Biografia de Raffaella Carrà

De Trieste para baixo e através das fronteiras

18 de junho de 1943
Raffaella Roberta Pelloni nasceu em Bolonha, em 18 de junho de 1943; atriz, dançarina e apresentador de televisão também é conhecida internacionalmente por suas canções, traduzido para o espanhol e distribuído em países da América Latina. Ele passou sua infância em Bellaria-Igea Marina, Rimini. Apenas oito anos ele mudou a capital para seguir Jia Ruskaia, fundador da Accademia Nazionale di Danza em Roma." Cedo nas artes, estréia no início do filme "O tormento do passado" (interpreta Graziella e aparece nos créditos com o nome real, Raffaella Pelloni). Ele se formou no Centro Sperimentale di Cinematografia, em Roma e logo depois em 1960 chega à estréia do filme real: o filme é "La lunga notte del ' 43", por Florestano Vancini. Depois de participar em vários filmes, incluindo "os companheiros" (dirigidos por Mario Monicelli, estrelando oposto Marcello Mastroianni).
Em 1965, ela trabalha em conjunto com Frank Sinatra: o filme é "Expresso de Von Ryan". O sucesso da televisão veio em 1970 com o show "Eu Agata e tu" (com Nino Taranto e Nino Ferrer): na verdade bale de Chris por três minutos em sua própria maneira, arremessando estilo brilhante dançarina sabemos hoje tão usual. No mesmo ano acompanhado por Corrado Mantoni em "Canzonissima": o umbigo descobertos, Toros durante a canção tema enquanto cantava "Maestro de musica de Ma!" dá escândalo. No ano seguinte é ainda "Canzonissima"Tuca tuca"e lançou a famosa" além da música "Eu me pergunto se vai". Em 1974 apresenta "Maka" junto com a Mina. Passa o teste e a Rai confia a sua terceira "Canzonissima", o primeiro realizado em paz. A carreira é liberada e vai na tv: "mas naquela noite" (1978), "fantástico 3" (1982, com Corrado Mantoni e Gigi Sabani) até que esteja "pronto, Raffaella?" (1984 e 1985), durante o dia programa que trabalha pela primeira vez com Gianni Boncompagni, seu antigo parceiro.
O sucesso do programa que leva seu nome, traz em 1984 o título de "personalidade de televisão Europeia feminina", concedido pela Associação Europeia de revistas de TV. Na temporada 1985/1986 é anfitrião de "boa noite Raffaella" e ao lado do "Domenica In". Deixe a Rai em 1987 para passar para a Mediaset: percebe "Céline Dion Show" e "Príncipe encantado", mas não ficam grandes jogadas. Naquela época na Rai em 1989 até 1991, quando conduzindo "fantástico 12" com Johnny Dorelli. De 1992 a 1995 trabalhou na Espanha: no primeiro canal TVE leva "Hola Raffaella", que foi premiado com o TP, o equivalente ao Telegatto italiano. Na Itália, em 1995, com "Carràmba que surpresa": o programa mostra um registro sonoro, para que isso levará quatro outras edições do mais importante, na noite de sábado. Graças a esta popularidade renovada em 2001 apresenta a sexta edição do Festival de Sanremo. Em 2004, leva o programa "Sonhos", antepassado do trem dos desejos "(então liderado por Antonella Clerici); dois anos mais tarde leva "Love", dedicada para o patrocínio que o host oferece suporte. Em 2008 a emissora espanhola TVE pede três programas relacionados com o Festival Eurovisão da canção.
Artigo aportado pela equipe de colaboradores.