Pesquisar conteúdo aqui

Custom Search

Destaques de Juízes 11-14 - Escola do Ministério Teocrático

Escola do Ministério Teocrático - Informações para o estudo pessoal

Leitura da Bíblia: Juízes 11-14 (8 min)

(Juízes 11:1)

Ora, Jefté, o gileadita, tornara-se homem poderoso, valente, e ele era filho duma mulher prostituta, e Gileade veio a ser o pai de Jefté.

*** it-2 p. 371 Ilegítimo ***
Alguns comentaristas afirmam que Jefté era filho ilegítimo, mas isso não é correto. A Bíblia não diz que ele era filho ilegítimo; diz que “era filho duma mulher prostituta”. (Jz 11:1) Como Raabe, que havia sido prostituta mas se casou com o israelita Salmom, a mãe de Jefté sem dúvida casou-se honrosamente, e Jefté não era filho ilegítimo como tampouco o era o filho de Salmom e Raabe, que era ancestral carnal de Jesus Cristo. (Mt 1:5) Provavelmente, a mãe de Jefté era esposa secundária de Gileade, e Jefté talvez até mesmo tivesse sido o primogênito de Gileade. Ele não poderia ter sido membro da congregação de Israel se fosse filho ilegítimo, e seus meios-irmãos, que o expulsaram, não poderiam legalmente ter pedido que se tornasse cabeça sobre eles. (Jz 11:2, 6, 11) Que Jefté talvez tenha sido o filho duma esposa secundária não o tornaria ilegítimo. O filho duma esposa secundária tinha os mesmos direitos de herança que o filho de uma esposa favorita, como a Lei declara em Deuteronômio 21:15-17.

*** it-2 p. 480 Jefté ***
Jefté Era Filho Legítimo. A mãe de Jefté era “prostituta”, o que não significa, porém, que Jefté nascesse como fruto da prostituição ou que fosse ilegítimo. Sua mãe tinha sido prostituta antes de casar-se com Gileade, como esposa secundária dele, assim como Raabe tinha sido prostituta, mas, depois, casou-se com Salmom. (Jz 11:1; Jos 2:1; Mt 1:5) Que Jefté não era filho ilegítimo é comprovado por ele ter sido expulso por seus meios-irmãos, filhos da esposa primária de Gileade, para que não tivesse parte na herança. (Jz 11:2) Adicionalmente, Jefté veio mais tarde a ser o líder aceito dos homens de Gileade (dentre os quais os meios-irmãos de Jefté parecem ter sido os principais). (Jz 11:11) Ademais, ele ofereceu sacrifício a Deus no tabernáculo. (Jz 11:30, 31) Nada disso teria sido possível a um filho ilegítimo, pois a Lei declarava de modo específico: “Nenhum filho ilegítimo pode entrar na congregação de Jeová. Mesmo até a décima geração não pode entrar ninguém seu na congregação de Jeová.” — De 23:2.

*** it-2 p. 481 Jefté ***
Viram a necessidade de liderança e de orientação corretas. (Jz 10:18) Deram-se conta de que tinham de ter como cabeça um homem designado por Deus, se é que haviam de derrotar Amom. (Jz 11:5, 6, 10) Sem dúvida, Jefté e seus homens tinham realizado alguns feitos em Tobe, o que sugeria que ele era o escolhido por Deus. (Jz 11:1) Os homens de Gileade decidiram dirigir-se a Jefté, a quem tinham desprezado, para pedir-lhe que se tornasse seu cabeça.

(Juízes 11:2)

E a esposa de Gileade dava-lhe à luz filhos. Quando os filhos da esposa se tornaram grandes, passaram a expulsar Jefté e a dizer-lhe: “Não deves ter herança na casa de nosso pai, por seres filho de outra mulher.”

*** it-2 p. 480 Jefté ***
Que Jefté não era filho ilegítimo é comprovado por ele ter sido expulso por seus meios-irmãos, filhos da esposa primária de Gileade, para que não tivesse parte na herança. (Jz 11:2)

(Juízes 11:3)

Assim, Jefté fugiu por causa de seus irmãos e passou a morar na terra de Tobe. E homens ociosos foram juntar-se a Jefté e saíam com ele.

*** w07 15/5 p. 8 Jefté cumpriu o voto que fez a Jeová ***
E Jefté tinha seus próprios problemas. Seus gananciosos meios-irmãos o haviam expulsado de casa a fim de roubar a herança dele. Jefté mudou-se para Tobe, uma região a leste de Gileade que era vulnerável ao ataque dos inimigos de Israel. “Homens ociosos”, que provavelmente tinham perdido o emprego por causa dos opressores ou se rebelado contra a servidão a eles, juntaram-se a Jefté. Esses homens “saíam com ele”, o que talvez signifique que o acompanhavam nas suas incursões contra vizinhos hostis.

*** it-2 p. 480 Jefté ***
“Homens Ociosos” Juntaram-se a Jefté. Quando Jefté foi expulso por seus meios-irmãos, passou a morar na terra de Tobe, região ao L de Gileade, aparentemente fora dos limites de Israel. Ali Jefté estaria junto à fronteira, exposto aos inimigos estrangeiros de Israel, em especial Amom. “Homens ociosos”, isto é, homens evidentemente tornados ociosos ou desempregados por causa da hostilidade dos amonitas, e que se revoltaram contra a servidão a Amom, dirigiram-se a Jefté e se colocaram sob seu comando. (Jz 11:3) As pessoas que viviam no território ao L do rio Jordão (as tribos de Rubem, Gade e metade de Manassés) eram mormente criadores de gado, e as pilhagens efetuadas pelos incursores amonitas (que por vezes até cruzavam o Jordão), pelo que transparece, haviam tirado os bens e os meios de vida de muitos dos habitantes de Gileade. — Jz 10:6-10.

Baixar informações completas em arquivos digitais para Computador, Tablet computer, Smartphone


Baixar informações para o estúdio pessoal para Computador, Tablet computer, Smartphone

Baixar informações para o estúdio pessoal para Computador, Tablet computer, Smartphone