PESQUISAR CONTEÚDO

Custom Search

Definição de equidade

De aequĭtas a Latina, eqüidade refere-se a um estado de espírito que quer ir além do que é apenas legal. O conceito é usado para referir as noções de Justiça e igualdade social, em que a individualidade é valorizada. Patrimônio líquido representa um equilíbrio entre a justiça natural e o espírito da lei. A tendência para julgar imparcialmente e fazer uso da razão é também uma forma de capital. Este estado de espírito é projetado para atribuir a cada indivíduo o que ele merece.
Capital próprio destina-se a levar seus efeitos em todos os domínios da vida, motivo por que ele pode se opor o Bill quando está faltando ou é insuficiente, ou até mesmo injusto. Em questões económicas ou financeiras, a equidade é o princípio que conduz ao corretas desigualdades sofridas por carente dentro de uma sociedade, mediante a moderação dos preços (Nós reteremos, por exemplo, comércio justo) ou mesmo justiça quanto às disposições dos contratos.
Por exemplo: se uma empresa está em uma situação de monopólio, tem a capacidade de definir o preço de seus produtos em sua própria maneira (sem ter que se preocupar em comparação com a concorrência). Por outro lado, o governo é obrigado a estabelecer as condições necessárias para que a actividade comercial realiza-se com a justiça.
Perto o conceito de equidade, igualdade de oportunidades é uma visão de igualdade, que visa assegurar que os indivíduos têm "igualdade de oportunidades", mesmas oportunidades de desenvolvimento social, independentemente da sua origem social ou étnica, seu sexo, suas crenças religiosas... É principalmente para promover as populações que são objecto de discriminação, para garantir um tratamento justo, ou seja, maior formação e ótimas escolas, acesso a entrevistas de contratação, acesso a empregos... onde a importância da igualdade entre os sexos.

PESQUISAR CONTEÚDO

Custom Search

LINKS PATROCINADOS

ADDTHIS