Pesquisar conteúdo aqui

Custom Search

Macronutrientes: Fibra dietética

Fibra dietética

Durante muito tempo acreditado que fibra dietética não era necessário para o ser humano, desde que o nosso sistema digestivo não tem as enzimas necessárias para degradar e assim digeri-lo. No entanto, estudos têm mostrado que a fibra é uma parte essencial da nutrição das pessoas atualmente sendo recomendadas a ingestão diária, essenciais para mais saudável e equilibrada.

Como a fibra é classificada

Existem dois tipos de fibras, com características específicas, dependendo de sua solubilidade na água:
Fibra insolúvel
Presente no pão, cereais de grãos integrais e seus derivados, bem como nozes. É responsável para o bom trânsito intestinal, diminuindo a constipação, uma vez que o sistema digestivo não contém quase nenhuma bactéria intestinal capaz de degradá-la.
Fibra solúvel
É capaz de absorver água facilmente, contribuindo para a diminuição da absorção de açúcar, colesterol e triglicérides no trato digestivo, reduzindo assim a presença de doença cardiovascular, evitando o aparecimento de constipação, hemorróidas e diabetes.
Há enzimas digestivas capazes de digerir isso. Eles estão presentes em frutas, verduras e legumes.

Fontes de fibra dietética

Nós pode ser encontrados em vários alimentos, sendo todos eles exclusivamente de origem vegetal, como:
  • Cereais.
  • Farinhas integrais (aveia, trigo, cevada, centeio, milho e arroz).
  • Vegetais.
  • Frutas.
  • Frutos secos.
  • Verduras e legumes.

Funções das fibras alimentares

A fibra dietética tem funções diferentes no corpo, incluindo:
  • Absorção de água. Aumenta o volume das fezes, tornando-os mais fluido, facilitando a sua deportação. Assim, ajuda a combater a constipação e reduzir a possível ocorrência de hemorróidas.
  • Aumenta a sensação de saciedade. Fibras insolúveis não adiciona calorias. Isso incha com água, causando a sensação de saciedade, especialmente beneficiando aqueles que têm problemas de peso.
  • Reduz os níveis de colesterol circulante. Uma dieta de fibras solúveis pode reduzir o mau colesterol (LDL), uma vez que este tipo de fibra é capaz de cobrir as paredes do intestino, impedindo a absorção de colesterol do alimento.
  • Possível efeito protetor contra o câncer de cólon, mama e próstata. Para reduzir a possível ocorrência de diabetes: fibra solúvel retarda a absorção de carboidratos de alimentos consumidos, evitando assim agudamente aumentar o açúcar no sangue após as refeições.
  • Ajudar o crescimento de bactérias intestinais que são muito benéficas para o nosso corpo.

Necessidades de fibra na dieta

Quando falamos sobre as necessidades de fibra na dieta, temos de distinguir entre diferentes idades:
  • Em crianças, a quantidade necessária é calculada da seguinte forma: para a idade que tem a criança é composta por cinco unidades, com o resultado sendo a quantidade de fibra recomendada.
  • Em adultos, a dose recomendada é 25 gramas de fibra diariamente. Este montante pode ser conseguido facilmente, se tivermos em conta que um simples prato de feijão traz cerca de 20 gramas de fibra, uma das ervilhas são cerca de 13 gramas ou uma acelga e 5 gramas de fibra.

Desvantagem do consumo excessivo de fibra

A ingestão de grandes quantidades de fibras tem efeitos nocivos sobre a saúde, portanto, não é aconselhável abusar deste tipo de alimentos, porque eles podem causar gases, diarréia, dor abdominal e náusea.
Além disso, seu excesso impede a Agência captura essenciais como minerais cálcio, ferro e zinco, desde fibras insolúveis tendem a ser anexado a um composto ácido fítico, minerais, juntar-se o complexo, impedindo sua absorção pelo organismo.
Artigo fornecido para fins educacionais
Saúde e Bem-Estar