PESQUISAR CONTEÚDO

Custom Search

Biografia de Julio Cortázar

Experimentos com palavras

26 de agosto de 1914
12 de fevereiro de 1984
Julio Cortázar nasceu em 26 de agosto de 1914, em Bruxelas, os pais argentinos (seu pai, um diplomata, fica lá em uma missão naquele tempo). Estimado pelos Borges, muitas vezes comparada com Chekhov ou Edgar Allan Poe, Cortázar foi um grande escritor argentino em tipos de fantasia, mistério e metafísica. Suas histórias têm a característica especial de nem sempre seguir uma linearidade temporal; seus personagens também muitas vezes expressam uma análise psicológica profunda. Ele escreveu seu primeiro romance em nove anos de idade. O jovem Cortázar escondida direito as obras de Edgar Allan Poe e começa a tocar piano; Vou acrescentar mais tarde a estudar o trompete e o sax, apreciar a música jazz ao longo do tempo. Em 1932, ele obteve a sua licenciatura na "Escuela Normal Mariano Acosta", em seguida, ele se matriculou na faculdade de filosofia e letras, Universidade de Buenos Aires.
Quando ele foi oferecido a ensinar em uma cidade da província, dada a precária situação económica da família, aceito que abandonar seus estudos. Em 1938 ele publicou "Presencia", sua primeira coleção de poemas, sob o pseudônimo Julio Denis. No início da ' 40 publica artigos de críticos e ensaios sobre vários escritores como Rimbaud ou Keats. Depois de alguma experiência como tradutora, de 1952, trabalhou como um tradutor independente para a Unesco. Aurora do casamento Bernandez em 1953; Ela então traduzir todos os contos e a maioria dos ensaios por Edgar Allan Poe. Suas vidas passadas entre a França e Argentina encontrar frutos maduros em sua obra-prima "Rayuela, jogada no mundo," antinovel (o título originalmente seria "Mandala") no qual a experiência parisiense e a argentina se juntaram em um quebra-cabeça em que aparecem a um exato se complementam. O livro é composto de mais de 300 pontos, que deverá ser lido na ordem especificada pelo autor no início do romance, ou em ordem de aparição. Esta escolha subjetiva, deixando o leitor marca a maior originalidade do romance. Além deste recurso a ópera conta a história de todos os dias momentos confunde-se com uma análise filosófica da vida.
Artigo aportado pela equipe de colaboradores.

PESQUISAR CONTEÚDO

Custom Search

LINKS PATROCINADOS

ADDTHIS