Pular para o conteúdo principal

Quais são as diferentes abordagens de desenvolvimento comunitário?

Existem muitas abordagens diferentes para o desenvolvimento da Comunidade que são projetadas para trazer algum tipo de alteração necessária para as pessoas que vivem em comunidade. Muitas dessas abordagens envolvem usando os recursos já presentes no interior da Comunidade ou complementando-los com algum outro tipo de assistência social ou económica. Fortalecimento de relacionamentos e famílias dentro de uma comunidade são os principais benefícios do desenvolvimento comunitário baseado na fé. Desenvolvimento comunitário baseado em ativos envolve usando os pontos fortes e experiências já existentes dentro de uma comunidade para agir e alcançar objetivos. Algumas abordagens para o desenvolvimento da Comunidade envolvem o poder combinado de agências governamentais e corporações para melhorar a economia local e promover a mudança social. De todas as abordagens ao desenvolvimento comunitário, o modelo baseado na fé pode ser uma das mais bem conhecidas. Ao longo da história, as instituições religiosas desempenharam um papel importante na melhoria da qualidade de vida para todos os membros de uma comunidade. Igrejas locais são especialmente aptos a nutrir relações de longo prazo com os indivíduos e famílias em muitos aspectos de suas vidas. Desde que as igrejas são uma presença constante e membros da Igreja normalmente residem na comunidade envolvente, desenvolvimento comunitário baseado na fé é facilmente implementado. Por exemplo, uma igreja em Houston, Texas criou uma parceria com a Federal National Mortgage Association (Fannie Mae) para fornecer hipotecas arranjadas especialmente para aqueles em que determinada comunidade.
Programas baseados em ativos fornecem mais uma das abordagens mais eficazes para o desenvolvimento da Comunidade. Utilizando os talentos e habilidades dos seus próprios membros, essa abordagem funciona para focalizar seus ativos ao invés de suas necessidades ou problemas de uma comunidade. Estes programas de desenvolvimento comunitário normalmente fornecem incentivo ou incentivo para membros da Comunidade a se envolver mais em negócios, educação ou governo local. Programas da comunidade baseada em ativos normalmente determinam vários recursos e ativos de indivíduos, instituições, e associações que já existem na Comunidade. Colaboração entre esses grupos destina-se a trazer membros da Comunidade para atender necessidades específicas, tomar as medidas adequadas e objetivos específicos para melhorar a Comunidade.
Desenvolvimento económico comunitário envolve mais do que apenas fornecer assistência econômica para uma área empobrecida. Esta é provavelmente a mais abrangente de todas as abordagens ao desenvolvimento comunitário. Este conceito utiliza uma abordagem de toda a Comunidade e combina os princípios do desenvolvimento comunitário baseado em ativos com a ajuda do local, regional, ou agências de governo nacional e as corporações. Essas abordagens de desenvolvimento comunitário não são destinadas a explorar os recursos de uma comunidade. Pelo contrário, o objetivo final de desenvolvimento económico comunitário é combinar a força de várias empresas comunitárias, organizações sem fins lucrativos e grandes empresas para melhorar o bem-estar económico, social e cultural da Comunidade.

Posts mais vistos

Bigamia - Definição, conceito, significado, o que é Bigamia

Bigamia: definições, conceitos e significados Definição de bigamia Bigamia. O status do homem ou a mulher casada com duas pessoas ao mesmo tempo. Não é permitido no mundo ocidental.
Bigamia é um termo jurídico que se refere à situação que ocorre quando uma pessoa entra em qualquer número de casamentos 'secundários', além do original, que é reconhecido legalmente; e você pode ser punido com prisão. Muitos países têm leis específicas que proíbe a bigamia e considerado crime qualquer casamento infantil.
Bigamia entra a classificação da poligamia, que é mais geral. Isso gera:
"O tipo de casamento em que é permitido para uma pessoa ser casada com várias pessoas ao mesmo tempo."
De acordo com esta definição:
• Poligamia decompõe-se em: "poli = muitos" e "veado = casamento", referindo-se aos "vários casamentos".
Tempo:
• Bigamia é decomposto em: "bi = dois" e "veado = casamento", referindo-se ao "apenas doi…

O que é demisexualidad | Conceitos de Psicologia.

O que é demisexualidad?Desde o final do século XX, a sexualidade tornou-se um muito menos tabu e colonizou todas as esferas da vida. Sexo na arte, ciência sexo, sexo na família e até mesmo na escola. Afinal, não há nada de errado: Se você falar mais de sexo, mais se sabe, vai ter menos preconceitos e é muito mais saudável e responsável.Os seres humanos são seres sexuais desde o nascimento até a nossa morte e, portanto, a sexualidade é parte de todos os aspectos de nossa personalidade. A sexualidade é muito mais do que atração sexual e relacionamentos, portanto, mesmo se uma pessoa não experimentar desejos sexuais de qualquer tipo, é um erro chamar assexuada e que, além de não sentir atração sexual, a pessoa continua a ser um ser sexual.
Mas vamos deixar de lado a assexualidade chamada e se concentrar por um momento sobre a demisexualidad. Sobre o que é isso? É uma condição física? Será que a orientação sexual? Ou o que?
O que é exatamente o demisexualidad?O demisexualidad não é …

Farmacologia - Definição, conceito, significado, o que é Farmacologia

Definição de compêndio de Farmacologia ‒ de conceitos e significados 1. Definição de farmacologia Farmacologia (em grego, pharmacon (φάρμακον), drogas e logos (λόγος), ciência) é a ciência que estuda a origem, as ações e as propriedades das substâncias químicas sobre organismos vivos. Em um sentido mais restrito, é considerado o estudo da farmacologia da droga, é que aqueles têm efeitos benéficos ou tóxicos. Farmacologia tem aplicações clínicas quando substâncias são utilizadas no diagnóstico, prevenção e tratamento de uma doença ou para alívio de seus sintomas.
Você também pode falar de farmacologia como o estudo unificado de propriedades de substâncias químicas e organismos vivos e todos os aspectos de suas interações, orientados para o tratamento, diagnóstico e prevenção de doenças.
Farmacologia como ciência engloba o conhecimento da história, origem e uso de drogas, bem como suas propriedades físicas e químicas, associações, efeitos da droga no corpo e o impacto d…