Pesquisar conteúdo aqui

Custom Search

“Internet das Coisas” vai aglutinar o mundo digital com o mundo físico

A chamada “Internet das Coisas” vai aglutinar o mundo digital com o mundo físico, fazendo com que os objetos se comuniquem uns com os outros

Internet das Coisas
O mundo está cada vez mais interconectado e, através da Internet, veremos não só as pessoas comunicando entre si mas, objetos “falando” uns com os outros, criando uma verdadeira Internet das coisas.



Já em 1984, o legendário filme O Exterminador do Futuro deu os primeiros passos, quando o personagem de Arnold Schwarzenegger acessava informações sobre lugares, pessoas e objetos, somente pelo escanear de seu olhar.
A Internet das Coisas sendo uma infraestrutura de rede global baseada em padrão IP, cria uma rede de centenas de bilhões de objetos identificáveis onde coisas físicas (objetos) ou virtuais, com suas identidades únicas a atributos, interoperam entre si e com os data centers e suas nuvens computacionais, com especificos sistemas de informação.
A Internet das Coisas vai aglutinar o mundo digital com o mundo físico, permitindo que os objetos façam parte dos sistemas de informação. Através dela, podemos adicionar inteligência à infraestrutura física que molda nossa sociedade: a geladeira inteligente, serà capaz de informar a falta de alimentos no estoque, buscar receitas em sites especializados e acrescentar produtos à lista de compras do supermercado. Um chip na caixa de leite, por exemplo, avisa ao aparelho da proximidade da data de vencimento.
Trazer para o mundo real as conexões do mundo virtual é bem mais vantajoso do que sucumbir-se a uma vida virtual demais.

Mais Informações: