Definição de déjà vu

O conceito de déjà vu é um conceito francês, cuja tradução para o espanhol seria "já vista", porque só a partir do mesmo pode ser referido a experiência de sentir que já tem vivido ou testemunhado, acima, uma nova situação. A denominação do fenômeno é devido a vidente francês Émile Boirac, que viveu entre os anos de 1851 e 1917. Em seguida, déjà vu, também conhecido como paramnésia, geralmente ocorre na mente das pessoas, acompanhadas por uma combinação de sentimentos, por um lado, familiaridade e além de estranheza. Estudiosos do mesmo atributo aquela sensação de já ter experimentado algo novo para um sonho anterior que o indivíduo teve. De referir, que em alguns casos está tão convencido de ter vivido a situação que acabou-se a acreditar que na verdade era assim.
Existem três tipos de déjà vu, sobre a um mão déjà vécu, (algo que parece que experimentou), por outro lado, feltro Deja (algo apropriadamente senti que vai permanecer como um fato mental; aspectos pre-cognitivos não está disponíveis e normalmente não permanece na memória do indivíduo que experimenta-lo) e finalmente Deja visitou (seria algo como "já visitado" e envolve o estranho sentimento para acreditar que conheço um lugar que você visita antes pela primeira vez; É menos freqüente do que o anterior).
Segundo as estatísticas efectuadas a este respeito, pelo menos, 60% das pessoas confirmar já tendo experimentado uma sensação de déjà vu. No entanto, acaba por ser extremamente complexo para recriar essa experiência em um laboratório, portanto, é que existem muitos estudos experimentais sobre o assunto. Alguns estudiosos dizem que é bem possível criar uma sensação de déjà vu através da hipnose.
Uma curiosidade sobre o déjà vu é que tem sido repetidamente abordado em obras de arte e muitas vezes mencionada na cultura popular. Dois extremamente conhecido nos exemplos a sétima arte são Matrix e estrelado por Denzel Washington, só a produção intitulada déjà vu. Na primeira, o déjà vu é uma falha do sistema mental e no segundo caso o déjà vu se destaca como a chave para descriptografar um crime.