Não é possível agradar a todos - Parábolas e Histórias para Educar em Valores

Parábolas e histórias para educar em valores

Indice de Parábolas e histórias para educar em valores


Um homem decidiu ir ao mercado com seu filho de doze anos de idade. Eles montagem os dois na sua mula e comprometeu-se a marcha. Tempo, as pessoas que foram encontrados na estrada, começou a murmurar e dizer:
-Que os abusadores! Eles não tem menor consideração com o pobre animal. Eles vão estourar de cansaço. Como é acontece ir ambos sobre o montado na mula!
Para ouvir estas críticas, o pai decidiu continuar a viagem a pé e caiu da mula. Em breve, no entanto, ouvir novas críticas daqueles que estavam em sua marcha:
-A juventude de hoje perdeu todo o respeito e educação. Vi Tulieries: que montado o garoto da mula na flor da vida e o pai pobre andando!
O menino caiu da mula e pai montou por isso vai continuar ao longo da estrada. Mais uma vez, imediatamente podiam ouvir os murmúrios:
-Homem tão imprudente!: bem tranquilazo a mula e a pobre menino a pé. Olha lá homens sem alma... Considerado e tratado seus filhos como escravos.
Então o pai disse ao filho:
-Só precisamos de tanto carregar a mula e tenho certeza de que também nos ridicularizado. Nos consertar os dois na besta, que é o que eu acho mais adequado, e os outros dizem e pensam o que quiserem.
(Releitura da fábula de Lafontaine)
Nós ensinamos a agir de forma consistente, de acordo com o que podemos pensar e acreditar, sem ser hélices que se movem para baixar golpe de opinião. Ensine a ser pessoas capazes de agir como homens de pensamento e pensar como homens de ação. Sim, temos sempre de ouvir os outros, mas vamos e ao processo de suas palavras, para o fim do que nós dizemos e descobrir por que eles dizem-nos, para que nós sempre mantemos uma posição firme contra supostas informações, rumores, moda, publicidade e valores...
Aprendemos a ouvir, a rejeitá-las e não segui-las, as mensagens do propagador de falsas ilusões, que semeiam o desânimo e desespero. Nós escutamos e siga aqueles cujas palavras dão vida, estimulam, incentivam o entusiasmo e a esperança...
Hoje, a maioria das pessoas, tentando ser autêntico e original, fazer o que você está dito para fazer, é transportada pelas modas, o que dizem, pela publicidade, pelas opiniões dos outros. Pense emprestou, criar e repetir o que ouvem. Cada vez mais confuso mais e mais idéias com propaganda, vozes com ruído, comunicação com ligação por telefone e conversa oca.
Uma educação que ensine como ser original, a pensar com a própria cabeça e agir em conformidade, digam o que disserem, acho que o que os outros pensam que é urgentemente necessária. Educação para a autenticidade: para ajudar a conhecer, a ser avaliada e se envolver em uma vida plena e autêntica. Para fazer isso, precisamos de verdadeiros educadores, ativamente envolvidos na construção da sua própria plenitude.
O HOMEM É...
O homem é irracional, ilógico e ignorante... não importa, aceitá-lo!
Se você faz bem, dizem que seus propósitos são egoístas... não importa, fazer o bem!
Se você fizer seus objetivos, você vai encontrar falsos amigos e verdadeiros inimigos... não importa, fazê-los!
Ele, ao invés de você fazer hoje, amanhã ninguém lembrará lo... não importa, faça bem!
Honestidade e sinceridade fazem-te vulnerável... não importa, ser franco e honesto!
O anos tem construído pode ser destruído em um segundo... não importa, construir!
Se ajuda as pessoas dirão que você tem interesses... não importa, ajudá-la!
Dar ao mundo o melhor de ti, embora você receber chutes... não importa, dá o melhor de ti! (Madre Teresa de Calcutá)

Traduzido para fins educacionais