O incrível processo de parto


A longa espera chegar ao fim. Nove meses e acarinhado bebê está prestes a nacer.* até então, colo do útero da mãe manteve-se firmemente fechado, mantendo o feto segura no interior do útero. Mas chega um momento em que o colo do útero perde espessura, amolece e relaxa. Começa o milagre do nascimento.

O que desencadeia o maravilhoso processo do parto? Dentre os vários fatores envolvidos, há dois que chamar especialmente a atenção. O primeiro é a liberação de ocitocina, um hormônio que é produzido no cérebro tanto homens como mulheres. Quando você iniciar o parto, as mulheres grávidas libera uma grande quantidade de ocitocina que faz com que, de um lado, a dilatação do colo do útero e, por outro, a contração do útero.


Que permanece um mistério é como a hipófise que libera esse hormônio, sabe quando é tempo de cumprir este papel. O livro a incrível jornada. Explorar o corpo humano explicou: "o cérebro da mãe [...], por algum motivo, visto que a gravidez terminou e que chegou o momento que a poderosa musculatura uterina [...]" assuma sua tarefa curta mas heróica no parto".

O segundo fator é o papel da placenta, que não produz progesterona. Durante a gravidez, a progesterona impediu que tinham fortes contrações. Mas sem o efeito desse hormônio, o útero começa a contrair. Normalmente entre oito e treze horas após o parto, o bebê é empurrado para fora através do colo do útero, agora relaxou e dilatadas. Posteriormente também expulsa a placenta.

O processo de nascimento

1.-placenta
2.-colo do útero
3.-vagina


Posição do feto antes do nascimento

Deslocamento do feto no canal do parto

Dilatação do colo do útero

Expulsão do feto

Os recém nascidos devem se adaptar rapidamente a novas condições de vida, muito diferente do útero. Por exemplo, durante a sua vida uterina tinha pulmões cheios de líquido amniótico, que expulso quando ele atravessou o canal de parto. Agora, os pulmões devem preencher ar para iniciar a respiração, algo que muitas vezes acompanhado pelo primeiro grito. Mudanças radicais ocorrem também no coração e no resto do sistema circulatório. O Forame oval, ligando os dois átrios do coração, fecha; e o mesmo acontece com um vaso sanguíneo que impediu que circulam o sangue através dos pulmões. Isso permite que o sangue ser reinterpretadas através dos pulmões, onde ele pode absorver o oxigênio. É surpreendente que o bebê se adaptar ao mundo exterior é tão rápido.

Do começo ao fim, o processo de nascimento nos faz pensar nesta declaração bíblica: "Para tudo há um tempo designado, ainda um tempo para cada assunto debaixo do céu". Que inclui a "hora de nascimento" (eclesiastes 3:1, 2). Com certeza vai concordar que esta série de mudanças físicas e bioquímicas que ocorrem em questão de horas, são a clara prova que podemos ter sido desenhados por um criador, o que a Bíblia chama de "a fonte da vida" (Salmo 36:9; Eclesiastes 11:5).

** A gestação dura geralmente entre 37 e 42 semanas.

Publicado em Despertai! De janeiro de 2011