Definição e Significado de Xantelasma

A Xantelasma é uma condição que se desenvolve em torno das pálpebras e manifesta-se através de gordos rebeliões na região. A aparência de uma Xantelasma, normalmente tem a ver com o desenvolvimento da síndrome metabólica ou hipercolesterolemia. A principal característica que apresenta a Xantelasma e permite-nos reconhecê-lo como tal é que é bilateral, ou seja, será mostrado em ambos os olhos. A manifestação física regular é o desenvolvimento de placas amarelas ligadas para o excesso de colesterol esterificado.
Estas lesões localizam-se na dorsal medial nas camadas superficiais e médias da derme, espalhando em toda a região periorbital.
Entretanto, quando os tanques mesmos aparecem em outras áreas da pele são chamadas xantomas.
No que diz respeito as causas que provocam o xanthelasmas, geralmente, estão relacionados com distúrbios metabólicos do tipo, como hipercolesterolemia, diabetes e Cirrose biliar, embora não seja impossível para eles para se desenvolver em pessoas que não têm qualquer das doenças mencionadas.
Existem diferentes maneiras de tratar o xanthelasmas, o mais usado e eficaz resultado ser: ressecção cirúrgica, que é usada especialmente nos casos em que o Xantelasma é estabelecida na pálpebra superior, entretanto, será limitada se a condição está localizada na pálpebra inferior, como consequência que é uma zona com uma distensão inferior. Outra causa de limitação dessa técnica é o uso freqüente.
Outra solução possível para o xanthelasmas palpebral é um Peeling com TCA, é uma técnica muito útil e eficaz, porém, a principal desvantagem é que ele pode deixar cicatrizes pigmentados de soluços. A mesma pergunta surge com o uso do Laser CO2, que também pode causar cicatrizes pigmentados de soluços.
Com o YAG laser ou laser de corante pode ser uma melhora clínica significativa e distante pode ser re usado; e o Laser Q-switched ND: YAG, também é uma escolha muito boa porque não produz cicatrizes e pode ser usado novamente.