Biografia de Luis Herrera Campins

(1925-05-04-2007/11/10)

Luis Herrera Campins
Político e advogado venezuelano

Ele nasceu em 4 de maio de 1925 em Acarigua (Venezuela).
Filho de Luis Antonio Herrera e Rosalia Campins.
Ele estudou seus primeiros estudos em sua cidade natal e colégio com o colégio La Salle de Barquisimeto, onde iniciou sua militância na União Nacional dos estudantes (UNE) em 1941. Ele se mudou para Caracas para estudar direito na Universidade Central da Venezuela e assinatura pelo anexado um manifesto de apoio à revolução que derruba o governo do então presidente Isaías Medina Angarita, em 18 de outubro de 1945.
Fundada COPEI em 1946, Herrera Campins torna-se um dos líderes de sua fração de juventude. Entre 1946 e 1948, na época, continuou seus estudos universitários, exerce político jornalismo no semanário naquela festa e no jornal "El Gráfico". Em 1948, é deputado na Assembleia legislativa do Estado de Portuguesa.
Foi feito prisioneiro em 1949 por uma inserção da pressionar, a Junta militar que substituiu o governo do Presidente Rómulo Gallegos considerado desrespeitoso. Lançado,ele participou da Universidade strike de 1952, como resultado de que deveria ir para o exílio.
Em 1953 mudou-se para a Espanha como exilado, devido a greves de estudantes contra o Presidente Marcos Pérez Jiménez (1953-1958). Quando ele voltou, ele trabalhou como jornalista e professor. Ele se juntou a política como um líder da ala esquerdista do COPEI. A deputado e senador em várias legislaturas, venceu as eleições presidenciais em 1978, substituindo Carlos Andrés Pérez. Um ano depois foi inaugurado o Presidente da República.
Luis Herrera Campins morreu em Caracas em 10 de novembro de 2007 com a idade de 82, como resultado de uma soma de doenças, incluindo insuficiência renal, diabetes e Alzheimer.