Significado e Definição de violência psicológica

O conceito de violência psicológica é uma construção social que é usada para se referir ao fenômeno pelo qual um ou mais agressão de pessoas verbalmente para uma ou mais outras pessoas, estabelecer algum tipo de dano psicológico e emocional em pessoas agredidas. A noção de violência psicológica foi formada para fazer a diferença com isso de violência física, uma vez que implica a agressão verbal e no tratamento mais do que a violência através de acidentes vasculares cerebrais ou lesões corporais graves. Violência psicológica é muito comuns áreas sociais, tais como o mercado interno (onde vários tipos de conflitos e lutas ocorrem freqüentemente), trabalho, etc.
Especialistas acreditam que a violência psicológica é uma das piores formas de violência envolvendo uma agressão para a psique e a emotividade de uma pessoa. Neste sentido, embora um golpe ou uma agressão física pode deixar marcas visíveis e dor importante, agressão verbal ou psicológico pode machucar muito mais profunda compreensão dessa pessoa já que geralmente atacam bater as partes que a pessoa se sente insegura e tornando-se sentir muito mais fracos e mais vulneráveis ao ofensor (por exemplo um marido para sua esposa parece exercer um certo nível de poder e hierarquia que enfraquece a figura feminina como parte de compositor do casal).
Violência psicológica também é muito mais difícil de detectar, na prática, desde que os ferimentos não são visíveis e invisíveis. Assim, agressão psicológica que um marido para sua esposa, uma cabeça a seu empregado ou uma pessoa com maior poder pode exercer para outro com baixo consumo de energia sempre passou despercebido na época, mas os efeitos gerados pela pessoa podem ser mais doloroso do que a violência física e de longa duração.
Artigo aportado pela equipe de colaboradores.