Definição de abstração

Abstração é um dos processos mentais mais comuns que nós realizamos as pessoas quando queremos considerar separadamente as qualidades ou características básicas de um objeto, ou falha em protesto por é. Ou seja, em qualquer das duas situações, a mente, concentrando-se, por um lado avisar as qualidades básicas de alguma coisa e no outro caso, será o objeto em sua essência mais pura que irá capturar a atenção da nossa mente.
Quase todas as ações mentais que nossa mente diariamente: conceituação, compreensão, explicação, entre outros, fazem uso de abstração.
Muitas vezes, até mesmo usar a abstração sem perceber, mas clara e além não gostou conscientemente Sim temos os benefícios deste conhecimento.
Investigação científica, por sua vez é uma das atividades mais relevantes que usam esta operação mental para poder despejar nos relatórios ou conclusões os resultados para aqueles que chegam depois de seu trabalho.
O mencionado procedimento mental é, basicamente, que leva adiante a filosofia para refletir sobre as coisas, o mundo, o homem. Ou seja, dependendo de onde isso irá descansar seu foco de atenção, o objeto ou suas qualidades, prescindirá mentalmente do que não corresponde para obter uma idéia de terminar o que corresponde.
O filósofo grego Aristóteles foi o precursor de abstração como um método para obter idéias e conceitos sobre as coisas que nos rodeiam, por exemplo, centenas de anos atrás.
Mas a abstração não é limitada apenas ao campo do pensamento, mas também transcendeu este aspecto para ser instalado, por exemplo, no campo artístico, onde tem sido capaz de ser o ponto de partida de uma das mais importantes tendências na pintura do século passado. Até este momento a pintura principalmente tratada representam a realidade das coisas, como, com o surgimento da arte abstrata essa alternativa é mantida, mas ele se materializar da forma mais diversificada, jogando com cores, com formas geométricas, especialmente. Tampa da subjetividade à objetividade que dominou a cena nesta área.