Destaques da Bíblia: 1 Reis 1-2 | Escola do Ministério Teocrático: 22 de junho

Destaques da leitura da Bíblia: Informações para o estudo pessoal

Ler e ouvir a leitura da Bíblia em JW.org:

Pesquisa para Destaques da Bíblia desta semana: 1 Reis 1-2


(1 REIS 1:1)

“Ora, o Rei Davi era idoso, avançado em dias; e cobriam-no com vestes, mas não se aquecia.”

*** it-1 p. 22 Abisague ***
Abisague
Jovem virgem da cidade de Suném, ao N de Jezreel e do monte Gilboa, no território de Issacar. (Jos 19:17-23) Ela era “extremamente bela”, e foi escolhida pelos servos de Davi para se tornar a enfermeira e companheira do rei durante seus últimos dias. — 1Rs 1:1-4.
Davi tinha então cerca de setenta anos (2Sa 5:4, 5), e por estar debilitado, tinha pouco calor corporal. Abisague o servia durante o dia, sem dúvida alegrando o ambiente com seu viço e sua beleza juvenis, e, à noite, ela ‘deitava-se ao peito do rei’ para aquecê-lo, mas “o próprio rei não teve relações com ela”. Todavia, a atitude posteriormente manifestada por Salomão a respeito dela indica que Abisague era considerada como tendo a posição de esposa ou concubina de Davi. Como tal, segundo uma regra no antigo Oriente, ela se tornaria propriedade do herdeiro de Davi, por ocasião da morte dele.

(1 REIS 1:2)

“Disseram-lhe, pois, os seus servos: “Procure-se uma moça, uma virgem, para meu senhor, o rei, e ela terá de assistir diante do rei, tornando-se sua enfermeira; e terá de deitar-se ao teu seio, e meu senhor, o rei, certamente se aquecerá.””

*** it-1 p. 22 Abisague ***
Abisague
Jovem virgem da cidade de Suném, ao N de Jezreel e do monte Gilboa, no território de Issacar. (Jos 19:17-23) Ela era “extremamente bela”, e foi escolhida pelos servos de Davi para se tornar a enfermeira e companheira do rei durante seus últimos dias. — 1Rs 1:1-4.
Davi tinha então cerca de setenta anos (2Sa 5:4, 5), e por estar debilitado, tinha pouco calor corporal. Abisague o servia durante o dia, sem dúvida alegrando o ambiente com seu viço e sua beleza juvenis, e, à noite, ela ‘deitava-se ao peito do rei’ para aquecê-lo, mas “o próprio rei não teve relações com ela”. Todavia, a atitude posteriormente manifestada por Salomão a respeito dela indica que Abisague era considerada como tendo a posição de esposa ou concubina de Davi. Como tal, segundo uma regra no antigo Oriente, ela se tornaria propriedade do herdeiro de Davi, por ocasião da morte dele.

(1 REIS 1:3)

“E foram procurar uma moça bela em todo o território de Israel, e por fim acharam Abisague, a sunamita, e trouxeram-na então para dentro ao rei.”

*** it-1 p. 22 Abisague ***
Abisague
Jovem virgem da cidade de Suném, ao N de Jezreel e do monte Gilboa, no território de Issacar. (Jos 19:17-23) Ela era “extremamente bela”, e foi escolhida pelos servos de Davi para se tornar a enfermeira e companheira do rei durante seus últimos dias. — 1Rs 1:1-4.
Davi tinha então cerca de setenta anos (2Sa 5:4, 5), e por estar debilitado, tinha pouco calor corporal. Abisague o servia durante o dia, sem dúvida alegrando o ambiente com seu viço e sua beleza juvenis, e, à noite, ela ‘deitava-se ao peito do rei’ para aquecê-lo, mas “o próprio rei não teve relações com ela”. Todavia, a atitude posteriormente manifestada por Salomão a respeito dela indica que Abisague era considerada como tendo a posição de esposa ou concubina de Davi. Como tal, segundo uma regra no antigo Oriente, ela se tornaria propriedade do herdeiro de Davi, por ocasião da morte dele.

(1 REIS 1:4)

“E a moça era extremamente bela; e ela veio a ser a enfermeira do rei e servia-o, e o próprio rei não teve relações com ela.”

*** it-1 p. 22 Abisague ***
Abisague
Jovem virgem da cidade de Suném, ao N de Jezreel e do monte Gilboa, no território de Issacar. (Jos 19:17-23) Ela era “extremamente bela”, e foi escolhida pelos servos de Davi para se tornar a enfermeira e companheira do rei durante seus últimos dias. — 1Rs 1:1-4.
Davi tinha então cerca de setenta anos (2Sa 5:4, 5), e por estar debilitado, tinha pouco calor corporal. Abisague o servia durante o dia, sem dúvida alegrando o ambiente com seu viço e sua beleza juvenis, e, à noite, ela ‘deitava-se ao peito do rei’ para aquecê-lo, mas “o próprio rei não teve relações com ela”. Todavia, a atitude posteriormente manifestada por Salomão a respeito dela indica que Abisague era considerada como tendo a posição de esposa ou concubina de Davi. Como tal, segundo uma regra no antigo Oriente, ela se tornaria propriedade do herdeiro de Davi, por ocasião da morte dele.

(1 REIS 1:5)

“Entrementes se erguia Adonias, filho de Hagite, dizendo: “Eu é que reinarei!” E ele passou a mandar fazer para si um carro, com cavaleiros e cinqüenta homens correndo na sua frente.”

*** w05 1/7 p. 28 Destaques do livro de Primeiro dos Reis ***
1:5 — Por que Adonias tentou usurpar o trono, estando Davi ainda vivo? A Bíblia não responde. No entanto, parece razoável concluir que, visto que os irmãos mais velhos de Adonias — Amnom, Absalão e provavelmente Quileabe — já estavam mortos e por ser o filho mais velho ainda vivo de Davi, Adonias pensou que tivesse direito ao trono. (2 Samuel 3:2-4; 13:28, 29; 18:14-17) Por ter obtido o apoio de Joabe, o poderoso chefe do exército, e de Abiatar, o influente sumo sacerdote, Adonias talvez tenha ficado confiante de que seu plano daria certo. A Bíblia não revela se Adonias sabia que Davi tinha intenção de dar o trono a Salomão, mas ao providenciar um ‘sacrifício’ ele não convidou nem Salomão nem outras pessoas leais a Davi. (1 Reis 1:9, 10) Isso sugere que Adonias encarava Salomão como um rival.

(1 REIS 1:41)

“E Adonias e todos os convidados que estavam com ele chegaram a ouvi-lo quando eles mesmos acabaram de comer. Quando Joabe chegou a ouvir o som da buzina, disse imediatamente: “Que significa o alarido da vila em alvoroço?””

*** it-2 p. 222 Giom ***
Giom foi depois o lugar em que Salomão foi ungido rei, às ordens de Davi. O desfile ruidoso que se seguiu, quando as pessoas acompanhavam alegremente a Salomão de volta à cidade, embora não fosse visível desde a fonte chamada En-Rogel, uns 700 m distante de Giom, podia facilmente ser ouvido pelo presunçoso Adonias e seus convivas, enquanto se banqueteavam em En-Rogel. — 1Rs 1:9, 10, 33-41.

*** it-2 p. 524 Jerusalém ***
A distância entre os dois pontos era suficientemente curta (c. 700 m) para Adonias e seus co-conspiradores ouvirem o ruído da buzina e das celebrações em Giom. — 1Rs 1:5-9, 32-41.

(1 REIS 1:52)

“A isto disse Salomão: “Se ele se tornar um homem valente, não cairá nem sequer um cabelo seu por terra; mas, se se achar nele o que é mau, então terá de morrer.””

*** it-1 p. 387 Cabelo ***
‘Nenhum cabelo de sua cabeça perecerá (ou cairá)’ é uma declaração que garante plena e completa proteção e segurança. (Lu 21:18; 1Sa 14:45; 2Sa 14:11; 1Rs 1:52; At 27:34)

(1 REIS 2:10)

“Davi deitou-se então com os seus antepassados e foi enterrado na Cidade de Davi.”

*** it-1 p. 818 Enterro, lugares de sepultamento ***
Todavia, a freqüente expressão ‘deitar-se, ou ser enterrado, com os antepassados’ não necessariamente subentende compartilhar a mesma sepultura, porque esta frase é usada a respeito de homens que claramente não foram enterrados no mesmo lugar que seus antepassados. (Gên 15:15; De 31:16; 32:50; 1Rs 2:10; At 13:36) Portanto, deve referir-se a sua entrada comum no Seol (Hades), a sepultura comum da humanidade.

*** it-1 p. 820 Enterro, lugares de sepultamento ***
Primeiro Reis 2:10 diz que Davi foi enterrado “na Cidade de Davi”, e, pelo visto, este tornou-se o lugar costumeiro de sepultamento de reis posteriores de Judá. Doze dos 20 reis que se seguiram a Davi são mencionados diretamente como sepultados na Cidade de Davi, embora nem todos fossem colocados “nas sepulturas dos reis” — Jeorão, Joás (Jeoás) e Acaz sendo mencionados especificamente como não enterrados ali. (2Cr 21:16, 20; 24:24, 25; 28:27) Em vez de tratar-se de um só túmulo comum, com muitas câmaras, as “sepulturas dos reis” talvez fosse uma área específica dentro da Cidade de Davi, onde se encontravam os túmulos memoriais dos reis. O Rei Asa foi sepultado na “grandiosa sepultura que escavara para si na Cidade de Davi” (2Cr 16:14), e de Ezequias se diz que foi enterrado “na subida às sepulturas dos filhos de Davi”. (2Cr 32:33) O leproso Rei Uzias foi enterrado “com os seus antepassados, mas no campo de inumação pertencente aos reis, porque disseram: ‘Ele é leproso.’” Isto parece indicar o sepultamento do seu infeccionado corpo no solo, em vez de num túmulo escavado na rocha. — 2Cr 26:23.

(1 REIS 2:15)

“E ele continuou: “Tu mesma bem sabes que o reinado ia tornar-se meu e que foi em mim que todo o Israel fixou a sua face para eu me tornar rei; mas o reinado mudou de rumo e veio a ser de meu irmão, porque era da parte de Jeová que se tornou seu.”

*** it-1 p. 53 Adonias ***
No entanto, depois da morte de Davi, Adonias acercou-se de Bate-Seba e a induziu a agir como sua agente perante Salomão, para solicitar por esposa a Abisague, a jovem enfermeira e companheira de Davi. A declaração de Adonias, de que “o reinado ia tornar-se meu e que foi em mim que todo o Israel fixou a sua face para eu me tornar rei”, indica que ele achava ter sido privado do seu direito, muito embora professasse reconhecer a mão de Deus neste assunto. (1Rs 2:13-21) Embora a sua solicitação talvez se baseasse inteiramente no desejo de obter alguma compensação pela perda do reino, sugeria fortemente que as chamas da ambição continuavam acesas em Adonias, visto que, segundo uma regra no antigo Oriente, as esposas e as concubinas dum rei só se tornariam as do seu sucessor legal. (Compare isso com 2Sa 3:7; 16:21.) Salomão encarou assim tal solicitação, feita mediante sua mãe, e ordenou a morte de Adonias, ordem que prontamente foi executada por Benaia. — 1Rs 2:22-25.

(1 REIS 2:17)

“E ele prosseguiu, dizendo: “Por favor, dize a Salomão, o rei, (pois ele não fará a tua face voltar atrás,) que me dê Abisague, a sunamita, por esposa.””

*** w05 1/7 pp. 28-29 Destaques do livro de Primeiro dos Reis ***
1:49-53; 2:13-25 — Por que Salomão mandou que Adonias fosse morto depois de tê-lo perdoado? Apesar de Bate-Seba não ter reconhecido isso, Salomão percebeu o verdadeiro motivo por trás do pedido de Adonias, feito por meio dela, para dar-lhe Abisague como esposa. Embora Davi não tenha tido relações com ela, a linda Abisague era considerada sua concubina e, segundo os costumes da época, ela seria propriedade apenas do herdeiro legal de Davi. Adonias talvez achasse que, ao tomar Abisague por esposa, ele poderia tentar de novo empossar-se do trono. Ao interpretar o pedido de Adonias como um indício de que ainda tinha ambições ao trono, Salomão anulou o perdão.

*** it-1 p. 22 Abisague ***
O relato sobre Abisague vem logo antes do relato da tentativa de obtenção da coroa por parte de Adonias, aquele que provavelmente era o filho sobrevivente mais velho de Davi, e parece ter sido colocado ali para esclarecer a ação subseqüente de Adonias durante o reinado de Salomão. Após ascender ao trono, Salomão concedera a Adonias um perdão condicional. Depois, Adonias persuadiu a mãe de Salomão, Bate-Seba, a pedir a Salomão que lhe desse Abisague por esposa. Salomão, convicto de que a solicitação de Adonias não era somente devida à beleza de Abisague, mas, antes, indicava um esforço sutil de fortalecer as pretensões de Adonias ao trono, reagiu de forma irada, revogou o perdão concedido a Adonias e ordenou a morte dele. (1Rs 2:13-25)

*** it-1 p. 53 Adonias ***
No entanto, depois da morte de Davi, Adonias acercou-se de Bate-Seba e a induziu a agir como sua agente perante Salomão, para solicitar por esposa a Abisague, a jovem enfermeira e companheira de Davi. A declaração de Adonias, de que “o reinado ia tornar-se meu e que foi em mim que todo o Israel fixou a sua face para eu me tornar rei”, indica que ele achava ter sido privado do seu direito, muito embora professasse reconhecer a mão de Deus neste assunto. (1Rs 2:13-21) Embora a sua solicitação talvez se baseasse inteiramente no desejo de obter alguma compensação pela perda do reino, sugeria fortemente que as chamas da ambição continuavam acesas em Adonias, visto que, segundo uma regra no antigo Oriente, as esposas e as concubinas dum rei só se tornariam as do seu sucessor legal. (Compare isso com 2Sa 3:7; 16:21.) Salomão encarou assim tal solicitação, feita mediante sua mãe, e ordenou a morte de Adonias, ordem que prontamente foi executada por Benaia. — 1Rs 2:22-25.

(1 REIS 2:22)

“Então respondeu o Rei Salomão e disse à sua mãe: “E por que pedes Abisague, a sunamita, para Adonias? Pede também para ele o reinado (porque é meu irmão mais velho do que eu), sim, para ele, e para Abiatar, o sacerdote, e para Joabe, filho de Zeruia.””

*** it-1 p. 22 Abisague ***
O relato sobre Abisague vem logo antes do relato da tentativa de obtenção da coroa por parte de Adonias, aquele que provavelmente era o filho sobrevivente mais velho de Davi, e parece ter sido colocado ali para esclarecer a ação subseqüente de Adonias durante o reinado de Salomão. Após ascender ao trono, Salomão concedera a Adonias um perdão condicional. Depois, Adonias persuadiu a mãe de Salomão, Bate-Seba, a pedir a Salomão que lhe desse Abisague por esposa. Salomão, convicto de que a solicitação de Adonias não era somente devida à beleza de Abisague, mas, antes, indicava um esforço sutil de fortalecer as pretensões de Adonias ao trono, reagiu de forma irada, revogou o perdão concedido a Adonias e ordenou a morte dele. (1Rs 2:13-25)

*** it-1 p. 53 Adonias ***
Embora a sua solicitação talvez se baseasse inteiramente no desejo de obter alguma compensação pela perda do reino, sugeria fortemente que as chamas da ambição continuavam acesas em Adonias, visto que, segundo uma regra no antigo Oriente, as esposas e as concubinas dum rei só se tornariam as do seu sucessor legal. (Compare isso com 2Sa 3:7; 16:21.) Salomão encarou assim tal solicitação, feita mediante sua mãe, e ordenou a morte de Adonias, ordem que prontamente foi executada por Benaia. — 1Rs 2:22-25.

*** it-1 p. 538 Concubina ***
Depois que o Rei Salomão foi entronizado, Adonias, irmão mais velho de Salomão, que já havia tentado conseguir o reinado, dirigiu-se à mãe de Salomão, Bate-Seba, dizendo: “Tu mesma bem sabes que o reinado ia tornar-se meu”, e então pediu que ela solicitasse a Salomão Abisague, a sunamita, que parece ter sido encarada como esposa ou concubina de Davi. Salomão respondeu irado: “Pede também para ele o reinado”, e então ordenou que Adonias fosse morto, indicando que encarava a solicitação de Adonias como esforço para conseguir o reino. — 1Rs 1:5-7; 2:13-25.

(1 REIS 2:26)

“E a Abiatar, o sacerdote, o rei disse: “Vai para Anatote, para os teus campos! Pois mereces a morte; mas neste dia não te entregarei à morte, porque carregaste a arca do Soberano Senhor Jeová diante de Davi, meu pai, e porque foste atribulado durante todo o tempo que meu pai foi atribulado.””

*** it-1 pp. 17-18 Abiatar ***
Em vista da sua atuação fiel em suportar muitas dificuldades na companhia de Davi, durante o tempo em que este era fugitivo de Saul, e, novamente, durante a rebelião de Absalão, e considerando-se que gozava da confiança, da amizade e do favor de Davi durante cerca de quatro décadas, é surpreendente verificar que Abiatar se ligou a outro filho de Davi, Adonias, numa conspiração posterior pelo trono. Embora tal trama também tivesse o apoio de Joabe, chefe do exército, ela falhou; Salomão foi designado rei, o sacerdote leal, Zadoque, realizando a unção, segundo as instruções de Davi. (1Rs 1:7, 32-40) Jonatã, filho de Abiatar, que previamente servira como correio de novas para Davi durante a insurreição de Absalão, agora foi avisar Adonias da frustração da trama. O Rei Salomão não tomou medidas imediatas contra Abiatar, mas, quando a evidência indicava que a trama ainda estava latente, ordenou a morte de Adonias e de Joabe, e baniu o sacerdote Abiatar de Jerusalém, dizendo: “Vai para Anatote, para os teus campos! Pois mereces a morte; mas neste dia não te entregarei à morte, porque carregaste a arca do Soberano Senhor Jeová diante de Davi, meu pai, e porque foste atribulado durante todo o tempo que meu pai foi atribulado.” (1Rs 2:26)

*** it-1 p. 18 Abiatar ***
No entanto, 1 Reis 2:26 mostra que Salomão enviou Abiatar para os seus campos em Anatote, e, embora Anatote não fosse longe de Gibeão, a ordem de Salomão indica que Abiatar estava sendo removido de qualquer participação ativa no sacerdócio.

*** it-1 p. 128 Anatote ***
Foi para Anatote que Salomão baniu Abiatar, assim pondo fim à linhagem de sumos sacerdotes da casa de Eli. (1Rs 2:26)

(1 REIS 2:27)

“Portanto, Salomão expulsou a Abiatar do serviço de sacerdote de Jeová, para cumprir a palavra de Jeová, que ele havia falado contra a casa de Eli, em Silo.”

*** it-1 p. 18 Abiatar ***
Zadoque foi então designado para substituir Abiatar em sua posição sacerdotal, e, com isto, o cargo de sumo sacerdote passou de novo para a linhagem de Eleazar, filho de Arão; e a linhagem sacerdotal da casa de Eli terminou completamente, em cumprimento da profecia de 1 Samuel 2:31. — 1Rs 2:27; 1Sa 3:12-14.

(1 REIS 2:34)

“Então subiu Benaia, filho de Jeoiada, e lançou-se sobre ele e entregou-o à morte; e ele foi enterrado em sua própria casa, no ermo.”

*** it-1 p. 819 Enterro, lugares de sepultamento ***
O lugar talvez fosse perto da casa da pessoa, possivelmente num jardim (1Sa 25:1; 1Rs 2:34; 2Rs 21:25, 26); a expressão “na sua casa” não significa dentro do prédio, conforme mostra a comparação de 2 Crônicas 33:20 com 2 Reis 21:18.

(1 REIS 2:39)

“E sucedeu, ao fim de três anos, que dois escravos de Simei puseram-se a fugir para Aquis, filho de Maacá, rei de Gate; e pessoas vieram contar isso a Simei, dizendo: “Eis que os teus escravos estão em Gate.””

*** it-2 p. 182 Gate ***
Durante o reinado de Davi, Gate e suas aldeias dependentes passaram para mãos israelitas. (1Cr 18:1) Alguns homens de Gate tornaram-se apoiadores leais de Davi, e quando Davi fugiu de Absalão, havia 600 geteus entre os que o acompanhavam. (2Sa 15:18) Mas, durante o domínio de Salomão, Aquis ainda é mencionado como rei de Gate. (1Rs 2:39-41) Evidentemente, Aquis era príncipe vassalo, e não rei no sentido costumeiro. (Veja SENHORES DO EIXO.) Roboão, sucessor de Salomão, reconstruiu e fortificou Gate. — 2Cr 11:5-8.

Clique na imagem para Baixar informações completas em arquivos digitais para Computador, Tablet computer, Smartphone

Baixar informações para o estúdio pessoal para Computador, Tablet computer, Smartphone

Baixar informações para o estúdio pessoal para Computador, Tablet computer, Smartphone