavam de impulso. Geralmente é colocado sobre este recurso dentro e ao lado aqueles que determinará a personalidade global de um indivíduo; Por que vai ser muito comum, que além para escutar, ao definir alguém por sua atitude, que uma pessoa é amigável, profundo, inteligente, bom, ruim, também ouvir dizer de alguém que é impulsivo / ou, recursivamente move-a emoção ao invés da razão.
Além disso, é quase uma lei sem letras, que a maioria das pessoas associam e concedido ao conceito de "impulsivos" conotações e uma carga negativa e isto serão acompanhadas pela descrição em que tal seja impulsivo que você seguir uma série de comentários não sanctos a este respeito, dado que, em geral (e erroneamente), é frequentemente descrever impulsivas como pessoas que possuem um violento responder aos estímulos ou para o modo necessário. É ele porque esse termo agora goza de uma popularidade muito baixa entre as pessoas. É necessário tornar claro que é "impulsivo" não tem nada a ver com uma pessoa violenta, ou seja, os atos já outra pessoa violentamente tende a responder desta forma a cada fenômeno que ocorre durante a vida e observa também geralmente uma resposta rápida e sem pensar muito... mas não tão quem sole ser impulsivo em seu ato deve ser tratada pejorativamente Isso seria um erro.
É interessante notar que a impulsividade é diferente do compulsivity, embora ambos os fenômenos parecem basear-se sobre o mesmo substrato neurológico: variações nos níveis de dopamina no sistema nervoso. É no cérebro onde executar os processos que dão origem a que uma pessoa é facilmente conduzida por impulsos, ou compulsões. Isto deve ser distinguido da famosas "palpites", quase um raio de compreensão, permitindo que um indivíduo de antecipar os fatos ou uma decisão imediatamente (impulsivo) mesmo em um campo em que essa escolha talvez parece irracional.
Do outro lado, o oposto pode ser dito, para a física, o termo "empurrar" também ocupa um lugar privilegiado e descrito e entendido como o tamanho físico de um objeto, que é previamente determinado pela variação que experimentar na quantidade de movimento. É interessante notar que é graças ao conhecimento detalhado impulsos que é possível definir e interpretar o caminho de um corpo sujeito a ação de uma aceleração e então entregues às forças de inércia ou interação com outros processos atuando sobre o. Sob o físico impulsos especialização tem sido alcançado a façanha de viagem espacial tripulada e o lançamento do robô sondas Voyager, que persistem em seu movimento através do espaço de quase 40 anos de sua descolagem da superfície da terra.
Finalmente, o conceito de impulso tem também está aprovado para a idéia de estímulo, especialmente quando se trata de motivar a realização de uma tarefa ao lado de uma pessoa ou um grupo de pessoas em um determinado aspecto. Neste sentido, a homologia da palavra é mais próxima de sua aplicação em física do que em termos de comportamento humano.

Posts mais vistos

Bigamia - Definição, conceito, significado, o que é Bigamia

Bigamia: definições, conceitos e significados Definição de bigamia Bigamia. O status do homem ou a mulher casada com duas pessoas ao mesmo tempo. Não é permitido no mundo ocidental.
Bigamia é um termo jurídico que se refere à situação que ocorre quando uma pessoa entra em qualquer número de casamentos 'secundários', além do original, que é reconhecido legalmente; e você pode ser punido com prisão. Muitos países têm leis específicas que proíbe a bigamia e considerado crime qualquer casamento infantil.
Bigamia entra a classificação da poligamia, que é mais geral. Isso gera:
"O tipo de casamento em que é permitido para uma pessoa ser casada com várias pessoas ao mesmo tempo."
De acordo com esta definição:
• Poligamia decompõe-se em: "poli = muitos" e "veado = casamento", referindo-se aos "vários casamentos".
Tempo:
• Bigamia é decomposto em: "bi = dois" e "veado = casamento", referindo-se ao "apenas doi…

O que é demisexualidad | Conceitos de Psicologia.

O que é demisexualidad?Desde o final do século XX, a sexualidade tornou-se um muito menos tabu e colonizou todas as esferas da vida. Sexo na arte, ciência sexo, sexo na família e até mesmo na escola. Afinal, não há nada de errado: Se você falar mais de sexo, mais se sabe, vai ter menos preconceitos e é muito mais saudável e responsável.Os seres humanos são seres sexuais desde o nascimento até a nossa morte e, portanto, a sexualidade é parte de todos os aspectos de nossa personalidade. A sexualidade é muito mais do que atração sexual e relacionamentos, portanto, mesmo se uma pessoa não experimentar desejos sexuais de qualquer tipo, é um erro chamar assexuada e que, além de não sentir atração sexual, a pessoa continua a ser um ser sexual.
Mas vamos deixar de lado a assexualidade chamada e se concentrar por um momento sobre a demisexualidad. Sobre o que é isso? É uma condição física? Será que a orientação sexual? Ou o que?
O que é exatamente o demisexualidad?O demisexualidad não é …

Farmacologia - Definição, conceito, significado, o que é Farmacologia

Definição de compêndio de Farmacologia ‒ de conceitos e significados 1. Definição de farmacologia Farmacologia (em grego, pharmacon (φάρμακον), drogas e logos (λόγος), ciência) é a ciência que estuda a origem, as ações e as propriedades das substâncias químicas sobre organismos vivos. Em um sentido mais restrito, é considerado o estudo da farmacologia da droga, é que aqueles têm efeitos benéficos ou tóxicos. Farmacologia tem aplicações clínicas quando substâncias são utilizadas no diagnóstico, prevenção e tratamento de uma doença ou para alívio de seus sintomas.
Você também pode falar de farmacologia como o estudo unificado de propriedades de substâncias químicas e organismos vivos e todos os aspectos de suas interações, orientados para o tratamento, diagnóstico e prevenção de doenças.
Farmacologia como ciência engloba o conhecimento da história, origem e uso de drogas, bem como suas propriedades físicas e químicas, associações, efeitos da droga no corpo e o impacto d…