Conceito e Definição de barroco | Significado e Importância de barroco


O barroco foi um período cultural que foi desenvolvido no início do século XVII, em Roma, Itália. É geralmente localizado entre o renascimento e neoclássico. Ele tem sido considerado por muitos autores como a arte da contra-reforma ou o absolutismo Europeu, mas também afirma que é um conjunto de tendências desenvolvido no tempo, sem necessariamente estar ligada a qualquer governo ou religião. Apesar de ter sido, em algum momento, um termo pejorativo, o barroco hoje é admirado por produzir grandes obras em pintura, escultura, arquitetura, música e literatura.
O termo barroco foi criado pela crítica após o período. Se trata do barroco português, que significa "pérola irregular" ou "jóia falsa". Por um longo tempo, o termo foi usado de forma negativa, para criticar a arte do período como sobrecarregado, irracional e com muitas decorações e ênfase. Em 1888, Heinrich Wölfflin novamente usou o termo para diferenciar o barroco renascentista, como estilos opostos. Apenas no século XIX, o barroco foi apreciado por Jacob Burckhardt, Benedetto Croce e Eugenio D'Ors.
O barroco surgiu por volta do ano 1600, como resultado do desejo de uma nova arte na época. Geralmente, pensei que o barroco foi uma inspiração do cânon promulgado no Concílio de Trento, onde a Igreja Católica, transformou a arte figurativa, exigindo que pinturas e esculturas das igrejas falam com analfabetos em vez de ao aprendido e incentivados para terminar aduaneira paga artistas evitando os escândalos que estavam ambos no renascimento e nus. No entanto, o barroco surgiu uma geração mais tarde, no século XVII. Este período caracterizou-se pelo grande equilíbrio que existia entre a ciência e a razão e entre metafísica e religião. Houve mudanças políticas e económicas, descobertas e expansão geográfica, tudo isso enquanto a humanidade está preocupada com experiências religiosas.
O barroco foi uma mudança de consentimentos do estilo intelectual da arte maneirista para um estilo mais focado em sentido e natureza, propensa a decoração exagerada e abundante. Dos destaques da temporada foi Caravaggio, que pintou a natureza como ele a viu e tornou-se o criador do naturalismo, um fluxo que foi seguido por muitos outros artistas. Em geral, o barrocos temas mitológicos, religiosos e também retrato; tratadas, principalmente, todos eles com a nova visão naturalista, no qual os artistas expressaram paixão, emoção e sentimentos em geral. Mais tarde, há outras questões importantes como paisagismo e gênero de pintura, com temas do cotidiano.
Em muitas ocasiões, tem sido pensado que o barroco coexistiam com classicismo, como duas correntes concorrentes. Atualmente, afirma que o classicismo era um membro atual do barroco. Foi criado pelos pintores Carracci, que sugeriu para refletir um ideal com base na arte clássica. As obras de classicista apresenta uma realidade embelezada por artistas, de acordo com seu ponto de vista. Destaca o francês Poussin e Claudio de Lorena. Uma outra corrente do barroco foi criado pelo pintor das abóbadas e tetos, Pietro de Cortona, que era chamado de cortonismo. É caracterizada por espaços abertos, decorativos e dar efeitos ilusionistas. Além disso, inclua B. Gaulli e Andrea de el Pozzo. No retrato, disse Rembrandt, considerado o mestre do estilo e cultivador de todos os gêneros.
Em termos de escultura barroca, luz, espaço e tempo prevaleceram como os três elementos mais importantes da arte barroca. Figuras humanas são a energia e o movimento dinâmico, ocupar o espaço que os rodeia e obter um efeito de continuidade. Usado muitas figuras angelicais com vários modos de exibição. Também foram utilizados elementos externos, tais como luzes escondidas e fontes de água. Destaca o escultor Aleijadinho e também o arquiteto e escultor Bernini, considerado o mais importante escultor do barroco.
Relativas à arquitetura, marcado estilos diferentes nos países europeus. Itália, dominaram a arquitetura religiosa com edifícios de oval de plantas, reciprocidade de espaços côncavos e convexos para um grande efeito de luz e sombra. Salienta mais uma vez Bernini, com inúmeras obras como a Praça de São Pedro. Também destacou o arquiteto Barromini. Na França, a arquitetura focada em planejamento urbano e a monumentalidade dos seus palácios. As formas eram simples e elegante, típica do classicismo. Mais tarde, ele adquiriu mais pomposa, com obras como o Palácio de Versalhes, os arquitetos Le Vau, Mansart e Le Brun. Em geral, a arquitetura barroca se destaca pela imponência e grandiosidade, com fachada com pilastras, colunas, estátuas e relevos vigorosos.
O termo barroco serve também para nomear o estilo da música do período barroco. Compartilha alguns princípios estéticos da arte barroca, como por exemplo o gosto para a ornamentação. No barrocos concertos e sinfonias, também as óperas, que marcou o início da música barroca no 1600 nasceu. Indicados: Vivaldi, Bach e Handel foram as figuras de destaques do período.
Finalmente, a literatura barroca expressa novos valores expressados por meio de metáforas e alegorias. Procurámos virtude, realismo e preocupação com detalhes. Na literatura espanhola, foi a chamada idade de ouro dos escritores. Eles salientaram Luis de Góngora e Francisco de Quevedo y Villegas.
Traduzido para fins educacionais
Significados, definições, conceitos de uso diário