Pular para o conteúdo principal

Desempenhem bem o papel de pais

Desempenhem bem o papel de pais


Você se lembra da primeira vez que segurou seu bebê recém-nascido?

Pouco tempo depois talvez tenha se sentido assustado só de pensar nos desafios que enfrentaria para criar seu filho nos muitos anos à frente. Você logo sentiu o peso dessa responsabilidade em seus ombros.

SEMPRE foi desafiador criar filhos, mas hoje é mais ainda. Por quê? Porque o mundo está mais complicado do que na época em que você era criança. Alguns dos desafios morais que os filhos enfrentam — ao usar a internet, por exemplo — nem sequer existiam algumas décadas atrás.

Como você pode ajudar seu filho a não cair nas armadilhas morais de nosso mundo moderno? Seguem três sugestões.

1 Deixe claro quais são seus valores.


À medida que crescem, os filhos são bombardeados por informações falsas sobre moralidade — algumas vindas de seus colegas e a maior parte vinda da mídia. Essas más influências ficam mais evidentes quando os filhos entram na adolescência. Mas pesquisas mostram que, quando se trata de tomar decisões importantes na vida, muitos adolescentes valorizam mais o ponto de vista dos pais do que o de seus colegas.

O que você pode fazer. Os pais no Israel antigo eram incentivados a conversar com os filhos frequentemente para ensinar-lhes bons valores. (Deuteronômio 6:6, 7) Faça o mesmo. Por exemplo, se você segue os padrões morais da Bíblia, diga a seu filho por que você acha que fazer isso é a melhor maneira de viver.

2 Ajude seu filho a saber que haverá consequências.


A Bíblia diz: “O que o homem semear, isso também ceifará.” (Gálatas 6:7) O princípio de causa e efeito pode ser observado em praticamente todos os aspectos da vida. Pense na sua infância. Sem dúvida, as lições mais marcantes que você aprendeu foram aquelas em que teve de arcar com as consequências de suas ações.

O que você pode fazer. Usando exemplos reais, explique como pessoas que fizeram coisas erradas foram prejudicadas e como as que fizeram coisas certas foram beneficiadas. (Lucas 17:31, 32; Hebreus 13:7) Além disso, não proteja seu filho das consequências dos erros dele. Por exemplo, imagine que ele quebrou um brinquedo de outro menino por falta de cuidado. Você poderia exigir que ele desse um de seus brinquedos para o outro menino. Seu filho se lembrará por um bom tempo dessa lição sobre respeitar o que é dos outros.

3 Ajude seu filho a desenvolver um bom caráter.


Um provérbio bíblico diz: “A criança mostra o que é pelo que faz; pelos seus atos a gente pode saber se ela é honesta e boa.” (Provérbios 20:11, Bíblia na Linguagem de Hoje) À medida que crescem, as crianças desenvolvem um padrão de comportamento que define quem elas são. Infelizmente, algumas ficam conhecidas por más qualidades. (Salmo 58:3) Mas outras criam uma reputação elogiável. Por exemplo, numa carta a uma congregação, o apóstolo Paulo escreveu sobre o jovem adulto Timóteo: “Não tenho a nenhum outro de disposição igual à dele, que cuidará genuinamente das coisas referentes a vós.” — Filipenses 2:20.

O que você pode fazer. Além de enfatizar as consequências, conforme já considerado, ajude seu filho a pensar nas qualidades pelas quais ele quer ser conhecido. Quando se deparam com desafios, os jovens podem aprender a tomar boas decisões por se fazer as seguintes perguntas:

Que tipo de pessoa quero ser? — Colossenses 3:10.
O que uma pessoa assim faria nesta situação? — Provérbios 10:1.

A Bíblia contém muitos exemplos reais de homens e mulheres cujas ações os definiram como bons ou maus. (1 Coríntios 10:11; Tiago 5:10, 11) Use esses exemplos para ajudar seu filho a desenvolver um bom caráter.

As publicações das Testemunhas de Jeová podem ajudar você a ver como pôr em prática os princípios da Bíblia em sua família e como ajudar seus filhos a fazer o mesmo.



Fonte de Informação e Imagem: Despertai! de outubro de 2012

Posts mais vistos

Bigamia - Definição, conceito, significado, o que é Bigamia

Bigamia: definições, conceitos e significados Definição de bigamia Bigamia. O status do homem ou a mulher casada com duas pessoas ao mesmo tempo. Não é permitido no mundo ocidental.
Bigamia é um termo jurídico que se refere à situação que ocorre quando uma pessoa entra em qualquer número de casamentos 'secundários', além do original, que é reconhecido legalmente; e você pode ser punido com prisão. Muitos países têm leis específicas que proíbe a bigamia e considerado crime qualquer casamento infantil.
Bigamia entra a classificação da poligamia, que é mais geral. Isso gera:
"O tipo de casamento em que é permitido para uma pessoa ser casada com várias pessoas ao mesmo tempo."
De acordo com esta definição:
• Poligamia decompõe-se em: "poli = muitos" e "veado = casamento", referindo-se aos "vários casamentos".
Tempo:
• Bigamia é decomposto em: "bi = dois" e "veado = casamento", referindo-se ao "apenas doi…

O que é demisexualidad | Conceitos de Psicologia.

O que é demisexualidad?Desde o final do século XX, a sexualidade tornou-se um muito menos tabu e colonizou todas as esferas da vida. Sexo na arte, ciência sexo, sexo na família e até mesmo na escola. Afinal, não há nada de errado: Se você falar mais de sexo, mais se sabe, vai ter menos preconceitos e é muito mais saudável e responsável.Os seres humanos são seres sexuais desde o nascimento até a nossa morte e, portanto, a sexualidade é parte de todos os aspectos de nossa personalidade. A sexualidade é muito mais do que atração sexual e relacionamentos, portanto, mesmo se uma pessoa não experimentar desejos sexuais de qualquer tipo, é um erro chamar assexuada e que, além de não sentir atração sexual, a pessoa continua a ser um ser sexual.
Mas vamos deixar de lado a assexualidade chamada e se concentrar por um momento sobre a demisexualidad. Sobre o que é isso? É uma condição física? Será que a orientação sexual? Ou o que?
O que é exatamente o demisexualidad?O demisexualidad não é …

Sammu-Ramat e Semiramis: A inspiração e o mito | Origem e História

por Joshua J. Mark Sammu-Ramat (reinou 806-811 A.C.) foi a rainha regente do Império Assírio, que ocupou o trono para seu filho Adad Nirari III até que ele atingiu a maturidade. Ela também é conhecida como Shammuramat, Sammuramat e, principalmente, como Semiramis. Esta última designação, "Semiramis", tem sido a fonte de controvérsia considerável para mais de um século, como estudiosos e historiadores discutem se Sammu-Ramat foi a inspiração para os mitos relativos a Semiramis, se Sammu-Ramat governou até a Assíria e se Semiramis existiu como uma personagem histórica real. O debate vem acontecendo há algum tempo e não susceptível de ser conclui uma maneira ou outra num futuro próximo mas, ainda assim, parece possível que sugerem a possibilidade que as lendas de Semiramis eram, na verdade, inspirado o reinado da rainha Sammu-Ramat e tem sua base, se não em seus atos reais, então pelo menos na impressão ela fez sobre o povo de seu tempo.

Semiramis, recebendo a pa…