Biografia de Richard Donner

Armas letais

24 de abril de 1930
O diretor e produtor Schwartzberg, conhecido como Richard Donner nasceu em Nova York, no Bronx, em 24 de abril de 1930. Aproximando-se do mundo do espectáculo com a idéia de seguir uma carreira como ator, mas em breve se move sobre a maneira de filmar comerciais. Para o final de 50 abordagens dos anos de televisão e dirigidos episódios de séries de televisão, incluindo a série western estrelado por Steve McQueen "Queria: Dead or Alive". Em sua carreira vai trabalhar em mais de 25 séries, incluindo "Get Smart," "Wild West", "Ilha de Gilligan", "o homem de 6 milhões de dólares," "Kojak". O seu é um famoso episódio de "the twilight zone", intitulado "Nightmare at 20,000 Feet". Além disso, ele era responsável pelo programa infantil "The Banana Splits" e da série "ilha de perigo". Seu primeiro filme é "X 15" (1961, estrelado por Charles Bronson): o drama de baixo orçamento militar, não tem sucesso e Donner retorna ao trabalho na tv.
Ao longo do tempo, Donner revela-se capaz de se adaptar a qualquer tipo de ambiente ou direção: seja um hospital ou uma trincheira, para lente inovadora, rápido ou reduzir a produção. Em 1963, dirigiu dois episódios da série "O fugitivo". Nos anos seguintes e até o início ' 70, vai ter que lidar com os mais bem sucedidos já séries de tv como "FBI" e "Jericho". Depois de anos de experiência atrás de nós, a glória vem quando Donner chamado atores como Marlon Brando, Gene Hackman e Christopher Reeve para seu filme-consagração. É a 1978 quando executado sob o "Superman", inspirado na história dos famosos quadrinhos por Jerry Siegel e Joe Shuster. Em 1980, assinando "os meninos do Bar do Max"; dois anos mais tarde participa na elaboração do segundo capítulo "o Super-homem 2". A 1985 é o ano do "Ladyhawke"; no mesmo período em colaboração com Steven Spielberg e Christopher Columbus, filme de assinatura "os Goonies".
Ao contrário, é de 1987, que ela dá à luz a idéia da primeira "máquina mortífera," com Danny Glover e Mel Gibson, escrita por Shane Black. O casal retorna com Donner para a sequela "máquina mortífera 2" (dois anos mais tarde) e "máquina mortífera 3" (1992), onde os protagonistas são Unidos por Joe Pesci. Seis anos depois voltam juntos para a última parcela em "Máquina Mortífera 4". Como um produtor então dedicou a blockbusters como "X-Men" assim como algumas séries de televisão. Volta no show business como diretor em 2003, no filme "Timeline", baseado no livro de Michael Crichton.
Artigo aportado pela equipe de colaboradores.