Química Orgânica – Definição de Química Orgânica

Significado de Química Orgânica

A palavra egípcia keme tornou-se em química, uma ciência orientada para a análise da composição, propriedades, estrutura e alterações de importância. Esta ciência está relacionada com a alquimia da antiguidade.
É possível reconhecer diferentes tipos de produtos químicos de acordo com seu objeto de estudo. Química orgânica concentra-se em substâncias cujas moléculas são carbono. Isto significa que essa química orgânica estuda carbono, compostos de carbono-carbono com ligações covalentes ou caso contrário.

O desenvolvimento da química orgânica está ligado à criação de determinadas metodologias para análise de substâncias vegetais e animais. Com o uso de solventes, os cientistas começaram a isolar e sintetizar várias substâncias orgânicas.
Em suma, com base na química orgânica, é carbono. Os átomos deste elemento químico tem uma camada de Valência com quatro elétrons. Para completá-lo, você deve formar quatro ligações com outros átomos, de acordo com a chamada regra de byte. A formação de ligações covalentes é simples de carbono, que atinge sua estabilidade através da criação de ligações com outros carbonos em cadeia fechada ou aberta.
Compostos orgânicos podem ser definidos de maneiras diferentes de acordo com a funcionalidade, origem, etc. Química orgânica, neste sentido, falar de proteínas, lipídios, carboidratos, álcoois, hidrocarbonetos e outros compostos.
Dado que os seres vivos são compostos de diferentes moléculas orgânicas, este ramo da química é muito importante para compreender a vida.

Questões similares:

Conceito de Química Orgânica
Que é Química Orgânica

 Definição de Química Orgânica ‒ Significado de Química Orgânica