Definição de Anarquia | Conceito e Significado de Anarquia


Significados, definições, conceitos de uso diário

Anarquia é um conceito derivado da língua grega e menciona a ausência do poder público. Em tal situação, a posição do estado torna-se frágil, que é mais capaz de exercer o monopólio do uso da força.
Anarquia, portanto, ocorre quando um governo não consegue cumprir a lei em seu território devido a uma convulsão política, conflito institucional ou uma crise social. Às vezes, pessoas não sabem nem o poder do governo em questão, que administra o caos. Assim, a noção de anarquia é também usada em coloquial como um sinônimo para o tumulto, desordem ou caos.
Exemplos: "a oposição pediu Presidente usar o exército para pôr fim à anarquia", "as pessoas estão cansadas de viver sob anarquia e sem regras claras", "desde que o diretor se demitiu, esta escola tornou-se uma verdadeira anarquia."
A doutrina política que defende o anarquismo é o anarquismo. Os anarquistas são favoráveis a uma forma de organização social que fornece o estado, na medida em que eles não acreditam a dominação do homem sobre o homem. Para este fim, eles encorajam as instituições formadas pelo livre acordo dos cidadãos, sem uso da força.
O símbolo da anarquia é a letra A, cercada por um círculo. Este círculo representa a unidade e o equilíbrio da ordem natural, sem a necessidade de uma ordem vertical. A bandeira preta é outro símbolo do anarquismo. Aqui, a cor uniforme representa a unidade e preto reflete a pureza do ideal, porque não pode sujar ou manchar.
Traduzido para fins educacionais