Destaques de Juízes 15-18 - Escola do Ministério Teocrático

ADSBYGOOGLE

Escola do Ministério Teocrático - Informações para o estudo pessoal

ESCOLA DO MINISTÉRIO TEOCRÁTICO - SEMANA DE 16 DE FEVEREIRO


Leitura da Bíblia: Juízes 15-18 (8 min)


(Juízes 15:14)

Ele, da sua parte, veio até Leí, e os filisteus, da parte deles, gritaram de júbilo ao se encontrarem com ele. E o espírito de Jeová tornou-se ativo nele e as cordas que havia sobre os seus braços vieram a ser como fios de linho quando abrasados pelo fogo, de modo que seus grilhões se derreteram de cima das suas mãos.

*** it-2 p. 761 Mão ***
Mão
A extremidade do braço. A “mão”, conforme usada nas Escrituras, às vezes inclui o pulso, como em Gênesis 24:22, 30, 47, e em Ezequiel 16:11, onde diz que se usavam pulseiras sobre as “mãos”, e em Juízes 15:14, onde se faz menção de grilhões nas “mãos” de Sansão.

(Juízes 15:17)

E sucedeu que, acabando ele de falar, lançou imediatamente a queixada da sua mão e chamou aquele lugar de Ramate-Leí.

*** it-2 p. 685 Leí ***
Em Leí, Sansão abateu mil filisteus com a queixada fresca dum jumento. Assim, ele chamou o local de Ramate-Leí (que significa “O Lugar Elevado da Queixada”), provavelmente como recordativo da vitória que Jeová lhe dera ali. (Jz 15:9-19) Originalmente, porém, Leí talvez tivesse derivado seu nome do formato de seus rochedos.

(Juízes 16:1)

Certa vez, Sansão foi a Gaza e viu ali uma mulher prostituta, e entrando, foi ter com ela.

*** w05 15/3 p. 27 Sansão triunfou na força de Jeová! ***
Sansão estava determinado a seguir o seu objetivo: lutar contra os filisteus, inimigos de Deus. Foi por isso que se hospedou por uma noite na casa de uma prostituta em Gaza. Sansão não tinha intenções imorais, mas precisava de um alojamento na cidade inimiga. Ele deixou a casa da prostituta à meia-noite, arrancou os portões da cidade e as duas ombreiras, e os carregou para cima do cume de um monte perto de Hébron, uns 60 quilômetros de distância. Fez isso com aprovação divina e a força dada por Deus. — Juízes 16:1-3.

*** it-1 p. 635 Dalila ***
A prostituta mencionada em Juízes 16:1, 2, não era Dalila. Essa prostituta morava em Gaza, ao passo que Dalila morava no vale da torrente de Soreque.

*** it-2 p. 351 Hospitalidade ***
Parece que às vezes prostitutas mantinham pousadas. Raabe, a prostituta de Jericó, alojou os dois espiões enviados por Josué, e ela mostrou bondade e hospitalidade para com eles por escondê-los dos perseguidores deles. (Jos 2:1-13) Sansão pousou na casa duma prostituta em Gaza até a meia-noite, esperando para humilhar os filisteus por carregar com os portões da cidade. — Jz 16:1-3.

*** it-3 pp. 525-526 Sansão ***
Em outra ocasião, Sansão dirigiu-se à casa duma prostituta na cidade filistéia de Gaza. Sabendo disso, os filisteus ficaram de emboscada, pretendendo matá-lo de manhã. Mas, à meia-noite, Sansão se levantou e arrancou do muro de Gaza o portão da cidade, bem como suas ombreiras e tranca, e carregou-os “para cima ao cume do monte que está defronte de Hébron”. (Jz 16:1-3; veja GAZA.) Isto foi uma grande humilhação para os filisteus, visto que deixou Gaza fraca e desprotegida contra intrusos. Poder Sansão realizar esta espantosa façanha indica que ele ainda tinha o espírito de Deus. Isto argumenta contra ele ter ido à casa da prostituta para fins imorais. No Commentary on the Holy Scriptures (Comentário Sobre as Escrituras Sagradas; Jz 16:1, p. 212), de Lange, o comentador Paulus Cassel diz sobre este ponto: “Sansão não foi a Gaza com o objetivo de visitar uma meretriz: pois diz-se que ‘foi para lá e viu ali uma [prostituta]’. Mas, quando ele desejou pernoitar ali [em Gaza], não lhe restava nada a fazer, como o inimigo nacional, senão pousar com a [prostituta]. . . . Sua permanência não é mencionada numa linguagem diferente da empregada com referência à pousada dos espias na casa de Raabe. As palavras, ‘ele a viu’, apenas indicam que, quando ele viu uma mulher do tipo dela, sabia onde podia abrigar-se naquela noite.” (Segundo a tradução em inglês, editada por P. Schaff, 1976.) Deve-se notar também que o relato diz que “Sansão ficou deitado até à meia-noite”, não que ‘Sansão ficou deitado com ela até à meia-noite’.
Por entrar em território inimigo, Sansão mostrou seu destemor. Talvez fosse a Gaza “procurando uma oportunidade contra os filisteus”, assim como fizera anteriormente, quando procurou entre eles uma esposa. (Jz 14:4) Neste caso, parece que Sansão pretendia transformar qualquer ação contra ele numa oportunidade para infligir dano aos filisteus.

Baixar informações completas em arquivos digitais para Computador, Tablet computer, Smartphone


Baixar informações para o estúdio pessoal para Computador, Tablet computer, Smartphone

Baixar informações para o estúdio pessoal para Computador, Tablet computer, Smartphone

Imprima o artigo e como citá-lo

Título do artigo:
Destaques de Juízes 15-18 - Escola do Ministério Teocrático
URL do post:
https://edukavita.blogspot.com/2015/02/destaques-de-juizes-15-18-escola-do.html
Nome do website:
Enciclopédia Culturama
Pessoal editorial:
Equipe de colaboradores
Data de publicação:

Posts mais vistos

O que é demisexualidad | Conceitos de Psicologia.

Sammu-Ramat e Semiramis: A inspiração e o mito | Origem e História

Pelve - Definição, conceito, significado, o que é Pelve

Educação Formal - Definição, conceito, significado, o que é Educação Formal

Farmacologia - Definição, conceito, significado, o que é Farmacologia