NEEMIAS 9-11 | Tesouros da Palavra de Deus: semana de 15-21 de fevereiro

NEEMIAS 9-11 | TESOUROS DA PALAVRA DE DEUS: SEMANA DE 15-21 de fevereiro

NOSSA VIDA E MINISTÉRIO CRISTÃO — TEXTOS BÍBLICOS E REFERÊNCIAS
LER E OUVIR A BÍBLIA ON-LINE NO JW.ORG:



TESOUROS DA PALAVRA DE DEUS | NEEMIAS 9-11


“ADORADORES FIÉIS SEGUEM AS ORIENTAÇÕES DA ORGANIZAÇÃO DE JEOVÁ”: (10 MIN)


O povo de Deus apoiou a adoração verdadeira de várias formas

Ne 10:28-30, 32-39; 11:1, 2
• O povo se preparou para a Festividade das Barracas e a celebrou da maneira correta.
• O povo se reuniu todos os dias durante a Festividade para ouvir a leitura da Lei de Deus, o que trouxe muita alegria.
• O povo confessou seus pecados, orou e pediu que Jeová os abençoasse.
• O povo prometeu que sempre apoiaria todos os arranjos da adoração verdadeira.

Apoiar os arranjos da adoração verdadeira envolvia:

• Casar-se apenas com quem adorava a Jeová
• Fazer contribuições
• Guardar o sábado
• Fornecer lenha para o altar
• Dar as primícias da colheita e o primogênito dos rebanhos a Jeová

Ne 10:28-30 — Eles concordaram em não se casar com os “povos das terras” (w98 15/10 21 § 11)


Neemias 10:28-30 Tradução do Novo Mundo
28 O restante do povo — os sacerdotes, os levitas, os porteiros, os cantores, os servos do templo e todos os que tinham se separado dos povos das terras ao redor para seguir a Lei do verdadeiro Deus, junto com suas esposas, seus filhos e suas filhas, todos os que tinham conhecimento e entendimento —, 29 todos eles, se juntaram a seus irmãos, os homens de destaque, e juraram sob maldição que andariam na Lei do verdadeiro Deus, dada por meio de Moisés, o servo do verdadeiro Deus, e que obedeceriam cuidadosamente a todos os mandamentos de Jeová, nosso Senhor, suas decisões judiciais e seus decretos. 30 Não daremos as nossas filhas aos povos das terras ao redor nem tomaremos as suas filhas para os nossos filhos.

Ne 10:32-39 — Eles prometeram apoiar a adoração verdadeira de várias formas (w98 15/10 21 §§ 11-12)


Neemias 10:32-39 Tradução do Novo Mundo
32 Além disso, cada um de nós impôs a si mesmo a obrigação de dar anualmente o terço de um siclo para o serviço da casa do nosso Deus: 33 para os pães da proposição, para a oferta de cereais regular e para a oferta queimada regular dos sábados e das luas novas, e para as festividades determinadas, para as coisas sagradas, para as ofertas pelo pecado, que fazem expiação por Israel, e para todo o trabalho da casa do nosso Deus.
34 Também lançamos sortes quanto ao suprimento de lenha que cada casa paterna dos sacerdotes, dos levitas e do povo deve trazer nas épocas determinadas, anualmente, à casa do nosso Deus para ser queimada sobre o altar de Jeová, nosso Deus, conforme está escrito na Lei. 35 E traremos todo ano à casa de Jeová os primeiros frutos maduros da nossa terra e os primeiros frutos maduros de todo tipo de árvore, 36 bem como os primogênitos dos nossos filhos e dos nossos rebanhos, conforme está escrito na Lei, e os primogênitos dos nossos bois e das nossas ovelhas. Nós os traremos à casa do nosso Deus, aos sacerdotes que servem na casa do nosso Deus. 37 Além disso, devemos trazer aos sacerdotes, nos depósitos da casa do nosso Deus, as primícias da nossa farinha grossa, as nossas contribuições, os frutos de todo tipo de árvore, vinho novo e azeite, junto com o décimo da produção da nossa terra para os levitas, pois são os levitas que recolhem em todas as nossas cidades agrícolas as décimas partes do que plantamos.
38 E o sacerdote, filho de Arão, deve estar com os levitas quando os levitas recolherem as décimas partes; e, dessas décimas partes, os levitas devem oferecer um décimo à casa do nosso Deus, às salas do depósito. 39 Pois é aos depósitos que os israelitas e os filhos dos levitas devem levar a contribuição dos cereais, do vinho novo e do azeite, e é ali que estão os utensílios do santuário, bem como os sacerdotes em serviço, os porteiros e os cantores. Não negligenciaremos a casa do nosso Deus.

Ne 11:1, 2 — Eles apoiaram de coração um arranjo especial (w06 1/2 11 § 6; w98 15/10 22 § 13)


Neemias 11:1, 2 Tradução do Novo Mundo
11 Os príncipes do povo estavam morando em Jerusalém, e o restante do povo lançou sortes para que, de cada dez homens, um viesse morar em Jerusalém, a cidade santa, enquanto os outros nove ficariam nas outras cidades. 2 Além disso, o povo abençoou todos os homens que se ofereceram voluntariamente para morar em Jerusalém.
Destaques do livro de Neemias
11:2. Abandonar as posses hereditárias e mudar-se para Jerusalém significava gastos pessoais e algumas desvantagens. Os que se dispuseram a fazer isso demonstraram um espírito de abnegação. Nós também podemos ter tal espírito quando surgem oportunidades de nos colocar à disposição para ajudar outros em congressos e outras ocasiões.

ENCONTRE JOIAS ESPIRITUAIS: (8 MIN)


Ne 9:19-21 — Como Jeová provou que cuida bem de seu povo? (w13 15/9 9 §§ 9-10)


Neemias 9:19-21 Tradução do Novo Mundo
19 tu, na tua grande misericórdia, não os abandonaste no deserto. A coluna de nuvem, que os guiava de dia no caminho, não se afastou deles, nem a coluna de fogo, que iluminava à noite o caminho em que deviam andar. 20 Tu lhes deste o teu bom espírito para que agissem com entendimento, não negaste a eles o teu maná e lhes deste água quando estavam com sede. 21 Por 40 anos lhes deste alimento no deserto. Não lhes faltava nada. Suas roupas não se gastavam, e seus pés não ficavam inchados.
As advertências de Jeová são confiáveis
9. Quando os israelitas estavam no ermo, como Jeová provou que os apoiava?
9 Quando os israelitas iniciaram o que acabou se tornando uma jornada de 40 anos pelo “atemorizante ermo”, Jeová não deu detalhes com antecedência sobre como guiaria, protegeria e cuidaria deles. Mesmo assim, ele deu repetidas provas de que o povo podia confiar nele e em suas instruções. Usando uma coluna de nuvem durante o dia e outra de fogo à noite, Jeová lembrava os israelitas de que ele os estava apoiando à medida que os conduzia por aquela região inóspita. (Deut. 1:19; Êxo. 40:36-38) Ele também supria às necessidades básicas deles. “Seus próprios mantos não se gastaram e os próprios pés deles não ficaram inchados.” De fato, “não careceram de nada”. — Nee. 9:19-21.
10. Como Jeová está guiando seu povo hoje?
10 Os servos de Deus hoje estão a um passo de um novo mundo de justiça. Será que confiamos que Jeová nos dará o que é necessário para sobrevivermos à “grande tribulação”, que está tão perto? (Mat. 24:21, 22; Sal. 119:40, 41) É verdade que Jeová não está usando uma coluna de nuvem ou de fogo para nos guiar até o novo mundo. O que ele está usando para nos ajudar a nos manter vigilantes é sua organização. Por exemplo, tem se dado cada vez mais ênfase à necessidade de fortalecermos nossa espiritualidade por meio da leitura pessoal da Bíblia, da Noite de Adoração em Família e da regularidade na assistência às reuniões e na pregação. Será que já fizemos ajustes para seguir essas orientações? Fazer isso nos ajudará a desenvolver a fé necessária para entrar no novo mundo.

Ne 9:6-38 — Por que os levitas são um bom exemplo de como orar? (w13 15/10 22-23 §§ 6-7)


Neemias 9:6-38 Tradução do Novo Mundo
6 “Só tu és Jeová. Tu fizeste os céus, sim, o céu dos céus e todo o seu exército, a terra e tudo o que nela há, os mares e tudo o que há neles. E preservas vivos a todos eles, e o exército dos céus se curva diante de ti. 7 Tu és Jeová, o verdadeiro Deus, aquele que escolheu a Abrão, tirou-o de Ur dos caldeus e lhe deu o nome de Abraão. 8 Tu viste que o coração dele era fiel a ti, por isso fizeste um pacto com ele para lhe dar a terra dos cananeus, dos hititas, dos amorreus, dos perizeus, dos jebuseus e dos girgaseus, a ele e à sua descendência; e cumpriste as tuas promessas porque és justo.
9 “Viste a aflição dos nossos antepassados no Egito e ouviste seu clamor junto ao mar Vermelho. 10 Então realizaste sinais e milagres contra Faraó e todos os seus servos, e contra todo o povo da sua terra, pois sabias que eles agiam presunçosamente contra o teu povo. Fizeste para ti um nome que permanece até hoje. 11 Dividiste o mar diante deles, de modo que atravessaram o mar em terra seca, e lançaste seus perseguidores nas profundezas, como uma pedra lançada em águas agitadas. 12 Tu os guiaste de dia com uma coluna de nuvem e de noite com uma coluna de fogo, para iluminar-lhes o caminho em que deviam andar. 13 Desceste sobre o monte Sinai e falaste com eles desde o céu, e lhes deste julgamentos justos, leis verdadeiras, e decretos e mandamentos bons. 14 Tornaste conhecido a eles o teu santo sábado, e lhes deste mandamentos, decretos e uma lei por meio do teu servo Moisés. 15 Tu lhes deste pão do céu quando estavam com fome, fizeste sair água do rochedo quando estavam com sede, e lhes disseste que entrassem e tomassem posse da terra que tinhas jurado dar a eles.
16 “No entanto, nossos antepassados agiram presunçosamente. Eles ficaram obstinados e não escutaram os teus mandamentos. 17 Não quiseram escutar e não se lembraram dos atos extraordinários que realizaste entre eles, mas ficaram obstinados e designaram um cabeça para retornarem à escravidão no Egito. Tu, porém, és um Deus sempre pronto a perdoar, compassivo e misericordioso, paciente e cheio de amor leal, e tu não os abandonaste. 18 Mesmo quando fizeram para si uma estátua de metal em forma de bezerro e disseram: ‘Este é o seu Deus, que os tirou do Egito’, e cometeram grandes atos de desrespeito, 19 tu, na tua grande misericórdia, não os abandonaste no deserto. A coluna de nuvem, que os guiava de dia no caminho, não se afastou deles, nem a coluna de fogo, que iluminava à noite o caminho em que deviam andar. 20 Tu lhes deste o teu bom espírito para que agissem com entendimento, não negaste a eles o teu maná e lhes deste água quando estavam com sede. 21 Por 40 anos lhes deste alimento no deserto. Não lhes faltava nada. Suas roupas não se gastavam, e seus pés não ficavam inchados.
22 “Tu lhes deste reinos e povos, repartindo as terras entre eles; assim, tomaram posse da terra de Siom, isto é, a terra do rei de Hesbom, e também da terra de Ogue, rei de Basã. 23 E fizeste seus filhos tão numerosos como as estrelas dos céus. Então os levaste à terra que prometeste aos seus antepassados que eles entrariam e tomariam posse dela. 24 De modo que eles entraram e tomaram posse da terra, e subjugaste diante deles os cananeus, os habitantes daquela terra, os quais entregaste nas mãos deles, tanto os seus reis como os povos que moravam na terra, para que fizessem com eles o que bem entendessem. 25 Eles capturaram cidades fortificadas e terras férteis, e tomaram posse de casas cheias de todo tipo de coisas boas, de cisternas já escavadas, de vinhedos, de olivais e de árvores frutíferas em abundância. De modo que comeram, ficaram satisfeitos, engordaram e desfrutaram da tua grande bondade.
26 “No entanto, eles se tornaram desobedientes, rebelaram-se contra ti e deram as costas à tua Lei. Mataram os teus profetas, que os advertiam para que voltassem a ti, e cometeram atos de grande desrespeito. 27 Por causa disso os entregaste nas mãos dos seus inimigos, que lhes causavam aflição. Mas eles clamavam a ti no tempo da aflição, e tu os ouvias desde os céus. E, por causa da tua grande misericórdia, tu lhes davas salvadores para livrá-los das mãos dos seus inimigos.
28 “No entanto, assim que obtinham alívio, voltavam a fazer o que era mau diante de ti. E tu os abandonavas nas mãos dos seus inimigos, que os dominavam. Então retornavam e clamavam a ti por ajuda, e tu ouvias desde os céus e os livravas vez após vez por causa da tua grande misericórdia. 29 Tu os advertiste para que voltassem à tua Lei, mas eles se comportaram presunçosamente e não quiseram escutar os teus mandamentos. Pecaram contra os teus decretos, por meio dos quais o homem viverá se lhes obedecer. Eles teimaram em virar-te as costas, foram obstinados e não quiseram escutar. 30 Foste paciente com eles por muitos anos e continuaste a adverti-los por meio do teu espírito, usando os teus profetas, mas eles não quiseram escutar. Por fim, tu os entregaste nas mãos dos povos das terras ao redor. 31 E, na tua grande misericórdia, tu não os exterminaste nem os abandonaste, pois és um Deus compassivo e misericordioso.
32 “E agora, ó nosso Deus, o Deus grande, poderoso e que inspira temor, que guarda o seu pacto e demonstra amor leal, não olhes com indiferença para toda a dificuldade que sobreveio a nós, a nossos reis, a nossos príncipes, a nossos sacerdotes, a nossos profetas, a nossos antepassados e a todo o teu povo, desde os dias dos reis da Assíria até o dia de hoje. 33 Tu foste justo em tudo o que nos aconteceu, pois agiste fielmente; nós é que agimos mal. 34 Quanto a nossos reis, nossos príncipes, nossos sacerdotes e nossos antepassados, não obedeceram à tua Lei, nem prestaram atenção aos teus mandamentos nem às tuas advertências, que lhes deste. 35 Mesmo quando estavam no reino deles, usufruindo a imensa bondade que lhes demonstraste, na terra ampla e fértil que lhes entregaste, eles não te serviram nem abandonaram as suas práticas más. 36 Por isso hoje somos escravos, sim, escravos na terra que deste aos nossos antepassados para que eles comessem dos seus frutos e das suas coisas boas. 37 A grande produção dessa terra vai para os reis que puseste sobre nós por causa dos nossos pecados. Eles governam como bem entendem sobre os nossos corpos e sobre os nossos rebanhos, e nós estamos em grande aflição.
38 “Portanto, em vista de tudo isso, estamos fazendo um pacto solene por escrito, e ele está sendo confirmado com o selo dos nossos príncipes, dos nossos levitas e dos nossos sacerdotes.”
Lições de uma oração bem preparada
6. O que contribuiu para que a oração dos levitas fosse significativa, e que lição aprendemos disso?
6 Sem dúvida, a leitura regular que os levitas faziam da Lei de Deus os ajudou a preparar essa oração significativa. Os primeiros dez versículos se concentram exclusivamente nas obras e qualidades de Jeová. No restante da oração, os levitas destacaram várias vezes a “abundante misericórdia” de Deus e admitiram claramente que os israelitas não eram dignos dessa misericórdia. (Nee. 9:19, 27, 28, 31) Se seguirmos o exemplo dos levitas por meditar todos os dias na Palavra de Deus, permitiremos que Jeová fale conosco antes de fazermos uma longa oração a ele. Assim, nossas orações não serão repetitivas, mas significativas. — Sal. 1:1, 2.
7. O que os levitas pediram a Deus, e o que aprendemos disso?
7 Aquela oração continha apenas um pedido modesto. Ele está quase no fim da oração, no versículo 32, que diz: “Agora, ó nosso Deus, o Deus grande, poderoso e atemorizante, guardando o pacto e a benevolência, não deixes parecer pouco diante de ti toda a dificuldade que achou a nós, a nossos reis, a nossos príncipes, e a nossos sacerdotes, e a nossos profetas, e a nossos antepassados, e a todo o teu povo, desde os dias dos reis da Assíria até o dia de hoje.” Assim, os levitas deixaram um bom exemplo para nós: o de louvar e agradecer a Jeová antes de fazer pedidos pessoais nas orações.

O que a leitura da semana me ensinou sobre Jeová?


Que pontos da leitura posso usar no ministério?


LEITURA DA BÍBLIA: NE 11:15-36 (4 MIN OU MENOS)


Neemias 11:15-36 Tradução do Novo Mundo
15 E dos levitas: Semaías, filho de Hassube, filho de Azricão, filho de Hasabias, filho de Buni; 16 Sabetai e Jozabade, cabeças dos levitas que supervisionavam os assuntos externos da casa do verdadeiro Deus; 17 Matanias, regente do canto, aquele que conduzia os louvores durante as orações, filho de Mica, filho de Zabdi, filho de Asafe; Bacbuquias, o segundo entre seus irmãos; e Abda, filho de Samua, filho de Galal, filho de Jedutum. 18 Todos os levitas na cidade santa eram 284.
19 Os porteiros eram Acube, Talmom e seus irmãos, que montavam guarda nos portões, 172.
20 Os outros israelitas, sacerdotes e levitas ficaram em todas as outras cidades de Judá, cada um na sua propriedade herdada. 21 Os servos do templo ficaram morando em Ofel; e Ziá e Gispa eram responsáveis pelos servos do templo.
22 O superintendente dos levitas em Jerusalém era Uzi, filho de Bani, filho de Hasabias, filho de Matanias, filho de Mica, dos filhos de Asafe, os cantores; ele supervisionava o serviço da casa do verdadeiro Deus. 23 Pois havia uma ordem do rei em benefício deles, e havia uma provisão fixa para as necessidades diárias dos cantores. 24 E Petaías, filho de Mesezabel, dos filhos de Zerá, filho de Judá, era o conselheiro do rei em todos os assuntos referentes ao povo.
25 Quanto aos povoados e seus campos, alguns do povo de Judá foram morar em Quiriate-Arba e nas suas aldeias dependentes, em Dibom e nas suas aldeias dependentes, em Jecabzeel e nos seus povoados, 26 em Jesua, em Moladá, em Bete-Pelete, 27 em Hazar-Sual, em Berseba e nas suas aldeias dependentes, 28 em Ziclague, em Meconá e nas suas aldeias dependentes, 29 em En-Rimom, em Zorá, em Jarmute, 30 em Zanoa, em Adulão e nos seus povoados, em Laquis e nos seus campos, e em Azeca e nas suas aldeias dependentes. Eles se estabeleceram desde Berseba até o vale de Hinom.
31 E o povo de Benjamim ficou em Geba, em Micmás, em Aija, em Betel e nas suas aldeias dependentes, 32 em Anatote, em Nobe, em Ananias, 33 em Hazor, em Ramá, em Gitaim, 34 em Hadide, em Zeboim, em Nebalate, 35 em Lode e em Ono, o vale dos artesãos. 36 E algumas das turmas de levitas de Judá foram designadas para Benjamim.

FAÇA SEU MELHOR NO MINISTÉRIO


Primeira visita: (2 min ou menos)

Apresente a revista Despertai! mais recente usando o artigo “Ajuda para a Família — Como fazer verdadeiros amigos”. Deixe um assunto para considerar na revisita.


AJUDA PARA A FAMÍLIA | JOVENS
Como fazer verdadeiros amigos
O DESAFIO
Graças à tecnologia, nunca foi tão fácil se conectar a tantas pessoas. Mesmo assim, alguns sentem que suas amizades são um pouco superficiais. Já sentiu o mesmo? Um jovem disse o seguinte: “Eu tenho a impressão de que minhas amizades não vão durar muito tempo. Já meu pai tem os mesmos amigos há décadas!”
Hoje em dia é um desafio fazer verdadeiros amigos. Por quê?
O QUE VOCÊ PRECISA SABER
Parte da culpa pode ser da tecnologia. Mensagens de texto, redes sociais e coisas do tipo fazem parecer possível ser amigo de alguém sem precisar estar com ele. Hoje, muitos acabam trocando conversas significativas por mensagens curtas e tweets. “As pessoas se comunicam cada vez menos frente a frente”, diz o livro Maturidade Artificial (em inglês). “Os estudantes passam mais tempo na frente de um computador do que um com o outro.”
Em alguns casos, a tecnologia faz uma amizade parecer mais forte do que realmente é. Brian, de 22 anos, diz: “Comecei a perceber que era sempre eu que mandava uma mensagem para os meus amigos perguntando se eles estavam bem. Daí eu parei de fazer isso para ver se eles entrariam em contato comigo. E, sabe, bem poucos fizeram isso. Deu para ver que alguns deles não eram tão amigos assim.”
Mas você talvez pense: ‘As mensagens e as redes sociais são um jeito de manter contato com meus amigos, e isso melhora minhas amizades.’ É, realmente, ainda mais se você tiver contato com essas pessoas fora da internet. O problema é que muitas vezes as redes sociais servem apenas como uma ponte entre você e outras pessoas, mas não o aproximam delas de verdade.
O QUE VOCÊ PODE FAZER
Identifique o que é um amigo de verdade. A Bíblia diz que um amigo de verdade é leal, alguém que “se apega mais do que um irmão”. (Provérbios 18:24) Não é esse o tipo de amigo que você quer? Você é esse tipo de amigo? Para descobrir, faça o seguinte: escreva três qualidades que você procura num amigo. Depois escreva três qualidades que você tem que são importantes para uma amizade. Pergunte-se: ‘Quais dos meus contatos na internet têm essas qualidades? Que qualidades esses amigos diriam que eu tenho?’ — Princípio bíblico: Filipenses 2:4.
Pense no que é mais importante numa amizade. Muitas amizades on-line são entre pessoas que simplesmente gostam de coisas parecidas ou têm o mesmo hobby. Só que mais importante do que ter os mesmos gostos é ter o mesmo ponto de vista sobre o que é certo ou importante na vida. Leanne, de 21 anos, diz: “Posso não ter um monte de amigos, mas os amigos que tenho me ajudam a ser uma pessoa melhor.” — Princípio bíblico: Provérbios 13:20.
Converse pessoalmente. Nada se compara a conversar frente a frente. Quando você faz isso, você consegue perceber pequenas mudanças no tom da voz, nas expressões faciais e na linguagem corporal da outra pessoa, e vice-versa. — Princípio bíblico: 1 Tessalonicenses 2:17.
Escreva uma carta. Pode parecer algo ultrapassado, mas quando você escreve uma carta é como se você desse sua total atenção à pessoa, mostrando que ela é importante para você. Neste mundo agitado, em que as pessoas fazem muitas coisas ao mesmo tempo, é raro receber esse tipo de atenção. Por exemplo, num de seus livros, a psicóloga Sherry Turkle citou um jovem que nunca tinha recebido uma carta de um amigo ou de um parente. Sobre o tempo em que as pessoas escreviam cartas, esse jovem disse: “Eu não vivi naquela época, mas mesmo assim sinto saudades dela.” O que você acha de usar essa “velha tecnologia” para conseguir verdadeiros amigos?
Conclusão: Uma amizade verdadeira envolve mais do que apenas manter contato. Bons amigos precisam demonstrar qualidades como amor, empatia, paciência e perdão. São essas qualidades que fazem uma amizade realmente valer a pena. Mas é difícil ter esse tipo de amizade se você só tem amigos on-line.
Alguns nomes neste artigo foram mudados.
TEXTOS PRINCIPAIS
o ‘Busque não somente os seus próprios interesses, mas também os interesses dos outros.’ — Filipenses 2:4.
o “Quem anda com sábios se tornará sábio.” — Provérbios 13:20.
o ‘Nós nos esforçamos muito para vê-los pessoalmente.’ — 1 Tessalonicenses 2:17.
ALISABEL
“Todo mundo precisa ter alguém com quem conversar quando está desanimado. Um amigo é alguém que realmente nos entende e sabe como nos fazer sentir melhor. É alguém com quem você compartilha os momentos felizes e que o ajuda nos momentos difíceis.”
JORDAN
“Quando era mais novo, eu era muito tímido e não me esforçava para fazer amigos. Foi a época mais triste da minha vida. Mas com o tempo consegui vencer a timidez. É muito importante ter amigos que ficam do seu lado tanto em momentos bons como em momentos ruins.”

Revisita: (4 min ou menos)

Demonstre como revisitar alguém que mostrou interesse no artigo “Ajuda para a Família — Como fazer verdadeiros amigos” da Despertai! mais recente. Deixe um assunto para considerar na próxima visita.


AJUDA PARA A FAMÍLIA | JOVENS
Como fazer verdadeiros amigos
O DESAFIO
Graças à tecnologia, nunca foi tão fácil se conectar a tantas pessoas. Mesmo assim, alguns sentem que suas amizades são um pouco superficiais. Já sentiu o mesmo? Um jovem disse o seguinte: “Eu tenho a impressão de que minhas amizades não vão durar muito tempo. Já meu pai tem os mesmos amigos há décadas!”
Hoje em dia é um desafio fazer verdadeiros amigos. Por quê?
O QUE VOCÊ PRECISA SABER
Parte da culpa pode ser da tecnologia. Mensagens de texto, redes sociais e coisas do tipo fazem parecer possível ser amigo de alguém sem precisar estar com ele. Hoje, muitos acabam trocando conversas significativas por mensagens curtas e tweets. “As pessoas se comunicam cada vez menos frente a frente”, diz o livro Maturidade Artificial (em inglês). “Os estudantes passam mais tempo na frente de um computador do que um com o outro.”
Em alguns casos, a tecnologia faz uma amizade parecer mais forte do que realmente é. Brian, de 22 anos, diz: “Comecei a perceber que era sempre eu que mandava uma mensagem para os meus amigos perguntando se eles estavam bem. Daí eu parei de fazer isso para ver se eles entrariam em contato comigo. E, sabe, bem poucos fizeram isso. Deu para ver que alguns deles não eram tão amigos assim.”
Mas você talvez pense: ‘As mensagens e as redes sociais são um jeito de manter contato com meus amigos, e isso melhora minhas amizades.’ É, realmente, ainda mais se você tiver contato com essas pessoas fora da internet. O problema é que muitas vezes as redes sociais servem apenas como uma ponte entre você e outras pessoas, mas não o aproximam delas de verdade.
O QUE VOCÊ PODE FAZER
Identifique o que é um amigo de verdade. A Bíblia diz que um amigo de verdade é leal, alguém que “se apega mais do que um irmão”. (Provérbios 18:24) Não é esse o tipo de amigo que você quer? Você é esse tipo de amigo? Para descobrir, faça o seguinte: escreva três qualidades que você procura num amigo. Depois escreva três qualidades que você tem que são importantes para uma amizade. Pergunte-se: ‘Quais dos meus contatos na internet têm essas qualidades? Que qualidades esses amigos diriam que eu tenho?’ — Princípio bíblico: Filipenses 2:4.
Pense no que é mais importante numa amizade. Muitas amizades on-line são entre pessoas que simplesmente gostam de coisas parecidas ou têm o mesmo hobby. Só que mais importante do que ter os mesmos gostos é ter o mesmo ponto de vista sobre o que é certo ou importante na vida. Leanne, de 21 anos, diz: “Posso não ter um monte de amigos, mas os amigos que tenho me ajudam a ser uma pessoa melhor.” — Princípio bíblico: Provérbios 13:20.
Converse pessoalmente. Nada se compara a conversar frente a frente. Quando você faz isso, você consegue perceber pequenas mudanças no tom da voz, nas expressões faciais e na linguagem corporal da outra pessoa, e vice-versa. — Princípio bíblico: 1 Tessalonicenses 2:17.
Escreva uma carta. Pode parecer algo ultrapassado, mas quando você escreve uma carta é como se você desse sua total atenção à pessoa, mostrando que ela é importante para você. Neste mundo agitado, em que as pessoas fazem muitas coisas ao mesmo tempo, é raro receber esse tipo de atenção. Por exemplo, num de seus livros, a psicóloga Sherry Turkle citou um jovem que nunca tinha recebido uma carta de um amigo ou de um parente. Sobre o tempo em que as pessoas escreviam cartas, esse jovem disse: “Eu não vivi naquela época, mas mesmo assim sinto saudades dela.” O que você acha de usar essa “velha tecnologia” para conseguir verdadeiros amigos?
Conclusão: Uma amizade verdadeira envolve mais do que apenas manter contato. Bons amigos precisam demonstrar qualidades como amor, empatia, paciência e perdão. São essas qualidades que fazem uma amizade realmente valer a pena. Mas é difícil ter esse tipo de amizade se você só tem amigos on-line.
Alguns nomes neste artigo foram mudados.
TEXTOS PRINCIPAIS
o ‘Busque não somente os seus próprios interesses, mas também os interesses dos outros.’ — Filipenses 2:4.
o “Quem anda com sábios se tornará sábio.” — Provérbios 13:20.
o ‘Nós nos esforçamos muito para vê-los pessoalmente.’ — 1 Tessalonicenses 2:17.
ALISABEL
“Todo mundo precisa ter alguém com quem conversar quando está desanimado. Um amigo é alguém que realmente nos entende e sabe como nos fazer sentir melhor. É alguém com quem você compartilha os momentos felizes e que o ajuda nos momentos difíceis.”
JORDAN
“Quando era mais novo, eu era muito tímido e não me esforçava para fazer amigos. Foi a época mais triste da minha vida. Mas com o tempo consegui vencer a timidez. É muito importante ter amigos que ficam do seu lado tanto em momentos bons como em momentos ruins.”

Estudo bíblico: (6 min ou menos)

Demonstre um estudo bíblico. (bh 32-33 §§ 13-14)


Qual é o propósito de Deus para a Terra?
13. Por que há necessidade de um novo mundo?
13 A cada ano que passa, o mundo fica mais perigoso. Ele está cheio de exércitos agressivos, políticos desonestos, líderes religiosos hipócritas e criminosos endurecidos. Este mundo como um todo é irreformável. A Bíblia revela que se aproxima o dia em que este mundo mau será destruído no Armagedom, a guerra de Deus. Isso abrirá o caminho para um novo mundo justo. — Apocalipse 16:14-16.
14. A quem Deus escolheu como Governante de seu Reino, e como isso foi predito?
14 Jeová Deus escolheu Jesus Cristo como Governante de Seu Reino, ou governo, celestial. Muito tempo atrás, a Bíblia predisse: “Um menino nos nasceu, um filho nos foi dado; e o governo estará sobre os seus ombros. Ele receberá o nome de . . . Príncipe da Paz. A expansão do seu governo e a paz . . . não terão fim.” (Isaías 9:6, 7; nota) A respeito desse governo, Jesus ensinou seus seguidores a orar: “Venha o teu Reino. Seja feita a tua vontade, como no céu, assim também na terra.” (Mateus 6:10) Como veremos mais adiante neste livro, o Reino de Deus em breve eliminará todos os governos deste mundo e ocupará o lugar deles. (Leia Daniel 2:44.) Em seguida, o Reino de Deus fará da Terra um paraíso.

NOSSA VIDA CRISTÃ


“A Melhor Vida de Todas”: (15 min)

Consideração. Comece apresentando esse vídeo. Depois, considere as perguntas. Entreviste brevemente alguém da congregação, solteiro ou casado. Pergunte como ele aproveitou o estado de solteiro para fazer mais no serviço de Jeová. (1Co 7:35) Que bênçãos ele recebeu?


NOSSA VIDA CRISTÃ
A Melhor Vida de Todas
Os jovens têm muitas oportunidades na organização de Jeová. O vídeo A Melhor Vida de Todas fala de uma jovem chamada Cameron, que soube usar bem sua juventude. Assista ao vídeo e responda às perguntas abaixo. (No jw.org, acesse ENSINOS BÍBLICOS > ADOLESCENTES.)
o O que sempre foi importante na vida de Cameron?
o Por que e quando ela decidiu fazer mais na pregação?
o Como ela se preparou para servir num país onde a necessidade era maior?
o Que desafios Cameron teve que enfrentar ao servir num país longe de casa?
o Por que pode ser bom servir a Jeová num lugar ou num ambiente totalmente diferente?
o Que bênçãos Cameron recebeu?
o Por que servir a Jeová é a melhor vida de todas?
o Que outras oportunidades os jovens têm na organização de Jeová?
1 Coríntios 7:35 Tradução do Novo Mundo
35 Digo isso para o seu próprio bem, não para lhes impor restrições, mas para induzi-los a fazer o que é apropriado e a servir constantemente ao Senhor, sem distração.

ESTUDO BÍBLICO DE CONGREGAÇÃO: IA CAP. 9 §§ 1-13 (30 MIN)


CAPÍTULO NOVE
Ela agiu com discrição

parágrafo 4 1 Sam. 25:2, 3 Em Maom havia um homem que trabalhava em Carmelo. Ele era muito rico; tinha 3.000 ovelhas e 1.000 cabras, e estava tosquiando as suas ovelhas em Carmelo. 3 O homem se chamava Nabal, e a sua esposa Abigail. A esposa era sensata e bonita, mas o marido, descendente de Calebe, era rude e mau.
Uma cidade em Judá, sem relação com o monte Carmelo.
parágrafo 4 1 Sam. 25:17 Agora decida o que vai fazer, porque isso com certeza resultará num desastre para o nosso senhor e todos os da sua casa. Ele é um homem tão imprestável que ninguém consegue falar com ele.”
Ou: “inútil”.
parágrafo 4 1 Sam. 25:21 Davi tinha dito: “Não adiantou nada proteger no deserto tudo o que pertence a esse homem. Não sumiu nada que pertencesse a ele, e ainda assim ele me paga o bem com o mal.
parágrafo 4 1 Sam. 25:25 Por favor, meu senhor, não dê atenção a esse homem imprestável, Nabal, pois ele faz jus ao nome. O nome dele é Nabal, e ele é um insensato. Mas eu, sua serva, não vi os homens que o meu senhor enviou.
Que significa “insensato; tolo”.
parágrafo 5 1 Sam. 25:3 O homem se chamava Nabal, e a sua esposa Abigail. A esposa era sensata e bonita, mas o marido, descendente de Calebe, era rude e mau.
parágrafo 7 1 Cor. 7:36 Mas, se alguém, por ficar sem se casar, acha que está se comportando de modo impróprio, e se ele estiver além da flor da juventude, então isto é o que deve ocorrer: que ele faça o que quer; ele não peca. Que se casem.
Ou: “com relação à sua virgindade”.
parágrafo 8 1 Sam. 16:1, 2 Por fim, Jeová disse a Samuel: “Até quando você ficará triste por causa de Saul, ao passo que eu o rejeitei como rei de Israel? Encha um chifre com óleo e vá. Eu o enviarei a Jessé, o belemita, porque escolhi um dos filhos dele para ser rei.” 2 Mas Samuel disse: “Como posso ir? Quando Saul ficar sabendo disso, ele me matará.” Jeová respondeu: “Leve uma novilha com você e diga: ‘Vim para oferecer um sacrifício a Jeová.’
parágrafo 8 1 Sam. 16:11-13 Por fim, Samuel perguntou a Jessé: “Estes são todos os filhos que você tem?” Ele respondeu: “Ainda falta o mais novo; ele está pastoreando as ovelhas.” Então Samuel disse a Jessé: “Mande buscá-lo, porque não nos sentaremos para a refeição enquanto ele não chegar.” 12 Portanto, mandou buscá-lo. Ele era corado, de belos olhos e boa aparência. Jeová disse: “Vamos, é esse! Você deve ungi-lo.” 13 Então Samuel pegou o chifre com óleo e o ungiu diante dos seus irmãos. E a partir daquele dia o espírito de Jeová deu poder a Davi. Mais tarde, Samuel voltou para Ramá.
Ou: “ruivo”.
parágrafo 10 1 Sam. 25:15, 16 Esses homens foram muito bons conosco. Eles não nos fizeram nenhum mal, e não demos falta de nada durante todo o tempo em que estivemos com eles no campo. 16 Dia e noite eles foram como uma muralha protetora em volta de nós, durante todo o tempo que estivemos com eles pastoreando o rebanho.
parágrafo 11 1 Sam. 25:5-8 Portanto, Davi enviou dez homens a Nabal e lhes disse: “Subam a Carmelo e, quando encontrarem Nabal, perguntem em meu nome como ele está. 6 Então digam: ‘Que o senhor tenha uma vida longa e que tudo vá bem com o senhor, com os da sua casa e com tudo o que o senhor tem. 7 Ouvi dizer que o senhor está tosquiando as ovelhas. Quando seus pastores estiveram conosco, não lhes fizemos nenhum mal, e eles não deram falta de nada durante todo o tempo que estiveram em Carmelo. 8 Pergunte aos seus homens e eles confirmarão isso. Que os meus homens achem favor aos seus olhos, pois viemos numa ocasião alegre. Por favor, dê aos seus servos e ao seu filho Davi qualquer coisa que o senhor puder.’”
Ou: “que haja paz”.
Lit.: “num bom dia”.
parágrafo 12 1 Sam. 25:10, 11 Nabal disse aos servos de Davi: “Quem é Davi e quem é o filho de Jessé? Hoje em dia há muitos servos que fogem dos seus senhores. 11 Por que eu deveria pegar o meu pão, a minha água e a carne dos animais que abati para os meus tosquiadores e dar a homens que nem sei de onde vieram?”
parágrafo 12 1 Sam. 25:14 Nesse meio-tempo, um dos servos disse a Abigail, esposa de Nabal: “Davi enviou do deserto mensageiros para desejar o bem ao nosso senhor, mas ele os insultou.
Tia. 1:20 pois a ira do homem não produz a justiça de Deus.
parágrafo 13 1 Sam. 25:12, 13 Em vista disso, os homens de Davi voltaram e lhe contaram tudo o que Nabal tinha dito. 13 Davi disse imediatamente aos seus homens: “Ponham todos a espada na cintura!” Então todos puseram a espada na cintura, e Davi também pôs a espada na cintura. Cerca de 400 homens foram com Davi, ao passo que 200 ficaram com a bagagem.
parágrafo 13 1 Sam. 25:21, 22 Davi tinha dito: “Não adiantou nada proteger no deserto tudo o que pertence a esse homem. Não sumiu nada que pertencesse a ele, e ainda assim ele me paga o bem com o mal. 22 Que Deus faça o mesmo e até pior aos inimigos de Davi, se até o amanhecer eu deixar vivo um único homem que pertence a Nabal.”
Ou, possivelmente: “e até pior a Davi”.
Lit.: “alguém que urina contra o muro”. Expressão hebraica que indica desprezo e se refere a homens.
parágrafo 13 Tia. 1:20 pois a ira do homem não produz a justiça de Deus.

Recapitulação da reunião e visão geral da próxima semana (3 min)


ESTUDO DE "A SENTINELA" | SEMANA DEL 15-21 DE FEVEREIRO DE 2016
Use o poder da língua para o bem


TEXTOS BÍBLICOS PARA O ESTUDO


w15 15/12 pp. 1-2 | A Sentinela (2015)
15-21 DE FEVEREIRO DE 2016
Use o poder da língua para o bem
PÁGINA 18


Use o poder da língua para o bem
“Que as palavras da minha boca . . . sejam agradáveis a ti, ó Jeová.” — SAL. 19:14.
CÂNTICOS: 82, 77
COMO O EXEMPLO DE JESUS PODE NOS AJUDAR A . . .
• decidir a hora certa para falar?
• escolher as palavras certas?
• falar palavras agradáveis?

Sal. 19:14 Que as palavras da minha boca e as reflexões do meu coração Sejam agradáveis a ti, ó Jeová, minha Rocha e meu Redentor.
parágrafo 1 Tia. 3:5 Do mesmo modo, a língua é uma parte pequena do corpo, mas se gaba de grandes coisas. Vejam como basta uma chama muito pequena para incendiar uma grande floresta!
parágrafo 2 Tia. 3:6 A língua também é um fogo. A língua representa um mundo de injustiça entre os membros do nosso corpo, pois contamina todo o corpo e incendeia por inteiro o curso da vida; suas chamas vêm da Geena.
parágrafo 2 Pro. 18:21 Morte e vida estão no poder da língua; Os que gostam de usá-la comerão os seus frutos.
parágrafo 2 Sal. 19:14 Que as palavras da minha boca e as reflexões do meu coração Sejam agradáveis a ti, ó Jeová, minha Rocha e meu Redentor.
parágrafo 3 Tia. 3:9, 10 Com ela louvamos a Jeová, o Pai, e com ela amaldiçoamos homens que vieram a existir “à semelhança de Deus”. 10 Da mesma boca saem bênçãos e maldições. Meus irmãos, não é correto que as coisas sejam assim.
parágrafo 4 Ecl. 3:7 Tempo para rasgar e tempo para costurar; Tempo para ficar calado e tempo para falar;
parágrafo 4 Jó 6:24 Instruam-me, e eu ficarei calado; Ajudem-me a entender o meu erro.
parágrafo 4 Pro. 20:19 O caluniador espalha segredos; Não se junte com quem gosta de tagarelar.
parágrafo 4 Sal. 4:4 Fiquem agitados, mas não pequem. Falem no seu coração, na sua cama, e fiquem quietos. (Selá)
parágrafo 5 Ecl. 3:7 Tempo para rasgar e tempo para costurar; Tempo para ficar calado e tempo para falar;
parágrafo 5 Sal. 51:15 Ó Jeová, abre os meus lábios, Para que a minha boca proclame o teu louvor.
parágrafo 6 Pro. 25:11 Como maçãs de ouro em esculturas de prata É a palavra falada no tempo certo.
parágrafo 7 Pro. 15:23 O homem se alegra ao dar uma resposta certa, E como é boa uma palavra no tempo certo!
parágrafo 8 João 18:33-37 Então Pilatos entrou novamente na residência do governador, chamou Jesus e lhe perguntou: “Você é o Rei dos judeus?” 34 Jesus disse: “O senhor está perguntando porque acha isso, ou outros lhe contaram a meu respeito?”35 Pilatos respondeu: “Por acaso eu sou judeu? A sua própria nação e os principais sacerdotes o entregaram a mim. O que você fez?” 36 Jesus respondeu: “Meu Reino não faz parte deste mundo. Se meu Reino fizesse parte deste mundo, meus assistentes teriam lutado para que eu não fosse entregue aos judeus. Mas o fato é que o meu Reino não é daqui.” 37 Então Pilatos lhe perguntou: “Pois bem, você é rei?” Jesus respondeu: “O senhor mesmo está dizendo que eu sou rei. Para isto nasci e para isto vim ao mundo: para dar testemunho da verdade. Todo aquele que está do lado da verdade escuta a minha voz.”
parágrafo 8 João 19:8-11 Quando Pilatos ouviu o que estavam dizendo, ficou com mais medo ainda; 9 entrou novamente na residência do governador e disse a Jesus: “De onde você é?” Mas Jesus não lhe deu nenhuma resposta. 10 Por isso, Pilatos lhe disse: “Você está se recusando a falar comigo? Não sabe que tenho autoridade para libertá-lo e que tenho autoridade para executá-lo?” 11 Jesus lhe respondeu: “O senhor não teria absolutamente nenhuma autoridade sobre mim se não lhe tivesse sido concedida de cima. É por isso que o homem que me entregou ao senhor tem maior pecado.”
parágrafo 8 João 16:12 “Ainda tenho muitas coisas para lhes dizer, mas agora vocês não são capazes de suportá-las.
parágrafo 9 Pro. 15:28 O coração do justo medita antes de responder, Mas a boca dos maus jorra coisas más.
parágrafo 10 Pro. 12:18 Palavras impensadas são como os golpes de uma espada, Mas a língua dos sábios é uma cura.
parágrafo 10 Sal. 64:3 Eles afiam a língua como uma espada; Apontam, como flechas, palavras cruéis,
parágrafo 10 Efé. 4:29 Não saia da boca de vocês nenhuma palavra pervertida, mas somente o que for bom para a edificação, conforme a necessidade, para transmitir aos ouvintes o que é benéfico.
parágrafo 10 Efé. 4:31 Abandonem todo tipo de ressentimento, ira, raiva, gritaria e palavras ofensivas, junto com toda a maldade.
parágrafo 11 Mat. 12:34 Descendência de víboras, como vocês podem falar coisas boas se são maus? Pois a boca fala do que o coração está cheio.
parágrafo 12 Ecl. 12:9, 10 O congregante não só se tornou sábio, mas também ensinou continuamente ao povo o que sabia; ele meditou e fez uma pesquisa profunda a fim de compilar muitos provérbios. 10 O congregante procurou encontrar palavras agradáveis e registrar com exatidão palavras de verdade.
parágrafo 12 Isa. 50:4 O Soberano Senhor Jeová me deu a língua dos instruídos, Para que eu soubesse dizer ao cansado uma palavra de consolo. Ele me desperta manhã após manhã; Desperta o meu ouvido para ouvir como os instruídos.
parágrafo 12 Tia. 1:19 Tenham isto em mente, meus amados irmãos: todos devem ser prontos para ouvir, mas devem demorar para falar e demorar para ficar irados;
parágrafo 13 1 Cor. 14:8, 9 Pois, se a trombeta não der um toque claro, quem se aprontará para a batalha? 9 Do mesmo modo, se com a língua vocês não proferirem palavras que sejam fáceis de entender, como alguém saberá o que se fala? Vocês estarão, na verdade, falando ao vento.
parágrafo 14 Mat. 6:26 Observem atentamente as aves do céu; elas não semeiam nem colhem, nem ajuntam em celeiros, contudo o Pai de vocês, que está nos céus, as alimenta. Será que vocês não valem mais do que elas?
parágrafo 15 Luc. 4:22 E todos começaram a falar bem dele e a se maravilhar com as palavras cativantes que saíam da sua boca, e diziam: “Não é este o filho de José?”
parágrafo 15 Pro. 25:15 Com paciência pode-se convencer um governante, E a língua suave pode quebrar um osso.
parágrafo 15 Mar. 6:34 Pois bem, ao desembarcar, ele viu uma grande multidão e teve pena deles, porque eram como ovelhas sem pastor. E começou a lhes ensinar muitas coisas.
parágrafo 15 1 Ped. 2:23 Quando estava sendo insultado, não respondia com insultos. Quando estava sofrendo, não ameaçava, mas confiava-se Àquele que julga com justiça.
parágrafo 16 Mar. 9:33-37 E entraram em Cafarnaum. Então, quando estava dentro da casa, ele lhes perguntou: “Sobre o que vocês estavam discutindo na estrada?” 34 Eles ficaram calados, pois na estrada tinham discutido entre si sobre quem era o maior.35 Então ele se sentou, chamou os Doze e lhes disse: “Se alguém quer ser o primeiro, tem de ser o último de todos e servo de todos.” 36 Então ele pegou uma criancinha e a colocou no meio deles; pôs os braços em volta dela e lhes disse: 37 “Quem recebe uma destas criancinhas em meu nome recebe também a mim; e quem me recebe, recebe não só a mim, mas também Aquele que me enviou.”
parágrafo 16 Gál. 6:1 Irmãos, mesmo que um homem, sem perceber, dê um passo em falso, vocês que têm qualificações espirituais tentem reajustar esse homem num espírito de brandura. Mas olhe cada um para si mesmo, para que não seja tentado também.
parágrafo 17 Pro. 15:1 Uma resposta branda acalma o furor, Mas uma palavra dura atiça a ira.
parágrafo 17 Col. 4:6 Que as suas palavras sejam sempre agradáveis, temperadas com sal, de modo que saibam como responder a cada pessoa.

Clique na imagem para Baixar informações completas em arquivos digitais para Computador desktop, Laptop, Tablet, celular e Smartphone

Baixar informações para o estúdio pessoal para Computador desktop, Laptop, Tablet, celular e Smartphone

Baixar informações para o estúdio pessoal para Computador desktop, Laptop, Tablet, celular e Smartphone