Definição de adjetivo demonstrativo

O adjetivo é sem dúvida um dos elementos gramaticais mais notáveis e importantes para instâncias de uma frase ou uma expressão, enquanto isso, ocupa o lugar de privilégio, juntamente com outros elementos importantes como o substantivo, advérbio, verbo, entre outros. A principal missão do adjetivo é para acompanhar o substantivo, para completar ou para limitar o significado do mesmo. Há sempre um acordo entre o gênero (masculino ou feminino) e um número (singular ou plural) substantivo com o adjetivo que o acompanha.
Agora bem, adjetivos têm uma classificação que define-los em tipos diferentes, sendo que estamos interessados nesta revisão os adjetivos demonstrativos.
No caso específico da manifestação, sua principal função é apontar a relação de lugar ou de tempo, percebendo a proximidade que você tem com uma pessoa que você está falando, ou que está sendo falado sobre.
Uma maneira de reconhecê-los e evitar erros em termos de sua aplicação é que eles sempre devem preceder o substantivo afeto: esta casa é o que mais gostei de tudo o que vimos hoje.
Isso, isso, isso, aquilo e suas respectivas variantes em gênero e número, são alguns dos adjetivos mais utilizados de demonstração.
No entanto, existem graus de distância sob a forma dos adjetivos deste tipo, sendo o primeiro grau de distância: (leste/estas/este /), segundo grau de distância: (que/aqueles/que/aqueles) e terceiro grau de distância: (que/aqueles/que/aqueles).
Quando queremos indicar que algo está perto de quem fala primeiro grau de distância é usada (esta saia é não é que eu escolhi); Entretanto, quando queremos indicar que algo está perto de quem ouve é usado segundo grau de distância (esta bolsa custa muito dinheiro); e o terceiro grau de distância é usado principalmente quando você quer indicar que algo está longe, tanto de quem fala como ouvinte (que o tempo passou sem dúvida era melhor).